Meme: RETROMORRI (por bisbilhotar quem não podia)

Embora este seja apenas um blog pessoal e embora também esteja ainda em seu começo, com história sobre os consoles que eu obtive durante minha vida gamer, achei divertida a idéia do meme que está circulando na data de hoje, Dia de Finados, o Retromorri, idealizado pelo blog GLStoque. Resolvi participar da brincadeira, então vejam abaixo a história do pobre jovem assassinado por se meter onde não devia.

Ficaria mais comovido se entendesse japonês.

A MORTE DE NERO

Últimos momentos do irmão de Alis

No século 342, em Camineet, Palma, um jovem rebelde de nome Nero estava tentando descobrir quais eram os planos maléficos do imperador Lassic. Porém, este falha miseravelmente e é derrotado pelos guardas imperiais. Antes de empacotar de vez, ele consegue falar com sua irmã Alis, que chegou no local para ver o que estava acontecendo. Ele então explica que o imperador está conduzindo o mundo à destruição e que falhou miseravelmente em descobrir sozinho quais eram seus planos. Nero então cita o nome de um poderoso guerreiro chamado Odin e diz que talvez se Alis unisse forças com ele, ambos fossem capaz de acabar de vez com suas ações maléficas. Após isso, o rebelde vem a falecer. O restante da história muitos já conhecem, quem ainda não sabe deveria reservar algum tempo para jogar este jogo magnífico. Recomendo e muito.

Pobre Alis, trágica morte de seu irmão.

O mais engraçado de tudo é que eu joguei esse jogo muito novo, então enquanto eu explorava tudo na cidade, me deparei com uma igreja

JURA? Não havia notado!

Entrei na igreja e como se precisasse o padre me diz onde estou e logo em seguida me pergunta se eu quero ressuscitar alguém.

Com certeza, sr. padre!

O pobre garoto aqui, comovido com a morte do irmão de Alis não teve dúvidas e selecionou “SIM“, deparando-se com uma resposta que não fez o menor sentido:

“Jamanta não morreu.”

Mas, caramba! É meio óbvio que Alis não morreu! Foi ela que entrou na igreja, ela só queria reviver seu pobre irmão que morreu jovem demais. Lembro que fiquei muito confuso com isso, entrei na igreja mais algumas vezes e não me conformava com a resposta do padre. Mais pra frente acabei entendendo que surgiriam mais personagens e que estes sim, poderiam ser revividos.

Mas, senhor. Eu queria mesmo era reviver o Nero! 😦

Mas isso não me impediu de ficar frustrado com o fato de não poder reviver o ente querido da protagonista do jogo. É mais ou menos igual aconteceu em outro RPG muito famoso, Final Fantasy VII. Por que diabos o Cloud não usou Phoenix Down na Aeris após ela ser golpeada pela espada do maléfico Sephiroth? São perguntas que não terão resposta nunca, com certeza todos nós morreremos sem saber o real motivo.

Cloud, sua anta!

Bom, então é isso. Já que o padre xarope recusou-se a colocar Nero na lista de pessoas que ele poderia reviver, resta para Alis relembrar do irmão falecido no Dia de Finados, tal como hoje.

Não existem mais padres como os de antigamente.

____________________________________________________________

E pra quem quiser ver os outros blogs que também participaram do meme, segue abaixo os links de cada um. Todos estão bastante originais e geniais, me diverti bastante com todos. Confiram:

8-Bit Circus
Gagá Games
Game Sênior
Gamer Caduco
GLStoque
Pizza Frita
QGmaster
Relíquias do M.A.M.E.
Retroplayers

Anúncios

Sobre Gamer Caduco

Menino novo, com mais de 30 anos de idade, fanático por games de todas as gerações.
Esse post foi publicado em Jogos, Master System, Memes, Personagens, Phantasy Star e marcado , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

28 respostas para Meme: RETROMORRI (por bisbilhotar quem não podia)

  1. GLStoque disse:

    Menino! Fiquei surpreso com sua idéia!
    kkkkk! Acho que já convivia muito com rpgs para poder pensar nisso.
    Muito inteligente sua colocação… arrasô!
    Nunca pensei nisso, mas é uma coisa inexplicável mesmo.
    Adorei!

    • Gamer Caduco disse:

      Comigo acabou sendo diferente pq o Phantasy Star foi o primeiro RPG que joguei na vida, então vai imaginando a criança perturbada aqui tentando entender um jogo desses pela primeira vez. huahuahua
      Enfim, obrigado pela visita e pelo comentário, gostei bastante de participar do meme, que venham os próximos.

  2. Bruno Baère disse:

    =,(

    Essa narrativa forçada em cima de mecânicas como ressurreição de personagens quebra a suspensão de descrença dos jogos, mas a gente ignora isso quando volta à imersão do resto do jogo.

    Até meus jogadores de D&D mandavam um “ih, agora é CG” quando eu tinha que narrar cenas que eles não poderiam (ou não deveriam) intereferir pelo bem da história.

    Mas fica a pergunta, por que Cloud, por quê???????

    • Gamer Caduco disse:

      Você falou uma grande verdade, mas ainda bem que com o tempo os jogadores foram se acostumando com esse tipo de coisa. Claro que surgem algumas piadas posteriormente, mas faz parte.
      Achei cômico o lance do “agora é CG”. huahuahua
      Obrigado pela visita e pelo comentário.

  3. Pingback: Retromorri « 8-Bit Flying Circus

  4. Sonic Tales disse:

    No caso do Final Fantasy, no 4 ou no 5(nao lembro exatamente qual), eles tentam usar magias de cura em alguem que esta a beira da morte, mas dependendo da gravidade dos ferimentos, não adiantaria, então se vale 4 ou 5, deve valer também pro caso da aerith no 7.

