Game Gear: “Meu” Primeiro Portátil

Olá para todos!

Neste post falarei sobre o meu primeiro portátil. Quem acompanhou o post sobre o GameBoy, sabe que ele foi o primeiro que tive em casa, e não o Game Gear. Porém o videogame da Sega foi o primeiro que pude chamar de “meu”.

Breve história sobre o console

O portátil foi lançado no Japão em 1990 para tentar competir com o portátil da Nintendo, o GameBoy, que já fazia um grande sucesso em diversos países pelo mundo. Entretanto, mesmo tendo um hardware bem melhor, tela colorida e com iluminação, além da compatibilidade com o Master System (através de um adaptador), isso acabou não acontecendo e o Game Gear não acabou tendo o mesmo sucesso de seu rival. No ano seguinte, ele foi lançado nos Estados Unidos e em terras brasileiras e somente um ano depois acabou surgindo no mercado Europeu e na Austrália.

Minhas considerações

Eu particularmente gosto do Game Gear, mesmo considerando o portátil da Nintendo melhor. Acredito que faltaram muitos jogos para ele, além do mais, muitos jogos que saíram para esta plataforma eram meras adaptações de títulos de Master System, sendo que alguns ficaram piores. Outra coisa que incomodou muito a mim e a muitas outras pessoas era o fato dele consumir muitas pilhas e de maneira rápida.

Minha história

O meu Game Gear

Ele foi dado de presente pelos meus pais também, muito depois da compra do Mega Drive. Lembro que eu tive um certo arrependimento na troca do Master pelo Mega, pois eu também gostava do Master (meu xodó). Foi aí que conheci o Game Gear, que nada mais era do que o meu xodó numa telinha e que eu poderia levar pra todos os lugares.

Para manter a tradição, foi mais um presente de data comemorativa que não lembro qual. Acho que eu preciso comer mais peixe. Meus pais pesquisaram anuncios no jornal e encontraram uma pessoa vendendo o portátil com mais 6 jogos e a fonte de energia. Resolveram me dar o presente e eu fiquei feliz da vida. O aparelho veio sem caixa, assim como a fonte e um dos jogos. Os demais possuiam a caixa, mas não o manual. Foi também a primeira vez que adquiri um videogame semi-novo.

A intenção era comprar um adaptador de fitas de Master e o tal adaptador de TV, mas nunca fiz isso. Mais pra frente, já na próxima geração dos consoles, acabei comprando mais dois jogos pra ele (Fantasy Zone e Sonic 2), o que prolongou um pouco mais sua vida útil.

Os jogos que foram comprados posteriormente ainda estão completos.

Falando nisso, a vida útil dele foi bem grande. Lembro de ter levado ele para todas as viagens que fiz. Eu sempre ficava preso na tomada, pois como disse acima, ele é um tremendo comedor de pilhas. Mas ainda assim era muito melhor que ficar sem jogar ou ter que levar console pra lá e pra cá.

Lembro até hoje o dia em que terminei o Shinobi II. Não é um jogo tão fácil (nem tão difícil), mas para mim foi uma vitória e tanto. E é um dos jogos exclusivos da Sega para o portátil, pra quem não conhece, recomendo! 🙂

A pseudo-coleção de jogos.

Embora eu não conheça muitos jogos que foram lançados para o console, vou aproveitar para listar os melhores e os piores, como sempre faço.

TOP 15

Shinobi 2: um jogo bem completo.

01. GG Shinobi II: The Silent Fury
02. Sonic The Hedgehog
03. Castle of Illusion: Starring Mickey Mouse
04. GG Shinobi
05. Sonic The Hedgehog 2
06. Fantasy Zone
07. Space Harrier
08. Psychic World
09. Out Run
10. Ninja Gaiden
11. Wonder Boy
12. The Lucky Dime Caper Starring Donald Duck
13. Legend of Illusion: Starring Mickey Mouse
14. Wonder Boy III: The Dragon’s Trap
15. Sonic & Tails 2

MENÇÕES HONROSAS

Land of Illusion: Starring Mickey Mouse, Paperboy, Shapes and Columns, Sonic & Tails, Woody Pop

