Meme: O que você jogou em 2014?

O-que-vc-jogou-em-2014
Desde 2011 eu participo de um Meme onde nós editores de blogs, vlogs e demais sites que falam sobre games contamos o que jogamos no ano em que está acabando. Alguém aí afim de se lembrar o que foi que joguei ao longo dos anos? Bom, só clicar no respectivo link:

E de última hora o pessoal do Marvox Brasil, Vão Jogar!, New Old Players e o velho Caduco aqui resolveram colocar o Meme em prática também em 2014 e convidamos todos os sites interessados a participarem também. Então, se quiserem saber o que eu joguei este ano, só acompanhar o texto.

Queria evitar o momento violino dramático, mas infelizmente tenho que dizer pra vocês que 2014 foi um ano difícil. Eu que vivia reclamando de falta de tempo descobri na prática que tudo que é ruim ainda pode piorar. Embora eu tenha motivos reais pra reclamar da vida aqui, vou poupá-los disso, não cabe nem relembrar essas coisas, quem dirá colocar aqui. O fato é que em meio a tantos problemas e algumas soluções na vida pessoal, consegui jogar bastante coisa esse ano, se parar para olhar friamente a lista abaixo.

No primeiro semestre dei muita atenção aos consoles de mesa, tinha tempo pra sentar no sofá e jogar de vez em quando. Mas acho que foi muito menos proveitoso do que gostaria que fosse. Já no segundo semestre eu mal consegui encostar no PS3 e no Wii U, então o tempo de jogatina acabou se resumindo ao tempo dentro do transporte público, durantes idas e vindas do trabalho. Aí os portáteis é que fizeram a minha diversão gamística.

A lista abaixo está em ordem em que os jogos foram jogados/terminados e as respectivas plataformas. Ótima leitura para todos e não esqueçam de deixar um comentário falando sobre o ano gamer de vocês também.

Vamos ao que interessa!

Sonic Rush (DS)

01-Sonic-Rush

Comecei o jogo ano passado, inclusive falei disso no post do meme de 2013, então não vou me aprofundar. Acrescento que este ano peguei todas Esmeraldas do Caos e fiz o True Ending. Já recomendei este jogo antes e faço novamente, ótima pedida para fãs de jogos clássicos do ouriço.

Os Cavaleiros do Zodíaco: Bravos Soldados (PS3)

02-Os-Cavaleiros-do-Zodiaco-Bravos-Soldados

Fiz uma porção de coisas no jogo, modo história, modo desafio, etc. Já havia experimentado o jogo na BGS de 2013 e gostado, então foi fácil me adaptar. É um ótimo jogo para jogadas rápidas (até meia hora). O único porém é que os movimentos dos personagens são muito parecidos, exceto por um detalhe ou outro. Então as vezes passa uma impressão de ser meio genérico. Mas o jogo é competente e divertido, isso que importa.

Super Mario 3D World (Wii U)

03-Super-Mario-3D-World

Falar pra quem tem um Wii U precisa jogar esse jogo é quase o mesmo que falar pro padre que ele tem que rezar. Esse jogo é incrível! Um dos melhores que joguei esse ano no geral! Só achei ele um pouco fácil durante a campanha principal. As coisas só engrossam nas fases especiais que são liberadas ao terminar o jogo (algo padrão em jogos do Mario, não é spoiler isso, hein?). Mas, como vocês já sabem, dificuldade não é exatamente necessária pra um jogo ser divertido. O jogo é bem gostoso de jogar, tem fases super divertidas, faz homenagens a outros games e… bem, joguem este jogo! Diversão garantida em galera, em meio ao caos total (acontecem muitas risadas) e sozinho pra explorar as fases. Recomendo muito! Mesmo!

Preciso eu urgentemente voltar ao jogo e passar as duas fases que não consegui até agora.

Injustice: Gods Among Us (PS3)

04-Injustice-Gods-Among-Us

Achei que o jogo ficou muito bom, muito bem feito. Assim como o último Mortal Kombat da geração. Concentrei mais no modo história, que é bem bacana. Recomendo pra quem gosta de jogos de luta. Aliás, se quiserem ler um bom texto sobre o jogo, tem este aqui escrito pelo João Roberto lá no Vão Jogar!

NES Remix e NES Remix 2 (Wii U)

05-NES-Remix

Fiquei com a impressão que esta é uma coletânea pra quem gosta de jogos de NES e ao mesmo tempo gosta de troféus/achievements. Até porque você não joga nenhum jogo completamente, apenas tem que realizar determinadas tarefas impostas dentro do jogo em algum ponto específico de onde você começa a jogar. Ou seja, são praticamente mini games utilizando mecânica de jogos que foram criados no passado. Achei a ideia genial. Inclusive são outras ótimas opções para quem tá com pouco tempo disponível por dia pra jogar, já que são desafios bem curtos para realizar. E é muito divertido. Só não recomendo pra quem estiver procurando algo com profundidade, obviamente.

Nota: resolvi falar dos dois jogos juntos porque na prática o que difere um do outro são os jogos da coletânea e a inclusão do Championship Mode e Super Luigi Bros. no NES Remix 2.

Os Cavaleiros do Zodíaco: A Batalha do Santuário (PS3)

06-Cavaleiros-do-Zodiaco-A-Batalha-do-Santuario

Embora tenha sido lançado antes do Bravos Soldados, gostei muito mais desse jogo do que do seu sucessor. E olha que eu joguei depois! O fan service oferecido pelo game consegue ser ainda maior, aparentemente os produtores e desenvolvedores se preocuparam com detalhes bem específicos de cada um dos cavaleiros de ouro que são enfrentados, fora que você sente um pouco mais as diferenças entre os personagens. Além disso, o desafio desse jogo é bem interessante. Quem é fã de Cavaleiros deve jogar este jogo, de verdade. E não ligue para qualquer tipo de crítica negativa em relação aos gráficos do jogo, é tudo besteira! Joguem!

Resident Evil 6 (PS3)

07-Resident-Evil-6

Podem falar o que quiserem do jogo, eu me diverti a beça em jogá-lo, especialmente por jogá-lo em dupla online. Inclusive recomecei com outro amigo e pretendo manter a jogatina frequente. A campanha do Leon é muito boa, a do Jake é bacana, do Chris é um saco e da Ada Wong tem o enredo da novela das oito. Coloquem isso em mente. Mas se forem jogar, não façam isso sozinhos, procure um amigo pra encarar o jogo em dupla que vale a pena sim.

