Maratona Sonic: Sonic the Hedgehog (Master System / Game Gear)

Olá meus caros!

Primeiro de tudo, feliz ano novo! Talvez tenha passado a época de desejar isso, mas é o primeiro post de 2013, então deve ser dito. Como passaram de festas de fim de ano? Comeram bastante? Muita Seiya Ceia de Natal? Muitas baladas no Reveillon? Jogaram bastante? Espero que tenham se divertido da melhor maneira possível, já que temos que aproveitar estas datas para isso mesmo.

Não é só sobre isso que vim falar nesse post. Na verdade hoje vou dar continuidade à Maratona Sonic, mas para os que esperavam ver aqui o segundo jogo lançado para o Mega Drive, podem tirar o ouriço da chuva… e rápido! É dia de contar um pouco sobre Sonic the Hedgehog para o Master System e para o Game Gear. Ótima leitura para todos!

O jogo

Tela de abertura do jogo

Tela de abertura do jogo

A SEGA, além de lançar para o seu principal console da época, o Mega Drive, resolveu lançar também para seu aparelho de 8 bits o primeiro jogo daquele que viria a se tornar seu principal mascote. O videogame ainda fazia sucesso na Europa e em alguns outros países como, é claro, o Brasil. Para o desenvolvimento do jogo, eles contrataram o serviço da empresa controlada pela família Koshiro. O nome soa familiar? Sim, é a família de Yuzo Koshiro, compositor de trilhas sonoras de muito sucesso no mundo dos games, como as da série Streets of Rage.

Yuzo Koshiro, uma das mentes mais brilhantes em matéria de Soundtracks de jogos.

Yuzo Koshiro, uma das mentes mais brilhantes em matéria de Soundtracks de jogos.

O desenvolvimento do jogo foi feito em paralelo com a versão do Mega Drive e acredito que isso deve ter feito com que a empresa tomasse a decisão de criar um jogo novo, ao invés de um “demake” da versão de 16 bits. Por conta disso, temos um jogo quase completamente diferente, e eu digo “quase” porque temos três fases que possuem mesmos nomes em ambas versões: Green Hill Zone, Labyrinth Zone e Scrap Brain Zone. Três novas fases surgiram: Bridge Zone, Jungle Zone e Sky Base Zone.

Olha a Green Hill Zone aí! Não possui os incríveis loopings da versão do Mega, mas possui uma pequena parte subterrânea interessante que a versão de 16 bits não tem.

Olha a Green Hill Zone aí! Não possui os incríveis loopings da versão do Mega, mas possui uma pequena parte subterrânea interessante que a versão de 16 bits não tem.

Uma das grandes diferenças entre as versões é que nesta as Chaos Emeralds não são obtidas através de Bonus Stages, mas sim devem ser localizadas ao longo das fases. Uma Esmeralda pra cada uma delas. Os Bonus Stages servem apenas para aumentar o número de vidas e de Continues. Vale lembrar que obter todas as Esmeraldas do Caos também muda o final do jogo, como acontece no jogo para o Mega Drive.

O final "bom" do jogo. As esmeraldas sobem e limpam a bagunça feita pelo Dr. Robotnik.

O final “bom” do jogo. As esmeraldas sobem e limpam a bagunça feita pelo Dr. Robotnik.

Outra diferença notável desde o começo do jogo é que, ao ser atingido, Sonic não pode recuperar as argolas que perdeu. Apenas uma aparece caindo e ela não pode ser obtida de volta.

Mas estes detalhes não tornam o jogo pior ou melhor que o lançado para o Mega Drive, apenas diferente. Cada versão tem seus prós e contras quando comparadas.

Minha história com o jogo

Versão brasileira do jogo para o Master e americana e brasileira para o Game Gear.

Versão brasileira do jogo para o Master e americana e brasileira para o Game Gear.

Eu já contei por aqui um pouco dela, mas vou repetir. Eu ainda tinha o Master quando Sonic foi lançado e, por mais que eu quisesse um Mega Drive, ainda ficaria mais algum tempo com o console de 8 bits. Quando soube da existência do jogo do ouriço para ele, queria de qualquer jeito. E lembro que quase um ano após seu lançamento, ganhei dos meus pais o jogo como presente de Dia das Crianças. Alegria na certa, eu finalmente poderia jogar Sonic em casa sem ter que ficar visitando os amigos que tinham Mega Drive, na casa deles não dava pra terminar o jogo.