    PS- comentando via 3ds ;p

    • Gamer Caduco disse:

      Não me lembro também em qual que aconteceu isso, mas bem lembrado. A diferença é que fica explícito isso, mas no 7 não. Mas também não tem importância, é só um mero detalhe, a trama em si é que importa. 🙂
      Muito obrigado pela visita e pelo comentário!

  5. Pingback: MeMe – O que você jogou em 2011? | Gamer Caduco

  6. CherryPie =3Nyan!! disse:

    Konnichiwa Cadu Sama!
    To aqui enchendo o saco de novo!
    Sei que ainda não estamos em finados, mas acabei caindo neste post e resolvi comentar… hehe…
    Dando uma paradinha em Zillion, resolvi dar uma bisbilhotada neste artigo e filosofar (ou “groselhar” – ato de falar groselha) um pouquinho aqui (kkk)
    Bem, vamos às considerações?
    (Nossa! Falei chique agora!! n_n)
    No primeiro quadro do post, a Alis disse : “Nero! O que aconteceu?? Não morra!” (também não entendo muuuito de japonês, mas a julgar pelo PS original, que eu joguei de trás pra frente e frente pra trás, e que eu cheguei ao ponto de até decorar algumas falas) deduzo que foi isso mesmo.
    Agora é o seguinte: eu não entendi bem a intenção da fala dela (tipo, como se o Nero pudesse controlar a própria morte)… A menos que a pessoa esteja cometendo suicídio, acho que ninguém morre por querer… Das duas uma: ou ela estava completamente desesperada, ou completamente sem noção…(“groselhada” – encheu a cara de groselha Milani kkk)
    Outra pergunta que não quer calar: Eles lutam com espadas, right? Presume-se que o Nero veio a óbito em decorrência de uma hemorragia provocada por um corte de espada, certo? Então como se explica ele estar morto e não ter nenhuma gota de sangue no chão??
    Surpreendente, não?
    Acho que ele fez que morreu e no fim não morreu e foi dar um perdido para algum paraíso tropical para fugir da guerra e deixou o B.O. com a Alis…
    Pobre coitada.
    Vai saber, né??
    Ao menos assim nós ganhamos um dos melhores RPG’s de todos! Pelo menos na minha opinião!!
    X-D

    • Gamer Caduco disse:

      Nossa, vc fez uma descoberta e tanto, Cherry Pie!
      O Nero é um farsante e não morreu, provavelmente deve ter dado uma caixinha pros guardas fingirem que bateram nele. Afinal de contas, pq os guardas não reagiram contra a Alis? Ela deixa claro que vai vingar a morte dele. Mas uma grande mancada do irmão com ela, não é mesmo?
      Bom, de fato foi bom pra nós, PS é com certeza um dos melhores RPGs de todos os tempos, na minha opinião também. Não é meu favorito por conta da evolução dos jogos do gênero, mas como foi o primeiro que joguei, é o que eu tenho mais carinho. Não sei dizer mais quantas vezes terminei esse jogo.
      Ainda bem que o pilantra do Nero não foi o protagonista… hehehehe! 😀

  7. Abashed Cherry Pie =-S disse:

    Oi!
    Please, apague o comentário acima… =-S
    Ele foi escrito num completo surto de desinteligência…
    Seu blog é daora demais para conter uma presepada dessas…
    Phantasy Star é um RPG maravilhoso! Gostaria de me retratar sobre o que disse acima. Creio que não foi engraçado nem tampouco conveniente… que bom que a gente sempre pode pensar melhor sobre as coisas…
    Passei horas muito boas com minha amiga e este jogo!
    Não consegui fechá-lo na infância. Lembro-me que jogávamos no Master III, em uma TV 20” preta e branca e com problema no vertical (a tela ficava rodando) que ganhamos já muuuito usada de um tio meu. A TV e o console ficavam guardados dentro de um guarda roupa no quarto! A gente jogava video-game no armário!!! kkkkkkk O Master também era emprestado de um amigo do meu irmão mais velho. A gente jogava até tarde da noite, quase chegando a ponto de fundir a fonte!! Cada labirinto, cada monstro encontrado era um pulo e um susto! Pura adrenalina! mas era muito legal! E a gente jogou na raça. Infelizmente não conseguimos fechar na época. Fui fechar este mesmo jogo, com a minha mesma amiga (somos super chegadas até hoje! Ela viciou em Phantasy Star por minha causa! E até hoje o video-game no armário ainda traz boas histórias e recordações…) somente vááááários anos mais tarde. Precisou de detonado e mapas… (era ela com o notebook no colo me passando o caminho dos labirintos e eu com o controle-infelizmente já não mais o do Master, que já havia aberto o bico depois de tanta ralação-mas do PS2 e um superemulador de um tal de “Arcanjo”, num sei direito… chegamos a tirar uma foto da frase “Lassic Morreu” quando o derrotamos! Parecíamos duas crianças de novo!! E a gente ainda conseguia jogar madrugada a dentro! Nem sei como! Eu ia dormir na casa dela às sextas, depois da aula. Acordava 5:30 para trabalhar, ia para o curso, saía às 23h e ia lá para jogar! (É muita obstinação! Fala a verdade…)Ela tem essa foto no celular até hoje! E fala que não vai apagar, porque foi uma conquista que ela quer mostrar para os filhos no futuro (Olha só Joãozinho, o que a mamãe jogava! Aqui eu derrotei um dos Chefões, que matou o irmão da Alis…)
    Realmente, muito marcante!
    É… acho que acabei virando fã daqui.
    Sinceramente este é o blog no qual eu me sinto mais à vontade de comentar…
    Parece que tem mais calor humano aqui…
    Me identifico…
    Obrigada mais uma vez e desculpe-me pelo resto!
    Valeu Valeu!
    Grande abraço!!
    🙂