Paper Mario: Sticker Star (3DS)

08-Paper-Mario-Sticker-Star

Outro jogo muito divertido que tive o imenso prazer de jogar este ano. É meio que uma mistura de RPG com Plataforma e aventura, ficou muito bacana. Recomendo pra quem quer jogar algo com uma proposta um pouco diferente. Dizem que é muito diferente do Paper Mario do N64, até sei de gente que deixou de encarar este jogo por conta disso. Bobagem, sério. Não é porque um jogo é diferente de outro da franquia que ele não pode ser bom (embora aconteça). Se quiserem conhecer um pouco mais do jogo, leiam este texto (e comentem, por favor!), escrito por um tal de Cadu que acho que vocês conhecem. É livre de spoilers.

2048 (Android)

09-2048

Prevejo pensamentos preconceituosos, similares a “mimimimimimi isso não é jogo de verdade mimimimimimimi”. Mas a verdade é que esse puzzle consumiu muitas das minhas idas e vindas do trabalho dentro do transporte público. É um passatempo muito bom. Mas chegou uma hora que me cansou e resolvi trocar por outro que já havia jogado, mas não feito tudo que deveria. No caso, o próximo da lista…

Sector Strike (Android)

10-Sector-Strike

Como já adiantei, fiz de tudo no jogo. Terminei as 3 vezes que o jogo te convida a terminar (cada uma em um nível mais difícil) e ainda terminei mais 7 vezes (e elas também possuem dificuldade crescente), além de passar diversas fases da oitava jogatina pós endgame. Não me arrependo, o shooter horizontal é muito competente e divertido, ainda mais por ser totalmente fora dos padrões dos jogos para celular, mesmo que eu também goste de alguns deles. O jogo é gratuito, quem gosta do gênero devia dar uma olhada (sem preconceitos). Mas tenham paciência com o primeiro gameplay que é fácil demais, alguns jogadores mais exigentes podem se cansar facilmente.

O que eu queria na verdade era ter todas as conquistas, aí me empolguei pra desbloquear tudo. Bom, missão cumprida!

Vou repetir mais uma vez: jogo é gratuito!

Mario Kart 8 (Wii U)

11-Mario-Kart-8

Meus caros e minhas caras, que jogaço! Na minha humilde opinião, este é o melhor Mario Kart lançado na história. A Nintendo caprichou nos detalhes, na jogabilidade, na trilha sonora, na diversão, em tudo! Com a correria não pude aproveitar muito o modo online, então desse não posso falar muito. O multiplayer local continua divertidíssimo, mas esse não tem como ficar ruim. Eu realmente não tenho do que me queixar do resto do jogo. Até na DLC que foi lançada a Nintendo acertou em cheio, adicionou um baita conteúdo pro jogo. Joguem! Na casa de amigos, parentes, vizinhos, seja onde for. Mas joguem! Esse jogo é sensacional. Difícil demais escolher entre ele e o Super Mario 3D World qual que gostei mais do Wii U, sinceramente. Se analisarmos tecnicamente de maneira bem fria, talvez este acabe ganhando. Ainda preciso conseguir 3 estrelas em 150cc e Mirror Mode. E jogar online, tenho amigos reclamando da ausência. Não vou citar nomes, podem se pronunciar nos comentários.

E pra saber mais sobre o jogo, tem um ótimo texto escrito pelo Sabat no Retroplayers e outro também ótimo escrito pelo Tchulanguero lá no Vão jogar!, dois viciados especialistas no jogo. Vão empolgar ainda mais vocês a jogarem, garanto.

Castlevania: Lords of Shadow: Mirrors of Fate (3DS)

12-Castlevania-Lords-of-Shadow-Mirror-of-Fate

Comecei com pouca expectativa e me surpreendi muito. Esse foi um jogo que deixou um “gostinho de quero mais” muito forte. E afirmo isso pelo fato de ter terminado o jogo e pensado “caramba, já?”. Depois quando olhei a quantidade de horas jogadas, vi que não foram poucas. Muito bacana, achei muito bem feito. Gameplay ótimo e história interessante, manteve bem toda a ambientação do primeiro Lords of Shadow. O único detalhe que me incomodou pode ser spoiler, não falarei, mas afirmo que é uma baita de uma frescura minha. Não estragou nada no jogo, mas eu fiquei inconformado (de bobeira, assumo). Mas fiquem despreocupados e joguem, vocês vão se divertir. Vale dizer que existe versão HD para PS3, X360 e PC. Mas a versão de 3DS é bem charmosa por conta do efeito 3D dela.

Sonic Lost World (3DS)

13-Sonic-Lost-World

Longo suspiro foi a minha reação ao pensar no que escrever sobre este jogo. Eu tinha uma expectativa boa do jogo, tinha me divertido com a demo que a SEGA Sammy lançou no eShop, mas acabei me decepcionando fortemente. Sinto que caí no ciclo do Sonic. Algumas fases são sim divertidas, a mecânica do jogo em 3D funcionou bem em algumas delas. Mas as fases com jogabilidade em 2D deixaram muito a desejar, fizeram me lembrar do episódio 1 do Sonic the Hedgehog 4, com uma física bem esquisita. Já as fases em 3D tentam imitar Mario. E isso não é legal, porque pareceram mais com um Mario genérico e feito nas coxas. Tem muita coisa que não me conformo, por exemplo puzzles. Puzzle em Sonic? Sério mesmo? Caramba, hein Sammy? Pior de tudo é que são puzzles completamente bobos e chatos e cara de pudim. Como que aprovam um jogo desses? Baixou minha expectativa para a versão de Wii U, que acabei empurrando pra uma posição bem distante na fila de jogos a serem jogados.

Detalhe: joguei o jogo até o fim e peguei todas as Chaos Emeralds. Aliás, passar algumas fases igual a um maluco com o Super Sonic foi bastante divertido. Pena que nem todas. Porque tem fases que tem puzzles. PuzzlesPUZZLES em Sonic… é muito pro meu coração.

Até a trilha sonora deixou um pouco a desejar. Varia de músicas ótimas a músicas bem fraquinhas. É muito triste pensar nisso.

Ah sim, outra coisa. As fases no Hard Mode, modo que abre ao finalizar o jogo, geram um desafio bem bacana. Pena que tem fases que são bem chatas. Mas bem chatas mesmo. Especialmente as com quebra-cabeça. São tão chatas quanto eu resmungando aqui ao invés de ir para o próximo jogo do ano. Por falar nisso, chega, né? Vamos em frente.

Ainda assim esta coisa consegue ser menos lamentável que Sonic Boom

Heavy Rain (PS3)

14-Heavy-Rain-Move

Muita gente critica este jogo por ele ser uma experiência muito mais como um filme interativo do que um jogo como nos moldes antigos. Tudo bem, eu respeito a opinião destas pessoas. Mas, como eu gosto deste tipo de experiência (muito mais do que parar pra assistir um filme, diga-se de passagem), achei o jogo genial! Foi muito bom ter dedicado um tempo a ele, quem gosta desse tipo de experiência deve dedicar também. Acho que não fiz o melhor final, mas acontece.