Minha impressão inicial foi ruim, devo confessar. Eu queria curtir aquela explosão de cores, argolas pra todo lado quando atingido, pular na argola gigante no final da fase pra conseguir esmeraldas. Cadê tudo isso? E cadê a velocidade do jogo?

Felizmente eu não deixei que isso me afastasse do título e continuei tentando jogá-lo. Foi paixão à segunda vista! Depois disso passei a terminar o jogo incansavelmente, até trocar o console por um Mega Drive, já que este foi o último jogo que eu tive pro Master.

Depois de muitos anos fui perceber que gosto muito mais deste jogo do que o primeiro Sonic do Mega. Podem me chamar de maluco se quiserem (Caduco maluco? Cuco!), mas é a verdade. Se tem a ver com nostalgia? Com certeza tem, mas não podemos descartar a qualidade do jogo. A música da Bridge Zone é uma das mais sensacionais da franquia toda. E olha que eu considero as trilhas sonoras de quase todos os jogos do Sonic fantásticas. Fora a jogabilidade diferente, não pensando somente na velocidade, mas também na exploração. Aliás, ótimo gancho para o próximo tópico…

Mario vs Sonic (de novo?)

Pois é, meus caros, ESTE jogo eu posso considerar mais parecido com Mario e podemos fazer algumas comparações, embora cada pessoa vá defender o que gosta mais. Mas o fato da jogabilidade ser mais baseada em exploração para encontrar as Chaos Emeralds do que em velocidade já é um bom motivo pra comparação. Progressões não só horizontais, como verticais (na Jungle Zone) também, existem fases de jogos da franquia do bigodudo que são desse jeito. Além disso, este jogo possui uma fase em que a tela se movimenta sozinha (Act 2 de Bridge Zone), algo que não me lembro de ter visto em outro jogo da franquia. E Mario possui, não?

São pequenos detalhes que me fazem querer comparar este jogo com a os do seu eterno rival, mas ainda assim acho a comparação injusta. E é por isso que a partir do próximo post vocês não deverão mais vê-la por aqui. Finalmente, né?

Querem saber quem é melhor, Mario ou Sonic? Os dois! Jogue ambos e seja feliz!

Jogando Sonic the Hedgehog hoje

Começando a Bridge Zone no Game Gear.

Começando a Bridge Zone no Game Gear.

Resolvi fazer uma coisa inédita: jogar a versão do Game Gear, diretamente no portátil. Senti algumas diferenças, o personagem parece pouca coisa mais rápido e os sprites utilizados tanto dele quanto do Dr. Robotnik (e alguns Badnicks) estão maiores na tela do que na versão do console de mesa. Isso acaba trazendo algumas diferenças na jogabilidade também, como por exemplo o primeiro chefe que pode ser atingido quando ainda está no alto, diferente da versão do Master ou uma das lanças da Labyrinth Zone que vc precisa esperar baixar completamente pra passar. Na versão do Master ela pode ser pulada até mesmo quando está pra cima.

Uma ponte na Bridge Zone... muito original!

Uma PONTE na BRIDGE Zone… muito original!

Outro detalhe é que o jogo no Game Gear tem muitos slowdowns e isso atrapalha um bocado em alguns momentos. Na outra versão isso não é tão frequente.

Jungle Zone e suas plataformas móveis em frente à cachoeira. Dá um trabalhinho.

Jungle Zone e suas plataformas móveis em frente à cachoeira. Dá um trabalhinho.

No aniversário de 20 anos do ouriço eu comemorei jogando a versão de Master no Dingoo. Fiz questão de ir atrás de todas as Esmeraldas do Caos e confesso que me emocionei um pouco ao ver a tela de créditos, parecia que eu estava vivendo de novo aqueles meus 11 anos, sem preocupações e só pensando em me divertir. Quanta saudade dessa época!