    • Gamer Caduco disse:

      Poxa, não se sinta mal (de alguma forma) por ter “groselhado” no comentário, eu adoro esse tipo de comentário. Uma das intenções de eu ter criado o blog é justamente essa, rir e fazer palhaçadas com os jogos também, deixando de lado qualquer importância que ele teve na história. Aliás, eu mesmo faço inúmeras piadas (todas bem ruins) com jogos e personagens. Se um dia vc ler o post de Sonic 2, vc vai querer me bater! hahahahaha
      De qualquer forma, outra grande intenção do blog é fazer as pessoas relembrarem as histórias delas com os consoles e jogos e, de preferência, escreverem aqui pra que eu também saiba um pouco de como foi a história de cada leitor. Até pq eu vivo tagarelando as minhas aqui, né?
      E legal saber do lance da sua história com o Phantasy Star. Deve ter sido tenso jogar com problema da tela ficar “pulando”, hein? Ainda bem que as batalhas são em turno e não precisa correr pra escolher as ações. Grande coincidência é que a minha tv ficava no armário também, mas mais na época do Mega Drive! Não dentro, mas em uma abertura do guarda-roupas que tinha na época, cabia uma TV de 14 polegadas ali. Bons tempos, não me lembrava desse detalhe! Demais!
      Derrotar o Lassic depois de anos deve ter sido épico, recentemente falei isso em um blog parceiro, vencer um jogo que vc nunca venceu na infância dá uma satisfação enorme. Imagino o tamanho da surpresa quando vcs foram falar com o Governador, eu mesmo assustei. Só consegui terminar o jogo na infância pq na “hora do recreio” da escola eu sempre estava perguntando pra dois colegas o que eu tinha que fazer, a gente sempre tava trocando informações conforme cada um ia descobrindo as coisas. É bacana demais lembrar disso, acho que preciso fazer um post sobre Phantasy Star, vc acaba de me encorajar a isso! Tenho bastante história pra contar.
      Muito legal o lance da foto também, sua amiga (e acredito que vc também) ficou toda orgulhosa, tem mesmo que mostrar pros filhos. A batalha contra ele não é das mais fáceis. Muito bacana ver o quão marcante foi pra vc, a ponto de vc se sentir mal até de ter groselhado com o jogo. Mas, mais uma vez, não é nenhuma falta de respeito ou algo assim na minha opinião, jogos foram feitos pra divertir, seja da forma que for. Se quiser eu até excluo o comentário e a minha resposta, é só confirmar… mas realmente não vejo a necessidade.
      E vc influenciou bem sua amiga, com o (na minha humilde opinião) melhor jogo do Master System que saiu. Impossível não viciar nele.
      Muitas memórias, muitas memórias… preciso dedicar um tempo a um post do jogo, vou me basear nesse seu comentário com certeza. E no anterior também, claro! hehehe
      Obrigado pelos elogios ao blog, por perder um pouco do seu precioso tempo lendo e comentando aqui, esse é o tipo de coisa que me anima a sempre continuar, mesmo que esteja bastante difícil arrumar alguns minutos pra escrever nos tempos atuais.
      Legal que consigo passar o calor humano que eu realmente tento passar, fiquei bastante contente com as suas palavras.
      Mais uma vez obrigado.
      Grande abraço! 🙂

  8. Happy Cherry Pie disse:

    olá de novo!
    como é bom estar aqui!
    ainda mais que hj é sexta feira!
    decretado “dia feliz” aqui onde trabalho!
    é um prazer comentar aqui!
    puxa, me senti lisonjeada agora!
    fico feliz que tenha aprovado o post! pedi para apagar apenas porque pensei que talvez ele não tivesse coubido bem, mas, como para miiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiinha alegriiiiiiiia, não é o caso, se não tiver problema em deixá-lo, eu agradeceria muito!
    pois é… são coisas que passam mesmo em nossa (minha) mente… o fato do Nero era mesmo algo a se pensar… tanta gente forja a própria morte para fugir das encrencas, e, francamente, não ha indícios confirmados por nenhum legista forense para alegar a morte confirmada. Mosta-se um Nero ‘moribundo’, mas em nenhum momento se aborda o “de cujus” (presunto, defunto no vocabulário jurídico), não é mesmo?? bem suspeita a situação. Daria trabalho para um tribunal…
    seu blog é um salva-vidas no meu trampo!
    escrevo sempre no almoço ou durante a compensação, quando o serviço já dei uma baixada.
    de vez em quando em casa também. só que eu paro menos lá do que no trampo!
    e fico mais feliz ainda que o filtro não bloqueia ele.
    são muito poucos os sites que me são permitidos abrir.
    que bom que este é um deles!
    atualmente o meu preferido!
    adoraria um post sobre PS também!
    marcarei presença com certeza!!
    beijinhos da Cherry e at+!
    to esperando… 🙂

    • Gamer Caduco disse:

      Ahhh, o dia feliz! Sexta-feira é sempre uma maravilha mesmo! Gostei do termo decretado pelo pessoal do seu trabalho. Eu até consigo responder mais rápido nesse dia… kkkk
      Claro que não tem problema deixar o comentário, ele é super divertido, super bem humorado. Brincar com o assunto é normal pra mim, eu vivo fazendo, vivo trocando nomes de jogos pra irritar alguns amigos que se importam! hahaha… claro, todos levam na brincadeira, mas me xingam. Eu adoro chamar “o” Zelda de Zelda (!!!), ou de gnomo loiro de verde, por exemplo! huahuahua… mas faço isso mais pra encher mesmo, não faço com desrespeito. E o seu comentário não teve nenhum desrespeito também. Bom, é isso! hehe
      Aí no meio da brincadeira eu ainda aprendi um termo novo: “de cujus”. Seu comentário agora tá parecendo um seriado de investigação, podemos criar um roteiro e mandar pra SEGA criar um jogo de investigação em Palma que vc deve descobrir a verdade sobre a morte do Nero, se ela aconteceu, o que realmente aconteceu, quem está por trás de tudo isso, etc. SEGA, EU SEI QUE VC ESTÁ LENDO, FIQUE SABENDO QUE VC ESTÁ PERDENDO DINHEIRO!!!!!!!!!! Ops, desculpa, me empolguei…
      Tomara que ninguém bloqueie o blog no seu trampo, ou eu ficarei triste com a ausência de comentários que surgem nos momentos de calmaria. Nesses momentos (no caso no meu trabalho) que eu costumo fazer a primeira leitura também, depois fico ansioso pra chegar em casa e responder! hahaha
      E eu que me sinto lisonjeado agora pelos elogios e por vc considerar o seu favorito. Ainda bem que bloquearam aí os sites que são melhores, são muitos! hahahahaha
      O post sobre Phantasy Star vem com o tempo, não prometo pra tão logo, mas virá com certeza. Só quero ver se eu consigo fazer um post digno da qualidade do jogo, mas esse é o desafio! hehe
      Bjs e até

  9. Cherry Pie disse:

    hahahahahahahaha
    olá again!!
    Uhull! Segundona braba já passou! Graças a Deus!!
    Sem dúvidas, fica até melhor para escrever!
    Bora falar de Phantasy Star??
    É isso aí! Vamos abrir um SEGA-CSI! Só tem um pequeno detalhe que não botamos reparo:
    “Quem vai investigar o planeta Palma se ele explodiu?? Em Phantasy Star 2 temos a triste informação que Palma se desintegrou!!! O_O Caramba! Justo o meu planeta favorito do sistema solar de Algol???” Acho que vamos ter que arquivar este caso por falta de provas. Queima total de arquivo! (Bate o martelo).
    Próximo caso!
    Kkkkkk
    POR FAVOR, NÃO CHAME O LINK DE ZELDA! CADA VEZ QUE ALGUEM FAZ ISSO, UM ELFO CAI MORTINHO DA SILVA! =’(( (snif snif)
    Não sei por que, mas é muito mais legal trocar os nomes dos personagens… Acho que é porque se dá um toque mais pessoal a eles…
    Tipo, no S&SASR lá em casa, o Shadow vira “Sheldon” (Bazingaaaa!!!), O Robotnik vira “Robobonik”, o Billy Hatcher vira “Billy Galináceo”, e o Ai-Ai vira ou “ai ai ai” ou “maldito bananento” kkk. Até o Opa-Opa meu irmão fica chamando de “Apu-Apu” só para me provocar… (X-P). E por aí vai. O Shadow virou “Sheldon” ou às vezes até mesmo “Sherdo”, pq eu tenho um primo meio Cebolinha na família!
    Ele curte muito jogar “Trets” no “migui gueime” e “Atrants” no Atari. Ele sempre marca os tempos dele usando um “conômetro”, ou pior: um “cornômetro” Ô_Ô. Sei lá. Acho que ele não deve gostar muito de ‘cronômetros’.
    Posso estar errada, mas até onde entendo, acho que “conômetro” se usa para medir a quantidade de cones e “cornômetro”… Bom, deixa pra lá… kkkkk E ele sempre esquece a “brusa” quando vai jogar lá em casa… ai ai…
    Quanto ao fato de a SEGA perder boas oportunidades e bons enredos, concordo plenamente! É ISSO AÍ SEGA! CEIS TAO ‘SEGO’! ABRE OS ZÓIO JAPONEIS!!! KKK Vamos fazer um “Clue Phantasy Star”
    Em primeiro lugar, a gente ressuscita o planeta Palma! É um desaforo eles terem acabado com ele! A seguir, uma sugestão para o game:
    O objetivo seria encontrar a solução do crime, isto é, descobrir o suspeito, a arma e o local do crime. No decorrer do jogo, o jogador deveria sugerir quais seriam as possibilidades. Haveria também informações para contradizer os palpites (informações dadas pela CPU ou pelos outros jogadores), para tornar a investigação mais difícil. A hipótese deverá ser confirmada por aquele que palpitou. (Resumindo: ele devera juntar fatos e indícios para provar que está correto). Após suspeitar ter desvendado o crime, o jogador faz uma acusação, na qual cita em definitivo quem seria o assassino, com qual objeto matou, e em qual lugar ocorreu o assassinato. Após, o jogo abriria a versão real dos fatos. Caso tenha acertado, é declarado vencedor do jogo. (Neste caso, o jogador é promovido pela competência) E, em caso de erro, o jogador é eliminado do caso. (Nesta situação, perder-se-ia uma patente, até o investigador chegar ao último nível. Caso não haja mais como rebaixá-lo, então é rua! Investigador Demitido! Game over! – caso esteja jogando sozinho) Ou então, poderia apenas desmentir o palpite dos demais jogadores (caso esteja jogando com mais alguém, porém, creio que apenas daria para jogar com mais pessoas em modo online, para que uns não possam ver a jogada dos outros). É isso. Bem, pelo menos foi tudo que eu consegui pensar… kkk
    Beijos e boa semana!! n_n

    • Gamer Caduco disse:

      Pô, que Spoiler… que história é essa de Palma explodir? Calma, calma, tô zuando, eu joguei PS2 também! huahuahua… na verdade foram os únicos que joguei.
      Mas até aí acaba sendo meio irrelevante, se for pensar, já que o PS2 passa-se 1000 anos depois do PS1, provavelmente ninguém ia querer investigar a morte do Nero nessa era ou posterior.
      Mesmo assim, se um dia saísse um PS5 (e eu torço muito que isso aconteça e que venha das mãos da Atlus, recém adquirida pela SEGA), bem que podiam reconstruir Palma. Era o planeta mais legal mesmo, sacanagem. Mas bem ousado, ao mesmo tempo, os caras quem fazem as histórias dos PS são corajosos.
      Quem é Link mesmo? Ah sim, o Zelda… ops… matei mais um elfo! hehehe… desculpa, força do hábito.
      Gostei do lance das trocas de nomes de personagens, apesar de ser sacanagem chamar o Robotnik desse jeito. O Billy Hatcher eu sempre chamei de “cocó” mesmo, nunca lembro o nome dele, impressionante! Mesma coisa pro Ai Ai que eu automaticamente chamo de “Samba de Amigo”… hahuahuhua… mas nunca fiquei alterando propositalmente, é mais a memória do velhinho caduco aqui que já não tá tão boa mesmo. Ainda assim prefiro o maldito bananento! huahuahua… combina! E Sheldon foi cômico, coitado do Shadow.
      Eu tenho a impressão de já ter visto um jogo de tabuleiro com essa modalidade nova do Clue Phantasy Star, acho que daria processo tentar usar a fórmula! hauahuauh… ao mesmo tempo, RPG com investigação é bem interessante, o Persona 4 é assim, joguei este ano e achei bem interessante ter que desvendar quem é o culpado pelas tentativas de e pelos assassinatos da cidade. Chegou a jogar este? Nossa, mudei de alhos pra bugalhos agora.
      De qualquer forma, seria melhor que o tal Phantasy Star Nova que inventaram agora aí que não me agradou nem um pouco. Sistema de batalhas com ação pra mim não é Phantasy Star… ops… sorry pelo desabafo, tô meio irritado com isso desde o fds! hahahaha
      Bom, é isso!
      Bjs e boa semana pra vc também.

  10. Cherry Pie disse:

    Oie!
    Nossa! Meu coração parou por quase dois segundos! Que brecha minha! Spoiler??? Ás vezes eu me esqueço que eu não sou normal. Por increça que parível, spoilers não me fazem perder o interesse pelas coisas. Ao contrario, eles aguçam minha curiosidade. Que bom que dessa vez eu não cortei o barato de ninguém! Ufa!!
    É, mil anos é tempo mesmo. Porém, volta e meia sempre surge um historiador querendo exumar meio mundo pra tentar descobrir alguma coisa nova… Nunca se sabe né??
    Noooooooooooossa! Aí sim seria show! Virei fã da Atlus desde “Rhapsody, a Musical Adventure” (esse eu não te recomendo, porque é muito ‘Girl Power’. Bem, se você não achar comprometedor a história de uma garota de 16 anos, apaixonada por um príncipe, que é raptado por um trio de bruxas malvadas e que tem que recuperar seu amor – que foi transformado em pedra pelas malignas – usando seu magnífico dom de… falar com bonecos e bichinhos de pelúcia e colocá-los para batalhar, então, cai dentro!!!) 😉
    Apesar de eu estar bem preguiçosa para RPGs no momento, esse eu iria conferir na boa!
    Desconfio que vc num gosta muuuito de elfos… õ_Ô mas cá entre nós, que nome hein? Não sei o que é pior: Link ou Zelda! Quem diabos é a mãe desse povo? Esse pessoal só não perde para o “Facebookson da Silva”, mas ainda assim e punk!
    Ah, meu! Fã de Sonic não zuar com o “Robobonik???” brecha hein?? Kkk
    Samba de Inimigo vc quis dizer né? PTM, aquele macaco tem uma puta cara de psicopata! Eu não me surpreenderia em descobrir dele ser o fruto de uma união da Chita do Tarzan com o Jigsaw! Punk, rock, hardcore!!! Ô_Ô
    Sim, vc já viu um jogo de tabuleiro com essa premissa. É o ‘Detetive’ (Clue – Pista – na versão original).
    Sim, você me desmascarou. Me baseei nele para compor o enredo, mas também estava pensando no ‘Carmem Sandiego’ de PC quando escrevi…
    Quanto aos alhos e bugalhos, não se preocupe. Também faço isso sempre! Isso além dos casos de quando alguém me fala “banana” e eu entendo “quiabo” mas td bem. Faz parte! kkk
    Não. Infelizmente não conheço este… (Persona 4). Mais uma dica para conferir!! n_n de qual plataforma ele é??
    Concordo plenamente! Senão vira a casa da mãe Joana pô! Daqui a pouco tão desvirtuando tudo e chamando qualquer coisa de Phantasy Star só por causa da franquia! Aí vira sacanagem! Assim num pode! Assim num dá!
    Huahuahua
    Bjs bjs.
    PS: só para eu não esquecer:
    Me lembre que eu tenho que tentar escrever posts menores, senão vc vai passar sua vida toda lendo isso aqui! Foi mal, mas é que é muita emoção! Muita coisa para compartilhar… kkk tipo, já deu pra notar que não sou nem um pouco expressiva, né??
    Ashuashuashuashuaaa (Que bom que não tem limite de caracteres aqui! É que se eu não escrevo na hora que as coisas me vêm à mente, depois eu não consigo mais escrever. Detesto isso!)