O único ponto negativo dele foi a decepção ao tentar jogar com o pirulito brilhante PS Move, controle com sensor de movimentos da Sony. Em determinados momentos, o jogo não era capaz de reconhecer o movimento que eu estava fazendo. O curioso é que isso só aconteceu neste jogo em particular, nos outros jogos que usam o controle as coisas fluíram decentemente. Pode ter sido pelo fato da jogabilidade com o controle ter sido implementada um tempo após o jogo ter sido lançado. Tudo bem, tá perdoado. Mas, se forem jogar, façam com o DualShock 3, por favor. De nada!

Mutant Mudds Deluxe (PS Vita)

15-Mutant-Mudds-Deluxe

Chegou uma época em que eu tava com tão pouco tempo que em casa só conseguia jogar o Vita, que virou o console de cabeceira de cama do segundo semestre de 2014. Com isso, aproveitei os jogos de desenvolvedores independentes que foram lançados gratuitamente para o portátil.

Achei Mutant Mudds Deluxe bastante divertido, para mim ficou como um ótimo híbrido entre jogos de portáteis e jogos mobile. Isso porque as fases são curtas, o jogo não tem lá muita profundidade e é focado apenas em superar desafios baseados em habilidade e observação. Alguns complexos, outros nem tanto. Pra quem tem pouco tempo pra investir em jogatina e tem um Vita ou 3DS, este é um prato cheio. Recomendo.

Fez (PS Vita)

16-Fez

Outro que foi jogo de cabeceira de cama. Este aqui não me empolgou tanto. Achei o jogo confuso demais. Ele é bem feito, tem uma sacada bem legal e tudo mais, mas não é o tipo de jogo que me empolga pra jogar. O jogo é muito mais de exploração do que desafio, esse tipo de coisa me cansa. Se você errar uma plataforma, volta logo pro mesmo lugar pra tentar de novo. Sem inimigos, sem chefes, só blocos para serem encontrados. Quando chegou no ponto que faltava um só pra eu terminar o jogo, quase tive um treco. Ter que rodar toda estrutura do jogo de novo caçando o bendito bloco com aquele esquema de mapa totalmente doido quase me deixou pirado. Deixo o jogo pra quem gosta, entendo o hype dele, mas não é pra mim. Ou pelo menos não foi.

Mario & Luigi: Dream Team (3DS)

17-Mario&Luigi-Dream-Team-

Meus caros, que jogo! Dá pra notar o carinho que a Nintendo tem com seus jogos só de jogá-lo. Ele é muito caprichado, até em pequenos detalhes como a cara de felicidade dos personagens ao atingir um inimigo. Pra quem não sabe, trata-se de um RPG de turno, só que diferente do que estamos acostumados. Tudo porque as batalhas são bem dinâmicas, é possível evitar o ataque dos adversários ou mesmo aplicar um contra-ataque durante o turno deles, fora aumentar o dano se pressionar botão na hora certa (que é meio que característico em RPGs da franquia Mario). Isso tudo com um plot divertido, humor bem bacana e trilha sonora de primeira categoria. Sem falar no carinho que dão pro Luigi nesse jogo. Qualquer fã do personagem ficará muito grato de ver a importância que ele tem durante toda a história. E não posso dizer mais nada além disso, ou será spoiler. Joguem! Recomendo muito, este tem tudo pra estar entre os três melhores jogos que joguei em 2014. E está!

Demon’s Souls (PS3)

18-Demon's-Souls

Saibam vocês que este post dependia muito do fato de eu terminar este jogo. Tudo porque o comecei quase no final de Agosto, mas só fui terminá-lo na segunda semana de Dezembro. Mas joguei totalmente picado, jogava pouco tempo por dia, até cheguei a ficar semanas sem encostar nele (problemas pessoais, nada a ver com o game). E um jogo desses não pode nunca ser encarado desta forma, já que ele é tão focado em fazer o jogador aprender com os próprios erros a superar todos os desafios impostos pelos produtores e programadores. Imagine que você fica uma hora jogando e morre, de repente percebe que terá de jogar novamente tudo aquilo que acabou de enfrentar mas não tem tempo pra isso no momento. Pois é, foi o que aconteceu comigo o semestre todo. Ainda assim, me diverti pra caramba!

Eu sempre digo que o jogo não precisa ser difícil pra ser divertido, mas neste aqui a diversão está totalmente focada no desafio imposto por ele. Porque é sim divertido e gratificante superar um problemão e xingar a televisão até ficar sem voz ou o vizinho reclamar do barulho. Este jogo só não é melhor por ter uma fase muito, mas muito chata que de divertido não tem nada. Não chega a estragar o jogo, mas incomoda demais. Foi uma ideia ruim do time de desenvolvimento e produção.

Só digo uma coisa: quem tem Playstation 3 e gosta de um bom desafio tem a obrigação moral de jogar este jogo do começo ao fim e sem desistir. Nem que leve o mesmo tempo que eu levei. Não desistam de cara, assim que vocês se acostumarem com a mecânica e como tudo funciona, vocês ficarão vidrados. Sério, esse aqui eu não só recomendo. Se pudesse, eu obrigaria vocês a jogarem! Mas estejam com cabeça para isso, porque o jogo vai te irritar, te provocar, rir da sua cara e te humilhar bastante. Mas no fim você vencerá!

Caramba, depois dessa acho que posso trabalhar com auto-ajuda…

Outros jogos

Além dos citados acima, também tentei alguns outros títulos e acabei não escrevendo mais sobre eles por uma série de razões.

Eu também reservei um tempo pra jogar Sonic, como faço todos os anos. Na vez da foto, peguei em alguns minutos todas esmeraldas na versão de PS3. Sempre é divertido! :)

Eu também reservei um tempo pra jogar Sonic, como faço todos os anos. Na vez da foto, peguei em alguns minutos todas esmeraldas na versão de PS3. Sempre é divertido! 🙂

Falando mais sobre jogos independentes de Vita que ficaram gratuitos por conta da PS Plus, Rainbow Moon foi um título que fiquei jogando por muitas horas (mais de 10) tentando gostar dele e não consegui. É raro eu não gostar de um jogo de tática por turno. Mas este título deixou muito a desejar ao meu ver. Achei muito repetitivo e enjoativo.

Outro que testei foi Spelunky (Vita). Não consegui entender todo hype em cima do jogo, de verdade. O relógio contou aproximadamente 4 horas de jogatina e eu não me empolguei nada pra continuar.