Conclusão

Se eu fosse elaborar um Top 15 da franquia (o que não é uma má idéia), Sonic the Hedgehog do Master System seria colocado no mínimo entre os 5 melhores, não sei (ainda) em qual posição. O jogo foi muito bem desenvolvido e proporciona uma baita experiência divertida e de certa forma desafiadora. Se é esse tipo de coisa que você busca em um jogo, já deve tê-lo jogado. Não? Tá esperando o que então? Vai lá estragar mais uma vez os planos do Dr. Robotnik, certamente será uma aventura muito bacana.

Pra fechar, um vídeo com um pedaço da jogatina que fiz no Game Gear, além das imagens que já postei acima. Vejam o Sonic preso nos obstáculos de um dos Bonus Stages, enquanto eu apertava de tudo pra tentar me soltar. Uma hora foi, mas daí não consegui filmar e jogar ao mesmo tempo. Difícil, viu?

E é isso, galera. Espero que tenham gostado. A maratona vai seguir na velocidade do som, só que não! O tempo tá ficando cada vez mais curto, mas não quero deixar o negócio aqui parado muito tempo. Enquanto isso vão jogando os outros jogos do Sonic pra depois trocarmos idéia à respeito deles.

Um 2013 cheio de conquistas enormes para todos!

Grande abraço.

Até a próxima! :)

Anúncios

Sobre Gamer Caduco

Menino novo, com mais de 30 anos de idade, fanático por games de todas as gerações.
Esse post foi publicado em Game Gear, Jogos, Maratona Sonic, Master System, Sega, Sonic e marcado , , , , , , . Guardar link permanente.

30 respostas para Maratona Sonic: Sonic the Hedgehog (Master System / Game Gear)

  1. João Roberto disse:

    Fala, Cadu!! Buenas!

    Cara, Sonic do Master é nostaliga pura. Me lembra a época que eu queria um videogame e não tinha (que você já conhece), e me lembra do Master que eu tinha (e que quero de novo!) que tinha o jogo na memória. Muito bem lembrado na sua maratona Sonic… Eu nem lembrava das fases do jogo, de tanto tempo faz que eu joguei pela última vez- pelo menos uns 8 anos…

    Muito bom o texto, como sempre. E se é uma maratona, estou esperando os próximos textos, Cadu.

    T+

    • Gamer Caduco disse:

      Falaí João? Tranquilo?
      De fato o Sonic do Master é uma nostalgia sem igual! Claro, sou suspeito pra dizer isso. Mas, 8 anos sem jogar? Cara, vc precisa revisitar qualquer dia o clássico, com certeza vai se divertir lembrando, ficando bravo pq morreu numa parte que não lembrava, ou aquela esmeralda que deixou passar sem querer. Caceta, agora eu quero jogar de novo! hahahahaha
      Valeu pelos elogios ao texto e pelo comentário.
      Abraço

    • Parabéns pelo texto Cadu! Adorei ele, me fez lembra que joguei muito esse jogo e como tinha esquecido dele. Fiquei com muita vontade de jogar ele conversando contigo uns dias atrás e agora é certeza de jogar. Eu joguei ele faz 22 ou 21 anos… e nunca mais joguei e nem em emulador. Está na hora de mudar =) Valeu mesmo por enviar essa ótima leitura.

      • Gamer Caduco disse:

        Opa, valeu pela leitura e comentário, Ivo!
        Vira e mexe encaro o jogo de novo pra relembrar, esse é um daqueles clássicos que eu não dispenso nunca.
        Tenta jogar sim que com certeza será divertido!
        Valeu Ivo!

  2. ganon,o destruidor disse:

    ainda nao consegui jogar a versao do master ,por que faz ouco tempo que eu descobri que ela era diferente da do mega .entao ,mais um jogo na minha lista mais que enorme de jogos pra jogar

    • Gamer Caduco disse:

      Aaaah, a maldita lista! Todo mundo tem a maldita lista interminável de jogos! Um dia eu vejo se aprendo a parar o tempo pra gente ficar com a lista zerada! hehehe!
      Mas confira o Sonic do Master sim, de preferência no Master mesmo (ou a versão dele em emulador). A do Game Gear é bacana e tal, mas os sprites grandes tornam o jogo um pouco diferente, como falei no texto.
      Valeu Ganon!
      Abraço

      • ganon,o destruidor disse:

        o macete e dar foco aos jogos que mais despertam seu interrese e depois ir jogando os de menos ,amis que disse que a lista acaba desse so aument por que eu acabo conhecendo mais jogos dos estilos que eu dei preferencia