    • Gamer Caduco disse:

      huahuahuauhhauahuhuahau… sacanagem o lance do Spoiler, desculpe, eu não resisti, tive que fazer a palhaçada. Eu também não ligo tanto, a não ser que seja algo muito forte e que estrague o filme/jogo. Tô jogando um jogo atualmente que eu sei tudo que vai acontecer nele, mesmo assim quero saber como tudo vai se desenrolar. Shadow of the Colossus, se não jogou, experimente algum dia.
      Olha, sobre o jogo que vc falou da Atlus, deixa eu pensar aqui… hummm… não, esse eu não vou jogar! huahuahuahua
      Eu também estava preguiçoso pra RPGs, sabia? Até eu jogar o tal do Persona 4, daí acendeu de novo a paixão pelo gênero. É dureza, a gente vai envelhecendo e o tempo parece que fica cada vez mais escasso, daí falta coragem pra encarar um jogo em que vc passa a maior parte do tempo lendo, não consegue jogar “meia horinha por dia” e ainda por cima dura uma eternidade pra acabar.
      O P4 é de PS2, mas saiu uma versão com algumas coisinhas a mais pro PS Vita também, chamado Persona 4: The Golden… foi esta a versão que joguei. Vale muito a pena conhecer, todos os personagens são absurdamente carismáticos e a história é bem bacana. Eu já tenho um texto sobre ele rascunhado, não vou dar spoilers maiores desse texto! hehehehehe
      Sabia que era o Detetive, eu tava falando em tom irônico que achava que já tinha visto um jogo assim, tenho esses momentos de besta com alta frequência! hahaha… vc já deve ter percebido, né? Mas misturar um RPG com Carmem Sandiego parece uma idéia bem bacana, vou me lembrar disso quando estiver desenvolvendo jogos (sonhar ainda não paga imposto, então deixa eu sonhando aqui! hehehe).
      Sobre os textos grandes, aí eu tenho que te pedir algo: NÃO, não diminua seus comentários, eu falei isso pra alguns leitores que comentam com frequência também que o que mantém este blog vivo é justamente este tipo de comentário, grande, com bom humor ou até mesmo sérios, contando várias experiências de cada um pra que eu possa comparar com as minhas e ver as coincidências e as diferenças, eu gosto muito desse tipo de coisa, dessa comunicação toda. Não a toa eu respondo tudo que chega aqui, sempre com grande empolgação.
      Não fique se “podando”, pode mandar ver nos textos que eu leio tudo (mais de uma vez! kkk) e sempre respondo quando posso. Se vc ver os comentários que eu deixo nos blogs de amigos/colegas/parceiros/etc, vc vai ver que estamos no mesmo patamar de quantidade de caracteres, muita gente até reclama! kkkkkkkkkkkk
      Bom, é isso!
      Bjs

  11. CherryPie :) disse:

    De boas, dá nada!
    É que spoiler, sácomé, né?? Há gostos e gostos, opiniões e opiniões.
    Eu costumo dizer que spoiler é tipo assim:
    Programa do Chaves e Corinthians na Libertadores: você já sabe o que vai acontecer, mas nunca deixa de dar risada quando acontece! Kkkkk
    É isso. Hahahahahahaha
    Bem, fechado este ponto, e dando prosseguimento…
    Valeu por mais uma dica! Nuzzz, com tanta coisa nova para experimentar… Vou ter que dar um jeito de me virar nos trinta! Ô LOCO MEU!!! Hehehe!
    Hahaha, foi o que pensei… =-P
    É, nada como uma novidade para trazer à tona o que estava perdido! De quando (que ano) é o Persona? É que aqui onde moro fica difícil achar jogo se ele não for lançamento ou então muito conhecido. O pessu que vende jogo por aqui tem a kbça meio pequena, sabe?? Muito “modinha”. Nem preciso dizer o quanto isso não é legal… Pro Play 2 eu já acho que seria um parto. Pro Vita então?? Iiiiiiiiiiihhhhhhh…. Senta que lá vem história! É só cabeça acenando que não…
    Ai meu Deus! Não sei o que é pior… Sua “ironia” ou a minha tapadice… Você acredita se eu contar que eu nem me toquei??? Mano, eu sou muito troxa! Vc num faz ideia de como as pessoas me põem fácil no bolso tem hora! Huahuahuahuahua!!! É rir pra não chorar!
    Mas então? Passei no teste de composição de enredos?? Ah, fala sério! Já temos o arroz com feijão! Agora só falta a salada, o bife e a batata frita! (Foi mal, é que eu to com fome! Num jantei hoje…)
    Meu, saí de casa hoje, ouvi um cidadão dizendo: “O sonho acabou!” Quase tive um treco! A vida tem que ter sonho! (De preferência, que seja de doce de leite. O de creme também serve…na falta dos dois, vai um ‘Sonho de Valsa’ msm kkk) Mas aí o padeiro disse que tinha uma fornada para sair em 15 minutos. Aí eu sosseguei. Imagina! Vida sem sonho??? Não dá! Kkk
    Ai ai… Bem, deixando pra lá esta piadinha infame, o dia que tivermos que pagar imposto sobre os sonhos (tipo, como se o Brasil já não tivesse uma das maiores cargas tributárias conhecidas pela humanidade), a gente morre de vez, porque é o sonho que move o ser humano! E o único jeito de ter certeza que um sonho não vai se realizar e deixando de acreditar nele! Enquanto isso não acontecer, sempre haverá uma possibilidade!
    Nooossa, cada vez que eu entro aqui tenho uma boa nova! Isso está ficando cada vez melhor!
    Então se prepara, pq a casa ter comentário de balde! Vou colar na grade mais que Super Bonder! Me aguarde! (ah, pensando bem nem precisa! Daqui a pouco eu já vou estar aqui de novo… nem vai ter que esperar muito não… kkk)
    Bjs e até breve!
    Haha
    “I’LL BE BACK!!!”