Sonic “lerdo” Labyrinth

5 2 PIORES

01. Sonic Labyrinth
02. Sonic Blast

.
.
.
.
Hoje o aparelho está quebrado, como a maior parte dos Game Gears que existem por aí. Primeiro ele levou um tombo que criou uma faixa enorme de dead pixels na parte de cima da tela (pouco menos de 1 cm de largura), mas ainda era possível jogar. Mais pra frente ele simplesmente deixou de ler os jogos e hoje ele liga e desliga logo em seguida. Uma pena, pois eu gosto demais dele. Pra tentar reviver estes momentos, ultimamente tenho jogado seus jogos no Dingoo, mas o que queria mesmo era consertá-lo. Se alguém souber quem é capaz dessse feito e puder me dizer, eu serei eternamente grato. Guardo tudo dele até hoje, inclusive as caixas e manuais dos jogos (dos que sempre tiveram, claro).

O “kit” completo

E é isso, galera. Toda vez que escrevo esses posts me da uma saudade enorme dessa época, que eu considero como a época “mágica” dos games. Bons tempos que não voltam mais.

Até mais.

Abraços a todos

Bônus: o adesivo que veio com o Sonic 2, até hoje colado no armário.

Anúncios

Sobre Gamer Caduco

Menino novo, com mais de 30 anos de idade, fanático por games de todas as gerações.
Esse post foi publicado em Consoles, Game Gear, Portátil, Sega e marcado , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

32 respostas para Game Gear: “Meu” Primeiro Portátil

  1. Caramba você tem o adesivo até hoje. Eu já troquei de armário nessa vida pelo menos umas 4 vezes.
    Legal que seu primeiro console portátil tenha sido um Game Gear. O meu primeiro foi um Game Boy Advanced com Super Mario 3 e Super Mario Kart. Depois comprei um Splinter Cell( que joguinho difícil) dá vida e por último um Pokémon Versão sei lá qual. Funciona até hoje( eu acho) só que infelizmente eu perdi a capinha de trás que prende as pilhas.

    Ótimo post.

    • Gamer Caduco disse:

      Caramba, eu tenho um GBA que também funciona e está sem a parte de trás (quebrou), mas não sei se perdi (meu pai roubou o aparelho pra jogar Tetris). Mas você começou muito bem com portáteis, ainda mais jogando Super Mario Kart, que pra mim é uma das melhores versões criadas, joguei bastante.
      Obrigado mais uma vez pela visita e pelo comentário.

  2. Heider Carlos disse:

    Era raro ver um Game Gear quando eu era garoto. O que todo mundo desejava era um gameboy. Mas eu morria de vontade de conhecer o portátil da Sega por um motivo simples: Shining Force. Ter um RPG tactics portátil era um sonho, e eu era (e ainda sou) apaixonado pela franquia. Infelizmente nunca tive um GG, mas isso não me impediu de jogar muita coisa. Tail’s Adventure, por exemplo, é bem divertido. Como você não citou os SF acho que você não os conhece. Recomendo dar uma olhada, são verdadeiros milagres no hardware do portátil da Sega ^^

    • Gamer Caduco disse:

      Primeiro agradeço a visita, o comentário e as dicas. 🙂
      Não me lembro se cheguei a jogar o Tails Adventure, muito provável que não.
      Os Shinning Force eu realmente nunca joguei, embora tenha ouvido/lido boas referências. Engraçado que eu nunca soube do que se tratava o jogo, sério mesmo que é um RPG Tactics? Eu serei obrigado a conhecer então, gosto bastante do gênero. Mais uma vez, obrigado pela dica. Vou conferir muito em breve.

  3. Pingback: GAME BOY ADVANCE: O “PRIMEIRO” NINTENDO | Gamer Caduco

  4. Felps disse:

    pow… nunca tive portáteis… só os mini-games com 3×1 tetris… =( huahauhahauh
    Quando fui comprar um psp, VOCÊÊÊÊÊÊÊÊÊ me convenceu a não comprar… valeu! kkkkkkkk

    • Gamer Caduco disse:

      Pô, Brick Game não conta, Felps! huahuahua
      E eu não convenci nada, eu só te fiz uma pergunta: “vc vai jogar o PSP ou só tá querendo comprar por puro embalo?”… e vc mesmo tomou a decisão! kkkkkkk
      Valeu pela leitura e pelo comment!