        • ganon,o destruidor disse:

          nossa o teclado de merda mudou tudo o que eu ia escrever bom o que eu queria dizer era o seguinte:
          para a lista de jogos diminuir um pouco tente dar foco aos jogos que vc prefere assim o risco de parar de jogar um jogo na metade e menor outra dica e nao jogar jogos recetentemente descobertos com por exemplo :vc joga chrono trigger acaba o jogo e descobre chrono cross ai vc passa ele na frente de outros 500 jogos ai sua lista vai ficar interminavel ,bom eu tenho feito isso a um tempo e ajuda um pouco nao que zere sua lista mais ajuda a diminuir ela ,no momento eu estou querendo jogar ps1 por que nao joguei nada dele ate o final ,ja tenho um lista de jogos so falta arrumar um jeito de jogar .se meu emulador de ps1 nao fosse tao ruim jogava nele mais como nao consegui um decente e como meu ps2 so roda jogos alternativos se eu exorcisar ele acho que vou tentar investir num ps1 .tem algum modelo de ps1 que nao de aquele problema de virar de cabeca pra baixo a longo prazo ou todos dao isso.

  3. Dactar disse:

    Muito bom Cadu!
    Você não está louco não Cadu,já me disseram sobre o Sonic do Master ser melhor que o do Mega,o jogo de ser muito bom MESMO.Eu não sabia que o desenvolvimento do Sonic 8Bit foi feito em paralelo com o do 16Bit,interessante,na verdade eu fiquei “de cara” com essa informação.Eu jurava que era um demake.Fiquei um pouco ansioso com o vídeo do Game Gear kkkkk,sei lá(nunca joguei num Game Gear)tenho a impressão que a tela pequena não dá conta da movimentação do jogo,não fica “faltando tela” não?
    Essa questão da “paixão à segunda vista” eu já tive com vários jogos,que a princípio vc não dá nada por ele mas depois se revela um puta jogo.Legal saber que você também já passou por isto.Bom…na verdade seu caso foi mais traumático,imagino,porque já existia a expectativa,toda baseada nos gráficos do Mega drive e o Master System(mesmo sendo um console valente)não tem como chegar perto do console mais bonito e influente de todos os tempos.Pelo menos,não graficamente já que a jogabilidade da versão Masteriana parece ser muito boa,convincente e empolgante,julgando pelo seu texto. 🙂
    Prometo que quando for encarar este desafio de jogar Sonic no Master(emulation!? he he he) vou fazê-lo com muito mais interesse.
    Ótimo texto Cadu!!!

    • Gamer Caduco disse:

      Oba! Posso cancelar a internação no hospício? Que bom! hahaha
      Então, a movimentação no Game Gear não fica ruim não, pelo menos em termos de velocidade: o jogo está longe de atingir a velocidade do Sonic do Mega, então não é ruim. Fora os Sprites grandes, se fosse do mesmo tamanho da versão do Master complicaria um pouco. Só que isso causa alguns detalhes, como a movimentação vertical da câmera quando vc pula (o que acontece com os Mega Man de Game Boy, pelo que me falaram), já que é quase um “zoom” da versão do Master e tal. Se eu soubesse, colocaria mais vídeos do jogo no portátil, mas isso acho que vc deve encontrar no Youtube… sempre tem uns (outros) doidos que fazem isso! hehe.
      Gostei de “console mais bonito e influente de todos os tempos”, vc acaba de ganhar uma estrela de bom menino por isso! kkkkkkkkkkkkkkkk
      Mas é verdade, eu tive um baita trauma inicial, mas naquela época a gente não podia escolher muito os jogos que ia jogar, né? Felizmente! Me vi na obrigação de conhecer mais do jogo e, de fato, ele é convicente e empolgante o suficiente pra vc esquecer a versão de 16 bits. Manda ver na emulação aí, mas opte pela versão do Master mesmo, somente depois dê uma chance pra do Game Gear pra vc sentir as diferenças. A versão do Master parece melhor, mas pode ser uma armadilha da nostalgia pra mim… hehehe.
      Valeu Dactar!
      Abraço

      • Dactar disse:

        Valeu por desatar alguns nós e um certo preconceito em relação ao GameGear.
        KKKK O Mega tem um design imbatível mas pelo preço e pressão do mercado acabei comprando a “caixa de ovos”(em relação ao design) da Nintendo.
        Sonic do SMS? Jogarei com certeza!!!