    • Gamer Caduco disse:

      Sim, existem diferentes “níveis de sensibilidade” pra spoiler. Tenho um amigo que se eu falar pra ele que o jogo tem X fases, é capaz dele ficar sem falar comigo um tempo e nunca jogar o jogo pq dei spoiler pra ele! huahuahuauhhuahua… já outros jogam/assistem as coisas mesmo sabendo, que é seu caso pelo que vc falou. Eu acho que estou no meio termo! hehehe!
      Persona 4 de PS2 é de 2008/2009 (Japão/Europa) e o de Vita é de 2012. Ele acabou virando meio que modinha entre quem gosta do gênero RPG, se vc der um pulo na Alvanista (rede social gamer, não sei se conhece) vai ver muita gente mencionando o jogo por lá. Na época que eu frequentava lá com frequência, muita gente falava sobre. Acabou me influenciando, apesar do culpado mesmo ser um amigo que me mostrou o jogo rodando num Vita e eu quase tive um treco quando vi. Reacendeu minha paixão por jRPG. Mas entendi que a “modinha” aí tá mais pros jogos mais populares, tipo jogos de tiro, futebol e etc, acertei? Aí é mais difícil de encontrar mesmo. Mas se vc tiver um PS2 “desbloqueado”, aí vc encontra pra baixar. Hey, moço da Receita Federal que está lendo isso (ou Obama, sei lá), eu só quis dizer, tá? kkkkkkkkkkk
      Sobre ser inocente e cair em brincadeiras o tempo todo, bem, te entendo, sou assim também! huahuahuahua
      Pra piorar, assim que vc falou “o sonho acabou”, a primeira coisa que pensei foi “só ir em outra padaria”, sem ler o restante da sua piada! huahuahuahua
      Melhor a gente sonhar que um dia os impostos vão melhorar, assim a gente pode sonhar sem medo de que cobrem impostos por sonhos um dia… vish, melhor parar.
      Mas enfim, fique a vontade e volte sempre. Mesmo que demore, uma hora eu acabo respondendo.
      Valeu por mais uma visita e comentário! 🙂

  12. Cherry Pie disse:

    Alo
    Nossa! Seu amigo é bem sensível mesmo!
    Acho que se eu tivesse algum amigo assim nem teria mais, pela minha notória falta de noção.
    Sem dúvida, o meio termo, o caminho do equilíbrio é sempre o melhor.
    Não que eu faça isso 100% por querer. É que… Digamos que eu ainda não estabilizei minha balança. Mas uma hora eu consigo! 😉
    Obrigada pelas informações. Vou dar uma checada em casa, com certeza! Vlw!!
    É isso aí, você acertou em cheio! Me desculpe. Tenho o péssimo hábito de não conseguir me expressar direito, mas você acertou na mosca! FIFA, GTA e mais uma meia dúzia aí, você acha a rodo.
    Mas tem outros…. Que nem com reza braba!
    Tem hora que é meio difícil ser uma “Gamer Alternativa”. A situação ainda piora (ACREDITE) por eu ser mulher. Em pleno século XXI muitas vezes ainda não somos levadas a sério. É frustrante.
    Achei um site para baixar jogos, só que vinha tudo quebrado. Sem falar que dificilmente eu conseguia achar algum título do meu interesse. Não querendo abusar da sua boa vontade, mas já abusando, até porque nada melhor do que se informar com alguém que já conhece bem o meio, você teria alguma dica de um lugar bacana e confiável, diga-se de passagem, (se o micro lá em casa pegar vírus de novo, o povo me mata) onde eu possa baixar?? Desde já, agradeço muito! Por isso e por tudo até agora.
    Ahhh… pô meu! Você nem leu?? Escrevi a anedota com o maior carinho!!! Tudo bem, está perdoado.
    Boas piadas nunca foram meu forte… Mas algum dia eu aprendo!!
    Se isso serve como retratação, saiba que estou torcendo para que seu sonho seja realizado!
    Obrigada pela acolhida mais uma vez. Sinta-se a vontade para me dar um toque caso eu esteja sendo inconveniente em algum ponto. Minha intenção não é ‘trollar’ ninguém, juro!
    É que eu sou bem bobona mesmo. Às vezes a gente está falando na brincadeira, mas acaba ofendendo alguém sem querer, coisa que eu não desejo, muito menos aqui.
    NÃO SE OFENDAM PESSOAL! RELEVEM, POIS ESTA QUE VOS ESCREVE É DOTADA DE PARAFUSOS BEEEM SOLTOS E DESREGULADOS…
    Tenha uma boa 5ª!!!
    T+.

    • Gamer Caduco disse:

      É nada, vc acaba aostumando e toma cuidado nas coisas que fala. Aconteceu comigo! hehehe
      Se vc não se expressa direito, eu não sei quem expressa. Eu normalmente entendo o que vc diz pô! hehe! Falei aquilo pq eu tava viajando (pra variar) contando que Persona 4 se tornou modinha, daí que caiu a ficha que eu já tava desviando o assunto (pra variaaaarrr) e voltei atrás. Esses jogos “campeões de venda” normalmente aparecem aos montes mesmo, mas com um pouco de paciência vc acaba encontrando uns mais “alternativos”, não? Ou compra via Internet ou algo assim?
      Minha cara, eu sei bem esse lance de gamer mulher sofrer, sério, eu já vi casos que chegaram a me dar raiva. Eu até cheguei a escrever isso num texto ULTRA LONGO que ainda vai pro ar algum dia, meio parecido com o último que postei. Eu e minhas promessas, né? Não me odeie, escrever eu escrevo rápido, falta tempo pra editar sempre! kkkkkkk… mas eu citei esse preconceito idiota que vcs mulheres sofrem no meio gamístico, além das xavecadas históricas pq a esmagadora maioria dos gamers acha que ter namorada gamer é a solução de todos os problemas do mundo (o mundo deles, pelo menos). Mas enfim, melhor deixar pra lá.
      Baixar jogos? Bem, faz um bom tempo que não faço isso. Dá uma procurada em sites de Torrent, não sei se vc sabe usar torrents e tal. Mas normalmente é o melhor lugar pra se achar essas coisas, pelo próprio Google, inclusive.
      Li sim a anedota, eu quis dizer que antes mesmo de ler eu já tinha pensado na mesma coisa! hahahaha! O que mostra pra vc que eu também não sou de boas piadas, muita gente já me considera rei do trocadilho infame por aí. Triste realidade! kkkk
      Relaxa, não sei pq vc tá sentindo que está incomodando, está me divertindo pacas. É sempre bom conversar sobre games, ainda mais com bom humor! Então pode ficar tranquila.
      Valeu mais uma vez! 🙂