Claro, fiz coisa parecida na versão HD lançada para plataformas mobile. Terminei o Act 1 com 3 esmeraldas, preciso continuar e algum momento. Da-lhe controle bluetooth!

Claro, também encarei Sonic 2 na versão HD lançada para plataformas mobile. Terminei o Act 1 com 3 esmeraldas em algum dia e preciso continuar em algum momento. Da-lhe controle bluetooth!

Binding of Isaac: Rebirth (Vita) eu gostei bastante, mas não consegui jogar tanto quanto gostaria, então preparem-se parar ler sobre ele no post do ano que vem! Só adianto que é um daqueles jogos viciantes e não sei dizer o porque. Fiz um dos inúmeros finais dele.

Cito também Sonic Colors (Wii) que recomecei e acabei parando por conta do Super Mario 3D World. Mesma coisa com Rayman Legends (Wii U), que fiquei mais concentrado nos desafios diários e semanais que nas fases em si. Mas vou pegar pra jogar pra valer em 2015.

Tentei voltar a jogar futebol virtualmente no PES 2014 (PS3), mas o jogo me frustrou bastante. O que foi ótimo, assim foquei em outros games (foi quando decidi começar o Heavy Rain e, em seguida, Demon’s Souls).

Pra finalizar, dois jogos que eu tinha terminado já mas não feito tudo que dava pra fazer. Primeiro Mario Kart 7, onde faltava conseguir 3 estrelas em algumas Cups e algumas customizações. Tudo feito! A ideia era tentar me manter treinado para o 8 que não tava conseguindo jogar com frequência, mas nada adiantou, os jogos são diferentes. Quando fui jogar com amigos, comi muita poeira. É a vida.

Luigi salvando a princesa. Por que não?

Luigi salvando a princesa. Por que não?

O outro jogo foi Super Mario 3D Land (3DS). Percebi que não estava com as tais 5 estrelas no meu save game, apenas 4. Percebi que deixei de jogar muitas fases com o Luigi e algumas com o Mario. Fora que algumas não alcancei o topo do mastro ao terminar a fase. Acabei jogando como se fosse um Time Attack, correndo e sem pensar muito. E foi divertidíssimo, tinha esquecido das fases e de como esse jogo é fantástico.. Recomendo que façam isso algum dia. É tão divertido quanto jogar no modo explorativo procurando Star Coins e segredos nas fases.

Morri pra caramba pra fazer 5 estrelas! Mas considerem que eu me atirava no buraco pra recomeçar fases ao invés de reiniciar. Bem mais legal! \o/

Morri pra caramba pra fazer 5 estrelas! Mas considerem que eu me atirava no buraco pra recomeçar fases ao invés de reiniciar. Bem mais legal! \o/

Também joguei muito os jogos da Praça Mii, no 3DS. Carregando o consolinho todo santo dia fez com que eu conseguisse muitos Street Pass. Aproveitei para pegar os 4 jogos adicionais da Praça e evoluí-los a cada encontro no portátil. Podem pensar o que quiserem, eu me divirto jogando esses jogos. Só não sei se me orgulho disso.

Fora tudo isso, até tenho encarado outros jogos depois de terminar os que tava jogando, mas estes ficam para o post de 2015, combinado?

Aliás, vou encerrando o texto por aqui. O que acharam da lista? Mandem a de vocês também. E não esqueçam de comentar sobre os jogos que mencionei aqui.

Obrigado a todos pela leitura, grande abraço e até 2015!

Boas Festas! 😀

E não esqueçam de conferir os posts dos demais participantes do Meme deste ano. Só clicar nos respectivos links abaixo:

Marvox Brasil – por Marvox
Arquivos do Woo – por Cyber Woo
Vão Jogar! – por Tchulanguero
Vão Jogar! – por Sucodelarangela
Vão Jogar! – por João Roberto
Vão Jogar! – Por Somari
New Old Players – por Willi Weiss
QG Master – por Adinan, Matheus e Rodrigo
Santuário do Mestre Ryu – por Mestre Ryu
Awesome Games – por Yukiteru Amano
Videogames com Cerveja
Shugames
Baú Nerd

Além do Gamer Caduco (você está aqui!) – por eu mesmo!

OQVJ2014(BR)

Anúncios

Sobre Gamer Caduco

Menino novo, com mais de 30 anos de idade, fanático por games de todas as gerações.
Esse post foi publicado em 3DS, Jogos, Memes, Mobile, Outros, Playstation 3, PS Vita, Wii, Wii U e marcado , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

32 respostas para Meme: O que você jogou em 2014?

  1. Willi Weiss disse:

    Essa falta de tempo é um pecado com nós gamers! A correria acaba com nossas habilidades e o que aprendemos na jogatina anterior, e pior que isso, são os games que exigem 20 e tantas horas para concluirmos (como você citou o Demon’s Souls) e só dispomos de algumas horas no sábado. É desencorajador! Eu aqui com umas ideias de que depois da faculdade a situação ia amenizar, mas pelo jeito só piora! Kkkkkkkkkkk!

    Por isso que nessas férias estou e estarei aproveitando o Play como ninguém, porque depois de janeiro começa tuuuuudo de novo.

    E você com esses comentários positivíssimos sobre os jogos do Wii U só me dá vontade de ter um! Mas eu sei que vou me arrepender pois os grandes lançamentos das séries que eu gosto não sairão pra ele! Porra Cadu, aí tu me ferra, mano! Hahahahahaha! Abração!

    • Gamer Caduco disse:

      Rapaz, se precisasse só de 20 e tantas horas pra terminar Demon’s Souls eu tinha fechado ele mais tranquilamente! huahuahua
      Com certeza essa falta de tempo ferra tudo mesmo, ainda mais quando fatores externos, embora importantíssimos, é que fazem com que esse tempo suma.
      Faculdade é uma fase muito corrida, muito mesmo, mas ainda assim é tranquila em relação ao que vem depois dela. Quanto mais vc envelhece, mais o seu tempo é sugado pela vida. Incrível…
      O Wii U é um ótimo console, se fosse vc, consideraria. Sei que é um videogame totalmente Nintendo, mas espera cair o preço dele (um dia vai acontecer, tenho certeza) e deixe-o como videogame alternativo que vc não vai se arrepender nem um pouco, tá cheio de ótimas opções. Não a toa está a frente do XOne em vendas.
      Valeu Willi!
      Grande abraço!