  5. th500 disse:

    Caramba, quem me dera ter meus video games antigos… Mesmo não funcionando, que era o caso do meu Bit System.

    E ter esse poster aí é muito legal tb hein, vai ter que arrancar a porta do guarda roupa se for mudar, rs.

    O game gear foi um video game que eu só vi uma vez em sua época, quando um amigo meu me mostrou bem rápido e depois eu nunca mais vi ele usando, já que naquela época, pilha recarregável era muito caro e comprar pilha pior ainda.

    Sempre tive muita curiosidade e pretendo ter um Game Gear um dia. E já que vc me deu a dica que os games dele estão saindo no 3DS vou matar a curiosidade dos games, se bem q sei q de longe não será a mesma coisa.

    Valeu Caduco.

    • Gamer Caduco disse:

      Caçarola, eu achava que vc odiava o Game Gear, estou surpreso em ver que vc tem interesse em ter um algum dia. O problema é achar um que funcione sem problema na tela, na imagem, no som, no funcionamento ou em tudo isso junto (peso de papel). Mais difícil ainda é encontrar um que funcione por um preço que dá pra considerar justo. Mas, enfim…
      Eu esqueci de te mostrar o Shinobi do GG naquele dia, Mario Kart desconcentrou! huahuahua
      É um jogo bacana, não sei se os demais jogos que vão sair possuem a mesma qualidade. Sonic Triple Trouble por exemplo eu não me recordo tããão bem assim. Mas de qualquer forma, é o que vc disse: não é a mesma coisa, nunca será. Não importa a qualidade da emulação, o jogo não foi feito para esta plataforma, não vai ser 100% nunca.
      Sobre a porta do armário, estou considerando muito a hipótese! kkkk
      Valeu, TH!

  6. João Roberto disse:

    Game Gear? Eu nunca vi um na vida, mas lembro de um filme (não me pergunte qual, não lembro) em que tinha três guris (Três ninjas em apuros?) em que um deles jogava shinobi no portátil. Nostalgia pura, embora eu lembre que o filme era horrivel…

    Cara, eu gostaria de ter mas as chances hoje em dia são quase inexistentes…

    T+.

    • Gamer Caduco disse:

      As chances até existem, mas pra pegar um funcionando eu só vejo duas alternativas:
      1) Pagar caro em um que funciona;
      2) Importar, de preferência um do Japão (não anula a primeira alternativa).
      Pegar um pra consertar eu não sei se é viável, nunca encontrei ninguém que tenha conseguido consertar um. Não que eu tenha procurado bem nos últimos tempos, mas…
      Se eu soubesse que dando manutenção ele poderia estar funcionando, teria cuidado melhor do aparelho. Uma pena perdê-lo.
      E eu não me lembro de ter visto filme com Game Gear, vou ver se encontro a cena do filme no Youtube. Bacana isso!
      Valeu João Roberto!
      Abraço

      • João Roberto disse:

        Então… Eu lembro vagamente no filme que tinha uns ninjas atrás dos moleques e o mais novo -que está com o game gear – nota que os ninjas agem conforme os personagens do jogo. Caramba, agora deu vontade de assistir, mas vai saber o nome do filme?? Isso me lembrou “”The Wizard- o Gênio dos videogames”, aquele do Mario 3…

        • Gamer Caduco disse:

          Nossa, agem como os personagens do jogo? O filme tem alguma referência, não só a propaganda então.
          E por falar em propaganda, esse filme que vc falou é a maior propaganda de Super Mario 3 que poderiam fazer! huahuahuahua
          Pior que eu não lembro nada do filme, vou ver se assisto algum dia.
          Valeu!