  4. T-ROK disse:

    Faaaala Caduco xD

    Escrever sobre Sonic é sempre uma diversão, tanto pra você, que assumo curtir o ouriço bem mais do que eu (até que enfim, em anos, achei alguém doido o bastante, kkk), quanto para nós, que acompanhamos essa história por 20 anos!

    Eu confesso, não joguei até hoje a versão de Master (vergoooonha) porque na época lá em casa pulamos de Atari para Mega Drive e na casa de minha prima, que tinha um Master, tinha apenas Alex Kidd… mas esse seu post me deu uma p.. vontade de jogá-lo! Incluirei ele na minha listinha de futuros jogos. Afinal, Sonic é Sonic e ainda mais quando nos deparamos com informações tão precisas e apaixonadas, como foi esse seu post!

    E sobre Sonic x Mario… bom, sei lá, são tão iguais e tão diferentes! Acho totalmente desnecessário esse pessoal que “necessita” escolher um. É como você mesmo escreveu, vão jogar (tchulanguero feelings) os 2 e divirtam-se, poxa! xD

    E veremos qual será o próximo da maratona… será q rola um Spinball? O povo odeia esse jogo mas me tem um efeito nostalgia tão agradável! xD kkkkk

    T+!

    • Gamer Caduco disse:

      Pô T-ROK, eu não curto mais nem menos que ninguém, aliás, o importante é mesmo que a gente curte os jogos da franquia, o mascote e tudo mais. E quem não curte não sabe o que é diversão. Acredite, há quem não goste de NENHUM jogo do ouriço! Não é nosso caso! \o/
      Agora escrever, bem, vc viu a empolgação… pior que fico assim acho que com todos os jogos! huahuahua
      Mas… peraí… que história é essa de nunca ter jogado a versão do Master? Pare tudo que estiver jogando no momento e abra o emulador, o videogame, algum site que emula online, seja lá o que for… vai jogar isso logo que vc vai pirar nesse jogo, tenho certeza! É diferente do que vc viu no Mega, mas é tão divertido quanto (ou até mais). Com certeza vc vai ficar doido procurando todas as esmeraldas do jogo e não vai sossegar enquanto não pegar todas!
      Se o post já empolgou, espero que a resposta do comentário empolgue mais, ou o suficiente pra vc parar de ler agora mesmo e jogar! huahuahua
      Spinball vai ter seu espaço aqui, mas é um jogo que eu só fui conhecer depois de velho. Então já te adianto que não tenho muita história pra contar dele, mas tenho alguma, não se preocupe. Vou ter que reservar um baita tempo pra tentar jogar ele de cabo a rabo! Só que esse não será o próximo, na sequência te adianto que vem um que vai me fazer escrever feito um maluco, de tanto que gosto dele! hahahaa
      Valeu T-ROK!
      Abraço

  5. Feliz 2013! Hwa hwa hwa

    Olha aê o Sonic que fez confusão na minha cabeça, que eu jurava ser o do Mega que eu tinha jogado na minha infância. Hoje não lembro nada dele, só que tinha o Sonic mesmo 😛

    • Gamer Caduco disse:

      Opa, feliz ano novo!!!!
      Se esse jogo fez confusão na sua cabeça e vc não lembra dele, vc já sabe o que tem que fazer, né? Fecha agora o browser e Vá(ão) Jogar! Por muito pouco não fiz essa referência no meu post, de tão babando que eu tava de alucinado de vontade de jogar de novo no desfecho do post, mas fiquei com medo dos royalties! kkkkkkkk
      Enfim, vc precisa jogar esse e o resto da franquia, da mesma forma que eu preciso jogar Zelda! hehehehe
      Valeu Tchulanguero!
      Abraço

      • ganon,o destruidor disse:

        cara se vc quiser jogar zelda eu te aconcelho a comecar com o de snes ,ate por que vc tem aquele problema com jogos 3d e por que em um post a muito tempo tempo atras vc falou que tinha interrese nele.
        ja que vc tem um dingoo eu aconcelho vc a jogar a versao de gba por que ela tem umas pequenas mudancas que fazema diferenca.agora zelda e um jogo que exige tempo e se vc nao gostar e tiver na metade do jogo nao vale continuar insistindo e gostar ou nao gostar .
        ps:so nao vale desistir no inicio por que nao encontrou a passagem secreta ein,eu quase fiz isso

        • Ganon, não lembro se foi por cagada, mas eu lembro que achei a passagem secreta rapidinho, rzs.