  2. Momento Violino Dramático pra mim também! 2014 foi triste… Enfim, vamos aos comentários:

    – Não curto Sonic…
    – Vale a pena comprar? Sei que não sou muit f~de jogos de luta, mas é Cavaleiros, né?
    – Luigi > Mario
    – Pow, vou falar a mesma coisa que falei pros outros: eu sou péssima em jogo de luta e não tenho companhia pra jogar luta aqui em casa… =T
    – Jogos de NES e SNES são sempre uma boa pedida!
    – Mesma pergunta do Bravos Soldados…
    – Ah, eu não curti RE6. Joguei a campanha do Leon e do Chris e larguei de lado. Ainda bem que era emprestado. Um dia eu devo curtir… sei lá… é RE.
    – Nunca joguei Paper Mario…
    – Eu gosto de puzzles, explica aí como é.
    – Jogar no celular é malzão. Só serve pra puzzle.
    – O que eu disse antes: um dos 3 jogos que me faria ter um Wii U.
    – Todo mundo fala que LoS é tosco demais. Pensei em comprar o Collection, mas me botaram medo e nunca comprei.
    – Nope. Não curto Sonic.
    – Heavy Rain é foda demais, um dos melhores jogos de PS3. Eu joguei com o DualShock mesmo, não tenho o pau brilhante, mas foi tranquilo de jogar. Já jogou Beyond: Two Souls?
    – Bom pra passar o tempo!
    – Não fiz.
    – Mario < Luigi (só pra variar).
    – Eu tenho o Demon's Souls, mas nunca finalizei. na verdade, eu passei do primeiro demônio e comecei a morrer MUITO num corredor onde um dragão vem jogando fogo de tempos em tempos e você tem que acertar o timing do negócio. Desisti.

    Bom, é isso! Abraço!

    • Gamer Caduco disse:

      Bom, respondendo alguns que necessitam de respostas (eu vou ignorar o fato de vc não gostar de Sonic, como sempre… kkkkk):

      – Os dois jogos do Cavaleiros são ótimos, o primeiro é melhor que o segundo, como falei no post. Acho que vc vai ter a mesma opinião que eu, já que vc não gosta de jogos de luta. O primeiro é muito mais um beat’em up do que qualquer outra coisa. Eu achei ele excelente, dá vontade de voltar a jogar. O de luta… bem… se for jogar com alguém até jogaria de novo, mas sozinho não mais. Ainda assim vale a pena para uma jogada completa da história.
      – O Injustice é outro que vale pela história, ainda mais que o preço dele caiu absurdamente nos últimos tempos. Mas vai ser uma jogada só com certeza, então bom pensar bem antes.
      – Vc jogou RE6 sozinha ou com alguém? Pq pra jogar no single player deve ser um saco mesmo, igual ao 5 que eu detestei a princípio e depois curti muito quando joguei em dupla online falando abobrinha no Skype, ainda mais zuando o jogo. Aí fica bem divertido, claro, dependendo da companhia! hehe
      – Hmmm… 2048 é tipo assim, vc vai juntando as peças de valores iguais (2 com 2, 4 com 4, 8 com 8 e assim por diante). Quando faz a junção, vira uma nova peça com os valores somados (2 vira 4, 4 vira 8, etc). O objetivo é chegar em 2048. Só que o tabuleiro funciona assim: vc move pra uma direção (lados, cima ou baixo) e ele move TODAS as peças na tal direção. E conforme vc faz isso, novas peças surgem na tela em posições aleatórias. E se todas as posições forem preenchidas e vc não tiver mais nenhum movimento pra fazer, game over! Basicamente e resumidamente é isso! huahua
      – Sinceramente… quase todo mundo que conheço curte LoS e os que ousaram dizer o jogo é tosco é pq não jogaram até o fim. Aí fica de mimimi que o jogo não tem a ver com Castlevania e blá blá blá sem fundamento. Se jogassem até o fim, veria que tem e tem muito, o reboot que fizeram ficou muito bacana em enredo e história principalmente. Ainda mais com a narração do Patrick Stewart. E mesmo que não tivesse nada a ver, como jogo mesmo ele é excelente, responde muito bem os controles e tem bastante desafio. Só é um pé no saco algumas missões que o jogo sugere para o jogador fazer mas vc pode ignorar completamente se quiser. Eu não entendo alguém aclamar God of War 3 e falar que LoS é tosco. Por mais que pareça, LoS não é clone nenhum da série do jogo do espartano peladão, só a jogabilidade é parecida e nada mais. Lembrando que isso tudo eu falo do primeiro jogo. Só me falta alguém que diz que LoS é tosco dizer também que os jogos da série que saíram para o PS2 são bons, aí é pra dar risada. Puta jogos repetitivos e sem sal. Enfim, este “1,5” que descrevi no post é bem diferente, segue mais a linha “Metroidvania” e é também bem gostoso de jogar. Ainda não joguei o 2, só a demo dele, essa povo tá falando meio mal e eu não sei exatamente o porque (não fui atrás pra não tomar spoiler). Ufa… chega de escrever sobre ele! huahuahua
      – Sobre Lost World, se vc gosta de Mario tosco, jogue. Senão continue odiando Sonic! huahuahuahuahua
      – Joguei a demo de Beyond: Two Souls e achei interessante, mas parece que Heavy Rain é melhor, não? Só não sei se isso faz do outro jogo ruim. E, não, não vou usar o consolo luminoso pra jogar este outro não!
      – Demorei pra entender o “Não fiz”. Quando entendi rolei de rir! kkkkkkkkkkkkkkkkkk
      – Sim, Luigi > Mario… e nesse jogo isso fica mais do que claro! Eu quase me emocionei com isso! huahuahua
      – Sabe que a minha primeira experiência foi quase que exatamente igual a sua? A diferença é que eu escolhi outra fase, morri um quintilhão de vezes e fiquei puto e larguei. 1 ano e meio depois voltei e fui pra essa fase aí do Dragão fdp cuspindo fogo em corredores. Eu quase desisti de novo, mas fui incentivado a continuar e consegui chegar no chefe da fase, pra descobrir que ele me mataria mais vezes que o Dragão! kkkkkkkkkkk. Mas não desanima, quando tiver com mais paciência e afim de algo desafiador, encara essa fase de novo ou a 2-1. Depois que vc vencer essas duas fases vc vai estar mais preparada e motivada a continuar o resto do jogo, vai ficar irritada e pensar em desistir N vezes, mas vai acabar ficando curiosa e continuará tentando, certeza. Pelo menos foi assim comigo. Ah sim, uns level ups ajudam, se colocar os atributos mais adequados ao jeito como vc joga (se vc não desvia muito, em endurance, só por exemplo). Achar a arma que vc se adapta melhor também ajuda muito! Tem que ter um pouco de paciência mesmo, mas é um jogaço!
      Valeu Çaçina!
      Abraço!