          • João Roberto disse:

            Nada, é propaganda pelo que eu me lembro sim. A única cena que eu me lembro os moleques estão passado por uma casa/construção/sei lá o quê e o mais novo vê pela tela do portátil um ninja pulando no chão, ai ele puxa os outros para trás, provavelmente grita “cuidado”, não lembro disso, e o ninja se estatela no chão…

  7. João Roberto disse:

    Rapaz! É esse mesmo. E olha que u confundi com o tal 3 ninjas em apuros, rsrs…

    Até dá pra ouvir o narrador falando “Sega Games” no trailer…

    Deixa eu perguntar? Você achou por acaso ou também estava procurando ? kkkkkkkk

    Vou assistir!! Valeu!!!!!!

  8. João Roberto disse:

    Olha, eu assisti hoje. Puxa vida, nem lembrava> Não é “aquela brastemp” (vixi. essa é velha!), mas é legal. Bem sessão da tarde. Eu até tinha falado mal, esquece, dá pra assitir sossegado.

    se quiser, o link do filme é este:

    http://www.baixarfilmesdublados.net/baixar-filme-surfistas-ninjas-dublado/

    • Gamer Caduco disse:

      huahuahua
      “Aquela brastemp” é ótimo, nem lembrava mais dessa!
      Vou pegar o filme e ver se assisto essa semana! Valeu pelo link! 🙂

      • João Roberto disse:

        Deixa eu te contar. Semana passada chegou o meu Gameboy Tijolão, vc deve ter visto a foto no face. No mesmo dia um conhecido meu ofereceu um Game Gear, ele só disse que faz muito tempo que ele não liga o aparelho, mas eu vou falar com ele amanhã (11/7). Qualquer coisa eu te falo…

        Segundo: Você assistiu o filme? Na semana passada passou um filme horrível de vampiro criança ou sei lá o que no SBT e teve um propaganda escrachada do game Boy Color. Interessante essas coisas, assim como no 2 homens e meio (vc já assistiu?) tem alguns episódios em que há propaganda do nintendo Ds, mas que na dublagem eles chamam de Gameboy…

        • Gamer Caduco disse:

          Caceta, não tinha visto o Gameboy, que louco! Parabéns pela aquisição.
          Tá pensando em pegar o Game Gear? O duro de deixar muito tempo sem ligar é que ele estraga os capacitores (se não estou enganado), daí depois acho que até tem conserto, se trocá-los e tal. Não é o caso do meu, que morreu a tela e sei lá mais o que (deve ter problema nos capacitores também).
          Não vi o filme, esqueci de baixar. Bem lembrado.
          Não lembro de ter visto o DS no Two And a Half Men, lembro de ter visto o XBox e acho que vi o Wii também. Agora chamar de Gameboy é tenso, hein? Quase igual chamar o Dreamcast de Mega Drive… hehehe!

          • João Roberto disse:

            Eu vou ver como o game Gear tah. Rapaz, é difícil, quando eu digo que vou sossegar aparece essas coisas rsrsrs.

            O problema dessas propagandas é que sempre tem alguma palhaçada que me deixa revoltado, tipo, no “Eu, a patroa e as crianças” se não me engano, o Michael Kyle está jogando um Dreamcast mas o som é de Pacman. “Eles” sempre fazem isso, pegam um vídeo game da moda e tascam som de Atari nele. É o fim…

            • Gamer Caduco disse:

              Ah, isso é normal. Lei de Murphy. Quando vc quer muito um treco ele desaparece ou custa o olho da cara. Quando vc fala que não vai comprar nada, tudo que vc queria e não comprou (ou comprou e pagou o olho da cara) cai no colo, impressionante.
              E eu também me incomodo com esses sons de Atari padrões de filmes/seriados, especialmente de Pac Man, Pitfall ou Donkey Kong, pode reparar… huahuahua! Deprimente, mas… fazer o que?