          • ganon,o destruidor disse:

            eu nao ate por que eu tive muito preconceito com o jogo no inicio por que eu achei que aquelea chuv era um chido e iria estrgr meu videogame ai eu nem tentei direito depois que eu tentei foi um passo para me viciar totalmente

      • Hwa hwa hwa, serve a demo do Sonic CD no celular? 😛

        Master System está na minha lista de consoles, mas acho que vai demorar um pouco comprar um. Só pra você ter noção, nem o Mega eu tive tempo de curtir direito ainda.

        Ah, pode fazer a referência a vontade, eu faço um preço camarada, rzs.

        Ah, eu to na frente com relação a isso, já zerei os dois Sonic Adventure, não conta não?

        Abraço!

        • Gamer Caduco disse:

          Ih, tá na frente então, eu não zerei absolutamente nada de Zelda ainda. AINDA. Eu ainda vou pegar o tal do Ocarina pra jogar, é sério! Só preciso saber se eu vou me interessar e manter até o fim.
          E demo não vale, tem que ser o jogo inteiro… a dúvida que fica é: vc consegue jogar jogos de plataforma sem botões físicos ou deu algum jeito de ligar controle do Wii (ou qualquer outro) no celular?

          • Se curtir Ocarina, quase que automaticamente vai gostar de todos os outros 3D, rzs.

            É horrível jogar com touch, e acho que até tem jeito de ligar o Wiimote no celular, mas acho que não ia adiantar pois o jogo é programado para botões virtuais, talvez em emuladores sim, mas aê já é muito pra mim. Pergunta, o Sonic CD chegou a sair pro Saturn?

  6. kanonclint disse:

    Cara , nunca joguei essa versão do Game Gear, nem por emulador. Vou dar uma conferida.
    No caso do Sonic 1 , eu vejo muitas pessoas dizendo que preferem a versão do Master em relação a do Mega. Eu particularmente acho que isso se deve apenas pelo fator nostálgico, não que o jogo seja ruim, longe disso, mas o fato é que não tem nem comparação…….pelo menos para mim, a versão do Mega esta anos luz da do Master. Ainda que versão 8bits, traga elementos novos na jogabilidade, como o lance da exploração das fases em busca das esmeraldas, e principalmente o fato de não ser apenas um downgrade da versão do Mega, e trazer fases totalmente novas.
    Eu tive sorte com a versão do Master, isso porque ela foi a primeira versão do game que eu joguei de fato. Eu só tinha visto a versão do Mega nos comercias de TV, e nas paginas das revistas da época, mas nunca tinha jogado, nem se quer ter visto o game rodando ao vivo. Dessa forma, eu não cheguei a ter aquela má impressão inicial de alguém que já tivesse jogado a versão do Mega primeiro, e depois foi pra de Master.
    Sonic do Master, foi o que eu posso chamar de ” momento derradeiro” do console, foi meu ultimo grande momento no 8bits da Sega. E posso dizer que foi uma “despedida” perfeita.

    Segue o meu Top Five dos games do Sonic

    1- Sonic 2 Mega Drive
    2- Sonic CD
    3- Sonic 1 Mega drive
    4- Sonic Knuckles
    5 – Sonic 1 Master System

    • Gamer Caduco disse:

      Opa, dá uma conferida na versão do Game Gear sim, vale a pena. Apesar da do Master ser melhor, IMO.
      Mas então, eu também acho que nem tem comparação as versões… a de Master é infinitamente superior em diversão! kkkkkkkkk
      Não, tô brincando, com certeza em quesitos técnicos e tudo mais a versão de Mega dá uma surra. Mesmo assim eu vou fazer a mesma coisa que faço com Mario e Sonic e dizer que as versões de 8 e 16 bits não podem ser comparadas, assim evitamos “caflitos”! hehehe! É questão de gosto mesmo… e nostalgia, claro!
      Sabe que parando pra pensar este foi meu jogo “momento derradeiro” também, afinal de contas, foi o último que tive, como falei.
      Sobre seu top 5, posso adiantar que o primeiro a gente escolheu igual. Os demais não. Mas vou deixar pra mais pra frente, que tal? hehehehe
      Valeu Kanon!
      Abraço

  7. Willi Weiss disse:

    Fala Caduuu! Cara, eu sou um dos que prefere mais a versão do Master do que do Mega, acho que até já falei isso por aqui. E não é fator nostálgico, pois jogo a versão de Mega por emulador desde os 6 anos de idade (hoje tenho 16). Mas gosto mais da do Master, é mais gostosa de jogar. É um dos jogos de 8 bits mais “16 bits” que já joguei! Não entendeu? Vou explicar: games de 8 bits costumam estar abaixo dos de 16 bits não só nos gráficos, como também na complexidade do game (não confundir com qualidade, games de 8 e 16 bits são igualmente maravilhosos!). Mas falo da complexidade do game, jogos de 8 bits sempre parecem mais simplesinhos, com personagens dotados de menos habilidades, fases mais lineares e objetivos mais simples. Esse Sonic do Master, de 8 bits só tem os gráficos, pois ele possui uma complexidade, um conteúdo ou como posso dizer, um “estilo” de jogos de 16 bits mesmo! Veja, o Sonic pula girando e, quando impulsionado pelas molas, pula normalmente, anda e corre, e dá um spin. Tem toda uma variedade de monitores com diferentes prêmios e efeitos. Com isso, não sei se você me entende, mas quero dizer que é um jogos de 8 bits com “mais informação” contida no cartucho do que o habitual.

    Me divirto mais com essa versão do Sonic 1. Joguei a do Mega primeiro e descobri essa do Master depois, e nunca tive aquela repulsa de “meu deus o que fizeram com o Sonic nesse jogo?”, não, nunca me deu isso. Na primeira “testada” do jogo achei mais ou menos, mas foi só quando joguei pra valer que me encantei mesmo por ele. Nunca zerei, fui até a última fase mas não zerei. Talvez um dia eu faça isso! ^^

    Grande abraço amigão! \o/

    • Gamer Caduco disse:

      Fala Willi!
      Vc realmente já tinha dito isso por aqui ou então em alguma resposta no seu blog, pq eu me lembro disso sim! Mas eu sempre fico com medo de ser taxado de louco quando falo este tipo de coisa.
      10 anos jogando Sonic então? É bastante tempo! Eu sempre fico contente de ver jogadores mais novos apreciando os games mais antigos, não canso de dizer isso! É duro ser véio, um dia vc vai entender! kkkk
      Entendi muito bem o que vc quis dizer com a complexidade sim, mesmo pq o hardware do Megão proporcionava mais recursos do que o do valente Master, dava mais liberdade para que os programadores explorassem mais os jogos. Mas a família Koshiro não se intimidou com o hardware limitado e fez com que o jogo de 8 bits tivesse uma profundidade de jogo de 16. Acho muito válido seu argumento!
      Tente zerar o jogo sim, vale muito a pena. Ainda mais que vc chegou bem perto. Na minha jogada no Game Gear eu tive o mesmo destino, acabei morrendo na última fase e não quis dar continue. Não esqueça de pegar todas esmeraldas, é um desafio extra! 🙂
      Valeu rapaz!
      Abraço