  3. Cherry Pie disse:

    Acho que o ano de 2014 é o ano do Mario no horóscopo gamer…kkkkkkk. Passei praticamente o ano inteiro jogando o New Super Mario Bros Wii pra fechar o jogo e pegar todas as moedas estrela, abrir o nivel nove e passar todas as fases de la, pegando todas as moedas estrela também. Quando acabou, fiquei com um vazio tão grande no peito que deletei o save e comecei tudo outra vez… Kkkkkkk. (acho que com o advento do Wii acabei sendo tragada pelo lado vermelho da força…) fui tragada para o lado rosa também. Passei boas horas jogando kirby epic yarn e kirby adventure do NES. Sei lá, me identifiquei. Uma coisa redonda, fofinha e cor de rosa que sai devorando tudo o que vê pela frente… Kkk (to falando do kirby, não de mim. O povo ficou me “criticando” só porque eu comi quatro hot dogs na tarde de jogatina de natal… Nada a ver…kkk) tá, mas eu joguei Sonic também. To tentando fechar o colors, que realmente é superdivertido por sinal. O problema é que não estou conseguindo avancar pq sempre acabo repetindo as fases na tentativa de conseguir notas melhores (ou, pelo menos, não tão ruins…kkk). Será que se os gamers se reunirem pra jogar Heavy Rain na Cantareira o nível sobe? Pq, na real, seria uma boa… Kkk. Só não da pra jogar Heavy Rain no centro de são Paulo pq senão o trânsito para. Kkk. Vou apelidar este título de “toró”, claro, de maneira carinhosa. Só pra não perder o costume. Huahaha. Fora isso, o resto da jogatina do ano foi resumida a minha já famosa saga retrogamer emulistica da vida salvando super Mario do snes e Sonic 2 na roubalheira dos códigos, uma vez que insiste o meu karma onde eu farei cem anos mas nunca conseguirei pegar as chãos emeralds na raça. Está é uma frustração que levarei ao meu túmulo.
    bem, é isso aí.
    feliz natal atrasado e um ano novo cheio de coisas boas e muitas realizações gamisticas!
    um grande abraço e até a próxima.
    fui

    • Gamer Caduco disse:

      Olá Cherry! Tudo bem?
      Quando joguei NSMBW em 2 ou 3 pessoas pra conseguir achar todas Star Coins e tudo mais foi divertidíssimo, quase apaguei o save e repeti também. Mas acabei optando pelo Colors que vc começou. Aliás, fica a dica pra achar todos Red Star Rings nas fases e depois jogar os Bonus Stages pra pegar as Esmeraldas do Caos, só ficou faltando isso pra mim e eu acabei recomeçando todo o jogo! huahuahuahua
      Plataforma 2D bem feito é sempre divertido, não tem jeito!
      Ano que vem pretendo conhecer também a série Kirby, nunca joguei nada, mas achei o jogo de 3DS em promoção durante a Black Friday e comprei, menos da metade do preço do que costuma custar. Assim que terminar outro que estou jogando, vou saber o quão bacana é jogar Kirby. Ano que vem estará na lista dos jogos jogados, pode se preparar! O de NES e de Wii são bons?
      Conheço quem chame Heavy Rain de Toró também! hahaha! Pena que esse título não passa na Serra da Cantareira.
      Se vc treinar bastante os Special Stages do Sonic 2, com o tempo vc pega o jeito de passar os últimos na boa e conseguir as Chaos Emeralds. Com certeza! A roubalheira vale pra eles, vai… eu fiz isso no 3 & Terry Crews… digo… Knuckles!
      Seu comentário me deu vontade de comer cachorro quente…
      Feliz Natal atrasado e feliz 2015!
      Abração!

      • Cherry Pie disse:

        O kirby adventure do NES é ótimo! É muito bem feito e cativante. Fazia tempo que um jogo não me prendia tanto assim. É bastante leve e delicioso de jogar. Os bônus são um espetáculo a parte, especialmente o “quick draw”, uma espécie de “bang-bang”… É bem divertido…
        o epic yarn também é bastante legal… Foge um pouco da linha dos demais jogos até porque nele o kirby não tem sua principal habilidade, que é a absorção… Mas mesmo assim, vale muito a pena e a trilha sonora é muito boa também. É um ótimo jogo para apostar naqueles dias agitados onde a gente chega em casa meio estressado. Da um ótimo relax nos nervos. Eu recomendo…
        só não da pra jogar ele quando se está muito cansado o ou com sono… É pedir pra nanar naninha no sofá… Kkk
        Quanto ao NSMBW, esse a minha turma e eu até acabamos apelidando de “”Mario suruba”…kkk (sim, porque joga de quatro e fica um pulando em cima do outro… Liga não… É coisa de quem cheira meia mesmo…
        tamos aguardando o reveillon, porque aí a coisa promete… Nunca pensei que as palavras “”recesso forense” iriam ser tão benevolas e significativas pra mim… Para nossa alegria…

        • Cherry Pie disse:

          Seria melhor se meu celular não ficasse me trollando e bagunçando as coisas que eu quero escrever… Kkk ele fica pondo acento onde não tem, tirando de onde tem, dobrando as aspas e não me deixa por o fecha parêntesis direito… Ooohhh sofrência pra escrever… Kkk.
          Cachorro quente é sempre uma boa pedida, não importa a ocasião… Gente, e vdd. Se fossem fazer um filme do Sonic com atores, era só pintar o Terry Crews de vermelho e tava tudo certo… Lembro dele naquela cena das branquelas onde ele mostra a língua… Da até arrepios… Espero que pelo menos eles conservem a língua do Knuckles como está…
          beijos e até mais. Espero que eu consiga escrever tudo num só comentário da próxima vez… Celular troll…

          • Gamer Caduco disse:

            huauhahuahu, essas coisas são assim mesmo, ainda que vc não deixou nada temporário pra escrever depois… isso deixaria tudo bem confuso! kkkk
            Darei uma chance aos Kirbys, parecem realmente bons. Gosto de jogos relaxantes! hehe
            Faz sentido o “Mario Suruba”, no 3D World então vira suruba de terceira idade pq todo mundo quer pegar a coroa. A hora que vc jogar esse jogo vc vai lembrar disso e entender o que quero dizer!
            Enfim, a língua do Terry Crews é menos assustadora que Sonic Boom, te garanto. Joguei as demos e sofri um bocado. O link da avaliação tá de Easter Egg aí no post, se tiver coragem, leia.
            É isso!
            Bjs

  4. aki é rock disse:

    Eu até que andei muito ocupado esse ano jogando e zerando alguns jogos vamos lá então a lista :

    Pc Engine : Bomberman 93 e 94 ótimos jogos dá série
    Valis 2 curti pra caramba com suas cenas em anime durante os diálogos já tinha jogado a versão de Mega e gostado .