  9. Osmar disse:

    EU estou montando o emulador do GAME GEAR mais para conhecê-lo eu monto e depois jogo, eu sou da época do ATARI mas como todo mundo tinha esse videogame eu comprei o INTELLIVISION, estou montando emuladores desde a época do TELEJOGO PHILCO FORD (PONG) eu me divirto montando esses emuladores e depois até coloco para vender no Mercado Livre, as vezes quando uma pessoa compra de mim o INTELLIVISION, ATARI, ODYSSEY as pessoas quase choram de alegria, porque nunca mais acharam esses videogames

    • Gamer Caduco disse:

      Olá Osmar, valeu pelo comentário.
      Não sei se entendi o lance dos emuladores que vc monta, vc monta máquinas específicas para emular os sistemas ou vc monta o software emulador em si? Ou ambos?
      De qq forma, bem bacana isso. Eu também venho da época do Atari, mas não conheci Telejogo, nem Odyssey e nem Intellivision. Somente em fotos e videos, não cheguei a ver funcionando e muito menos jogar. Legal que vc partiu para um outro “lado” na época.
      Dê um toque quando tiver o emulador do Game Gear pronto que eu tenho curiosidade para ver! hehe!
      Valeu Osmar!

  10. Rodrigo Dimitri disse:

    Adorei essa matéria sobre o game gear. Eu sou colecionador e tenho paixão especial por esse, pois quando quebrei a perna em 1996, e fiquei de cama engessado 6 meses, ganhei um game gear usado, ainda na caixa, e com sonic e colums. Rapaz, como me diverti e ele me ajudou a nao entrar em depressão. Quando melhorei, ele ficou comigo até 2001,mas minha antiga namorada o quebrou. O tempo passou, mas não esqueci mais o danado.
    Alguns meses atrás, achei e comprei um muito bom no Ml, por R$ 170,00 (Uma barganha), com sonic 2. Está pegando muito bem, embora note umas imagens fantasmas, sinal que um dos capacitores cedo ou tarde, vai pifar. O que você nota hoje é que a tela do GG não é muito nítida (culpa da alta definição dos portáteis atuais, mas nem se notava isso na época). Bom, relacionado aos problemas dos capacitores, veja os links abaixo. Consertei um com a ajuda de uma amigo meu (o gg dele) e funcionou. Em 90% dos casos, funciona.

    http://www.pakequis.com.br/2009/01/consertando-o-velho-problema-dos.html

    Abraço

  11. tardino disse:

    Amigo … Eu tambem gosto muito de lembrar dessa fase . Atualmente possuo 17 tipos de portateis , o game gear sempre foi meu sonho de crianca , mas so realizei quando adulto . Hj tenho 7 aparelhos ( 3 funcionando , o resto guardo pra futuras necessidades de pecas ) Em cinco deles eu troquei os capacitores , tres voltaram a vida , um liga e a tela fica branca e outro somente acende o led ( estou pesquisando pra descobrir os possiveis defeitos ) tenta trocar os capacitores dele . Fiz um tutorial na net a respeito :http://dingoobr.forumeiros.com/t4977-tutorial-reparando-um-game-gear . Qq coisa pode peeguntar naquele forum ou no meu email : tardino@hotmail.com.br . Abracos e boa sorte

    • Gamer Caduco disse:

      Fala tardino, tudo beleza?
      Cara, acabei pegando outro GG e deixei o anterior para peças de reposição. Tenho um pouco de receio de abrir o aparelho, sempre fui meio assim com consoles. Engraçado que só com consoles, jogos, controles e acessórios não. Mas vou dar uma olhada no seu tutorial e tentar consertar o antigo também, afinal de contas, foi o primeiro que tive.
      7 aparelhos? Que bacana! São versões diferentes ou todas americanas/brasileiras e padrão (preta)?
      Pelo visto vc também é fã de portáteis, isso é legal!
      Valeu tardino!
      Abraços

      • tardino disse:

        Legal … Nao e dificil a troca dos capacitores …. Basta ter paciencia . Hj traduzi um tutorial e postei nese forum sobre trocar a lampada do game gear por led . Parece ser facil . Assim q eu fizer eu posto o resultado . Eu gosto muito de portateis . Se precisar de algo me avisa .Abracos.
        Ps . Meu proximo passo sera trocar o lcd de um game gear que esta defeituoso , ja retirei de outro, so estou bolando como fixa-lo no game gear , visto que ele e feito por duas fitas colantes .

  12. Pingback: PS Vita: Hardware não é tudo | Gamer Caduco

Deixe seu comentário sobre este post!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s