  8. Cherry Pie disse:

    Nossa! Já está quase no ano que vem e só agora eu consegui comentar no primeiro post de 2013… cette l’amère vie…oh my Jesus… *_*
    Bem, mas vamos lá então! Antes tarde do que mais tarde ainda, não é??
    Uau! Tive uma revelação agora! Cresci acreditando que este Sonic era o primeiríssimo em toda a história! Jamais iria imaginar que a versão do Mega tinha vindo primeiro, até porque somente fui jogá-la vááááários anos mais tarde!
    E, se não me falha a memória, creio que após a era Atari, este foi um dos primeiros (isso se ele não FOR “O” primeiro) jogo em que eu pus as mãos!
    Esse foi o primeiro Sonic que joguei na minha vida!!!! Pobre menina! Mal passava da segunda zona… Matava o primeiro chefe já nas últimas (isso quando matava). Geralmente eu sempre morria naquela fase da “Bridge Zone” que a tela corria… Às vezes nem isso… Torcia sempre para a minha mãe ter que sair e me deixar na casa da minha (Tia) Madrinha para eu poder jogar no Master do meu primo… (é, não é à toa que a família da minha madrinha é a minha mais chegada! Entre outras coisas, crescemos jogando vídeo-game juntos. São os três primos mais chegados de todos os 42 que tenho – ah, e são 42 só por parte de mãe, tá??(detalhe) Rsrsrs – não, isso não é brincadeira! Tenho16 tios desse lado da família (entre homens e mulheres), fora os 8 por parte de pai (mas este é outro departamento…). Formar chave para os campeonatos de videogame nos finais de ano nunca foi problema! (Bem, quer dizer…problema sempre tinha, até porque com tanta gente querendo jogar dava é briga… mas isso é oooutra história… ) Bem, voltando ao assunto, Sonic 1 de SMS foi meu primeiro contato com o console (até porque era o jogo que estava na memória!) ahhh… Que lembranças boas! Não precisava de mais nada! Bastava estender um tapete no chão em um belo dia de verão, um copo de leite com chocolate, alguns biscoitos para acompanhar e… Ligar a TV e o console… Minha madrinha podia ir cuidar da casa sossegada! Dali eu não saía nem a pau! Mal piscava… Morria e começava de novo… E de novo… E de novo… ahhh que saudades de quando a vida era mais simples… Eu era feliz… E SABIA!!! KKKKKK no meu caso, foi paixão logo à primeira vista!!!
    Maaas, como o tempo passa, a menina cresceu! E se desenvolveu em estatura, graça, sabedoria e, claro, porque não? Gamisticamente, of course! Era hora de dar um basta na “frustração” da infância e detonar o jogo! Sem dúvida! Este é um dos títulos no qual eu ainda ‘perco umas horas’ de boa, sem pestanejar! E mais ainda depois que aprendi como pegar todas as esmeraldas! (ao contrário dos de Mega, que eu ainda apanho pacas para conquistá-las e, na maioria das vezes, nem consigo pegar todas).
    O fato de pegá-las durante as fases e não dentro dos bônus para mim faz uma diferença notável, uma vez que, apesar de curtir bastante fases bônus, não consigo me dar muito bem nelas. Tenho mais facilidade em explorar e pegar itens que estão ‘ao alcance dos olhos’ do que concluir ‘missões’ para ganhar os mesmos… Acho que se nesse jogo eu tivesse que pegar as esmeraldas do jeito ‘convencional’, estaria lascada mais uma vez! (até porque não raras vezes eu (também kkk) fico presa nos obstáculos ou rebatendo que nem doida naqueles “pirulitos” que tem nos Bônus Stages – desculpa, mas não consegui pensar em uma definição melhor… não tinha uma festa de aniversário que eu fosse que eu não me lembrasse do ouriço! Toda vez que distribuíam aqueles pirulitos coloridos torcidos com aquele palito de madeira eu me lembrava do jogo… e toda a vez que eu jogo o jogo eu me lembro dos pirulitos… – será que ainda tem algum lugar que vendam eles??? De vez em quando eu gosto de comprar uns mimos assim para relembrar aquele “gostinho de infância” huahahahaha!!!) Ai ai… Peculiaridades da vida… kkkk
    Mas enfim, é isso aí!!!
    Estragar os planos do Dr. Robotinik é sempre uma ótima!!!
    Adoro esses textos com sabor de nostalgia!
    Essas palavras me trouxeram lembranças excelentes!
    Bem, vou ficando por aqui mais uma vez.
    Thanks for everything!
    Kisses da Cherry
    E até +! 😉
    😀

  9. Pingback: Jogos Imperdíveis #1 – Master System | Gamer Caduco

  10. Pingback: Maratona Sonic: Sonic the Hedgehog Chaos (Master System / Game Gear) | Gamer Caduco

Deixe seu comentário sobre este post!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s