    Master System : R – type tinha jogado a muito tempo esse grande jogo em cartucho mas nunca consegui ir muito longe mas no emulador fui ao final.
    Golden Axe warrior está ai um jogo de rpg bem difícil ele não te dá muita dica tem que ser na raça e coragem.

    Nintendinho : StarTropics um jogo bem divertido e desafiante vale a pena joga com um enredo cheio de mistério..
    Crisis Force um jogo de shooter bem desafiante legal nós momento finais vão complicado as coisas.

    Game Boy Color : Mario Bros DX fizeram um ótimo trabalho nele colocando algumas coisas para entreter o jogador vale muito a pena

    PlayStation 2 : Jack and Dexter show de bola um bom jogo de aventura bem desafiador em algumas partes.
    God of War 2 ele é muito bom conseguiu melhorar muito o que tinha do primeiro jogo para o segundo.
    Lord of the Ring Aragon Quest bem fraquinho viu pensei que fosse melhor
    Rogue Galaxy um ótimo rpg com um enredo bem maneiro que te prende a cada jogada.
    Bionicles Heroes um jogo bem divertido viu se você chegou a assistir algum filme da Lego vai gostar dele.
    Shining Tears poderia ser melhor se fosse como na época do Mega rpg estratégico.
    Ghost Rider tem a pegada de hack and slash mas fica devendo um pouco em sua jogabilidade e câmera que as vezes atrapalha.

    PlayStation 1 : Wild Arms 2 show de bola esse rpg viu com uma boa jogabilidade e com varias magias e abilidades legais.

    PlayStation 3 : DMC esse reboot da série ficou bem maneiro eu curti pra caramba com um enredo bem mas caprichado e com algumas abilidades bem legais o novo Dante.
    Assassin Creed 2 um enredo bem maneiro e cheio de coisas a se fazer nesse grande jogo.
    DarkSector seu enredo chega até te prender por um certo tempo mas depois que você descobre certas coisas fica meio que a desejar e também por seu final
    Diablo 3 está ai um jogo que joguei a demo e acabei gostando fui comprar o jogo pois eu nunca tinha jogado os outros mas já tinha lido o livro e gostado também.

    Indie Games : Momodora 2 um game sensacional com belos gráficos e músicas bem descoladas que combinam muito com cada ambiente vale a pena baixar pena que seja meio curto mas fica a dica.

    OpenBor : Splatterhouse um jogo feito por fãs que junta os três jogos da série em um só com os Rick de cada versão um beat n up sensacional também viu fica ai outra dica a se jogar galera.

    E foi esses jogos que joguei durante o ano de 2014 espero que tenham gostado dessa lista e que no próximo ano eu continue jogando mais um pouco.

    • Gamer Caduco disse:

      Opa, falaí Rock! Tudo beleza?
      Gostei da sua lista, deixa eu comentar jogo a jogo:
      – Bomberman 93 e 94: Bomberman é Bomberman, diversão garantida sempre!
      – Valis 2: nunca joguei nada de Valis, preciso começar um dia!
      – R–Type: excelente jogo, mas muito difícil (pra mim). Só conseguir “terminar” com o cheat de invencibilidade quando era criança! huahuahuahuahu
      – Golden Axe Warrior: nunca joguei a sério, mas o pouco que joguei achei bem bacana! Legal que foi até o fim!
      – StarTropics: não conheço, NES é um dos meus pontos fracos. Vou considerar colocar na lista, pareceu interessante.
      – Crisis Force: bem a cara de NES, né? Nego coloca dificuldade absurda mais pro fim do jogo. Isso é muito bom!
      – Mario Bros DX: joguei bem pouquinho quando ganhei o Cybergame, parece bem interessante mesmo. Outro que vou considerar jogar um dia!
      – Jak and Daxter: nunca joguei nada relacionado aos personagens, mas sempre vejo a galera falando bem. Quero jogar um dia.
      – God of War 2: concordo plenamente, teve melhoras enormes do 1 pro 2, principalmente em desafio. É o meu GoW favorito!
      – Lord of the Ring Aragon Quest: concordo também, larguei com algumas horas de gameplay. Vc aguentou até o fim?
      – Rogue Galaxy: nunca joguei, não conheço muito sobre.
      – Bionicle Heroes: hmmm, bacana. É multiplayer o jogo?
      – Shining Tears: esse é da série Shining Force? Se for, eu preciso urgentemente encarar algo da série algum dia. Deixei muito passar.
      – Ghost Rider: putz, jogo com câmera que atrapalha é um saco. Me lembra os Sonics mais modernos.
      – Wild Arms 2: bom saber! Esse tá na minha lista! hehe
      – DMC: tá na minha lista de jogos pra 2015, quando joguei a demo gostei pra caramba e tenho info de confiança de que o jogo é bom, seu comentário reforçou ainda mais isso. Povo que ficou de mimimi por conta do novo skin do personagem tá perdendo um jogão por bobeira.
      – Assassin Creed 2: muito bom mesmo, pena que a série se perdeu mais pra frente.
      – DarkSector: esse eu não conheço, mas se ele se perde, vou fugir dele! hahaha
      – Diablo 3: nem sabia que tinha livro! Caraca! hahaha! Pior que eu não curti esse jogo, joguei a versão para computador (antes das atualizações) e fiquei baita desanimado. Sei que a versão de consoles é mais estável e tudo mais, mas não sei, não teria coragem de encarar tudo de novo. Mas bom que vc tenha curtido, pelo visto a versão de consoles é realmente melhor.
      – Momodora 2: boa dica, vou procurar e ver qual é a desse jogo!
      – OpenBor: vc me lembrou que preciso encarar os Splatterhouse! Mas vou considerar este jogo também, valeu a dica! 😀

      Tomara que todos nós tenhamos tempo pra jogar mais coisas. Não esquece de guardar a lista do ano que vem pra comentar aqui também, sempre bom receber dicas! hehehe!
      Valeu Rock!

      • aki é rock disse:

        E ai Caduco beleza que bom que curtiu a minha lista de games desse ano viu vamos lá:

        Lord of the Ring – Zerei sim viu até liberei uns mini games no fim para que você possa jogar depois mas não vale muito a pena.
        Rogue Galaxy – E´ um jogão viu cara se você curte rpg vai gostar quem fez é o pessoal do Level – 5.
        Bionicle Heroes – Esse não tem multiplayer viu mas pra você ver o final dele tem que pegar todas as peças douradas do jogo tem que ficar indo e vindo na mesma fase varias vezes e evoluir os personagens que tem no jogo.
        Shining Tears – Esse não faz parte da série viu seu enredo é bem diferente .
        OpenBor – Te recomendo o do Final Fight Gold , Golden Axe Myth , Jennifer By Master Derico esse aqui é treta pra caramba viu tem umas cenas bem maneiras durante o jogo.