  13. Cherry Pie disse:

    É… Eu sei.
    É tudo uma questão de parcimônia. Mas tem hora que eu não resisto a uma mini alfinetadinha… Que puedo yo hacer?? Soy um poquito ácida!!! Hehehehehe
    Tem até uma bala com meu “nome”… Aquela ‘Azedinha’ de cereja. É doce, mas também azedinha ao mesmo tempo kkkk (ai ai, tão eu!!)
    Mas eu concordo. Afinal, cuidado e canja de galinha não fazem mal para ninguém, não é mesmo??
    Ai, obrigada Senhor!!! Alguém me entende nesse mundo!!! Geralmente as pessoas não falam muito bem a minha língua, nem eu a delas… Por isso comentei… Mas valeu! De coração!!! =-))
    Comprar via internet?? Cara, minha experiência neste departamento é ZERO! Kkkkkkk
    Lascou de vez!! Hihi
    Sério que vc tem um texto pronto???
    POSTA, POSTA, POSTA, POSTA!!!!!!!! Kkk
    Ah meu fiiiiio… Dependendo do caso (tipo… EU!!), namorada gamer não é solução. É dor de cabeça ao quadrado!!! Huahuahuahuahua
    Meu noivo que o diga!!! Kkkkkkk (COITADO!)
    Mas sei que no fundo ele gosta! É bom vc ter alguém que embala no mesmo caminho! Tava vendo umas imagens por aí e encontrei uma que tinha um casal e os seguintes dizeres:
    “Mulher de verdade é aquela que chega em casa, te vê jogando videogame e fala ‘Põe pra dois’”. A autoestima subiu na hora! Concordei plenamente! Afinal, casal que joga unido permanece unido!!! Show de bola!!
    A questão é que: se relacionamento fosse somente isso, tava td ok. Mas como engloba um monte de outras coisas, não dá pra ficar preso a apenas um ponto. É bom?? É ÓTIMO!! Maaas… Não é tudo.
    Torrent??? Isso é tipo ‘torrone’?? kkk (nota mental: eu preciso MESMO melhorar minhas piadas!) – (acho que isso esclarece meu conhecimento sobre torrents U_U)
    Bem, em todo caso, agradeço novamente! A sorte está lançada! Agora é ver se o Tio Gugol dá uma força…
    É nada! É que as pessoas não assumem, mas no fundo, todos curtem uma piadinha infame de vez em quando! Ainda mais quando ela vem a calhar com alguma situação! É o que chamo de humor inteligente! 100% cults! Não somos esquilos, mas é nóis!!!
    Ah, sei lá… É bom saber. Gosto de ter este ‘feedback’, até para ir me aprimorando ou me policiando, se for o caso. Nada melhor para saber de algo do que perguntando, não?? 😉
    Bom saber que vc esta curtindo! Porque eu me divirto muito escrevendo!
    Eu que agradeço de novo!!!
    =-)

    • Gamer Caduco disse:

      Pô, agora que comentou, essas balas doces e azedas são viciantes! Faz tempo que eu não vejo dessas, deu vontade de ir no mercado procurar! kkkk
      Quanto a texto pronto, sim, eu tenho… hahahaha… mas calma, eu ainda tenho outros na fila aqui. Tenho uns 4 ou 5 prontos aqui, mas é dureza editar. Em breve ele aparece. 🙂
      Já vi alguns casos de namorada gamer ser dor de cabeça mesmo, chega a ser engraçado… hahaha.
      Vixe, eu não sei explicar muito bem sobre torrents, vc precisaria dar uma pesquisada por algum tutorial mais prático. Acho que seria mais interessante. Mas tem sido o melhor canal pra esse tipo de coisa.
      E pode escrever a vontade, normalmente leio rapidamente e depois releio pra responder, essa segunda leitura pode demorar um pouco. Aliás, tem demorado, vida tá corrida! hehehe!
      Valeu! 😀

  14. Cherry Pie disse:

    É, eu curto bastante essas…
    Até porque balas doces demais tendem a enjoar rápido (my opinion) e olha que eu gosto de doces!
    Sei, te entendo. Não está fácil para ninguém.
    Ainda mais quando surge do nada uma lunática que fica enchendo o blog de groselhas pessoais tomando o tempo do autor para postar coisas mais interessantes, não é mesmo??
    Mas tentarei ser o mais paciente possível.
    Sendo post do seu blog, com certeza! Vale a pena esperar! Estarei aqui aguardando.
    Nossa, estou me sentindo o pior ser humano da face da terra. Fiquei me lembrando das dores de cabeça que já causei por aí… Me faz uma gentileza?? Se porventura vc encontrar com o assassino da colher, fala que eu to querendo dar uma palavrinha com ele… Vou ali no canto me matar um pouquinho e já volto, tá??
    E… Mais uma vez Mr. Caduco na área salvando minha vida gamística! (no completo sentido literal da palavra!)
    Thank you very much one more time!!
    Take care!!
    See ya!!
    🙂

    • Gamer Caduco disse:

      Não mandando o assassino da colher atrás de mim por eu ter demorado pra responder, tudo bem. As últimas semanas foram difíceis! hehe
      Mas não esquenta sobre os comentários, como falei, aos poucos eu vou respondendo. As vezes dá uns apagões, mas eu volto! hehehe

  15. Pingback: Review: Phantasy Star (Master System) | Gamer Caduco

Deixe seu comentário sobre este post!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s