        Espero que tenho te ajudado com com as minhas respostas desses jogos que você tinha dúvida cara qualquer coisa me mande um email beleza.

  5. Cyber Woo disse:

    Grande Cadu, beleza?

    Cara, você jogou pra caramba, hahahaha!

    Olha, acho que o único game em comum que jogamos foi Resident Evil 6, e olha, achei o jogo divertido, mas sinceramente os quick time event me irritaram pra valer. A única campanha que não conclui foi a do Jake, e admito que foi por ter ficado de saco cheio de sentar a porrada nos bichos, hahaha!

    Acho que a experiencia de jogar em coop deve ser muito awesome, então como não tive esse prazer, ele continuara sendo um jogo meio meh ao meu ver, hahaha!

    Esse Mutant Mudds Deluxe pelos gráficos parece ser na pegada do I wanna be the guy, um game que testa os nervos, hahaha!

    Recentemente eu comprei o Dark Souls: Prepare to Die Edition, quero começar a jogar em Janeiro e se for tão difícil quanto Demon´s Souls, holy shit! Eu irei upar minha vida, hahaha!

    Cara, Sonic é tudo de bom, lembro de ter zerado os dois primeiros a muito tempo atrás, mas acho que esta na hora de partir para o 3º titulo.

    Binding of Isaac eu joguei o primeiro e que jogão, realmente é viciante, só não cheguei no final, mas deixarei para 2015 também.

    Infelizmente ao que se refere a Nintendo eu praticamento sou um cego, visto que não tenho nenhum console recente, mas estou com planos de adquirir um WiiU ano que vem.

    • Gamer Caduco disse:

      Fala mano, tudo beleza?

      Rapaz, o 3DS me salvou a vida gamer… em parte o celular também. Senão eu não teria jogado boa parte aí dos jogos!

      A campanha do Jake até que é legalzinha, mas sobreviver na porrada é complicado mesmo. Tem que ter uma paciência considerável.

      “Meio meh” vc foi bonzinho, se quer saber a verdade. O jogo é um saco pra jogar sozinho! kkkkkkkkkkkkk

      Então, sobre o Mutant Mudds Deluxe, ele não deve ter nem a metade de desafio/dificuldade do I Wanna Be The Guy. Desse aí eu desisti quando joguei a primeira e única vez… huauhauhauha! Vc chegou a jogar esse bastante?

      Há quem diga que o Dark Souls seja menos xarope que o Demon’s, uma fonte que considero bastante confiável. Mas se vc procurar discussões a respeito por aí vai notar que também há quem diga que Dark é mais difícil. Como só joguei o primeiro, não sei o que te digo. Ano que vem pretendo encarar o Dark também, quem sabe não sai um veredito no post do Meme de fim de 2015? kkk

      O que? Peraí… vc não terminou o 3 ainda? Vá pra cima dele com tudo! Mas fica a dica pra jogar ele em lock on com o & Knuckles, pra realmente valer a pena. Não vou dar muita opinião pra não passar nenhuma impressão, mas a experiência mais bacana é jogar os dois juntos e pegar todas as 14 Chaos Emeralds… é um desafio e tanto, USE save states na porta dos Special Stages… eu incentivo! E olha que normalmente não sou muito a favor da prática, mas nesse caso precisa pq é um porre essas fases de bolinhas azuis, credo… huauhahuahuahuahuhuahuahua

      Jogue sim Binding of Isaac, só cuidado pra não viciar o suficiente pra tentar toda a cacetada de finais que tem (nem sei ao certo quantos são).

      E se vc adquirir do Wii U avise para adicionar na lista de amigos, daí a gente disputa uns rachas online no Mario Kart 8 (a hora que o Tchula ler este comentário, se acontecer, com certeza serei xingado! kkkkkkkkk).

      Valeu Woo!

  6. Marvox disse:

    Engraçado como existem jogos que se mostram muito legais, e ao jogar sozinho não é nada de mais, mas ao jogar em modo cooperativo a coisa muda muito, entendo perfeitamente o lance do RE6, porque tive várias e várias experiências interessantes neste ano. Jogos que ao ver não me atiçavam de maneira alguma até que chamando alguém para participar da jogatina o jogo consegue ganhar um brilho legal e anima para chegar até o fim.

    O caso do Heavy Rain, eu realmente não compreendo essa raiva porque a Quantic Dreams faz um trabalho majestoso em tudo desde Omikrom e o Prophecy Indigo/Fahrenheit, e o trabalho dessa softhouse é isso mesmo “filme interativo” o jogador que não curte isso não vai gostar de nenhum jogo feito por eles, não adianta. Inclusive, sugiro que antes de jogar qualquer coisa atual da Quantic Dreams, vale tentar primeiro jogar Prophecy Indigo/Fahrenheit que é também disponível para PC e ele vai ajudar muito a despertar uma certa compreensão com os jogos feitos por eles, que mesmo sendo um “filme interativo” tem muita ação boa para curtir, ação que eles reinvestiram em Beyond Two Souls, já o Heavy Rain eles deram uma desacelerada e ficou mais drama que ação, mas não quer dizer que seja ruim. O próximo jogo deles sai entre 2015 e 2016 e ao invés de ação e drama, eles pretendem criar algo voltado mais para a comédia, o único chato é que eles estão muito focados na plataforma Sony, o que faz com que se o jogador que não tenha um PS3 ou PS4 não vai jogar nada deles mais.

    Essas coletâneas do NES são muito legais e é bacana ver quanto jogo divertido tem para curtir no ambiente do NES, é jogo que não acaba mais mesmo. E Mario Kart 8 é para fazer o Wii U fritar até não poder mais, o jogo é viciante demais, joguei algumas partidas em lojas mas quero mesmo é ter o prazer de comprar e explorar todo o conteúdo dele, inclusive jogar online. Muita coisa boa para jogar, nem adianta reclamar que hoje em dia não tem o que curtir.

    Show de bola Cadu!

    • Gamer Caduco disse:

      Fala Marvox, tudo tranquilo?

      Então, eu acho isso impressionante também. Comentei nos outros anos que a prática multiplayer faz grande diferença. Eu sou um tanto quanto hater de FPS e me diverti pra caramba jogando Battlefield 3 online há 2 anos, tudo por estar no Skype falando abobrinha com uma pá de gente enquanto jogamos todos no mesmo time. Mesma coisa se aplicou aos Resident Evil 5 e 6. Tentei jogar todos eles sozinhos depois e achei um porre. Estar com amigos jogando faz uma diferença gritante. Pode estar acontecendo a cena mais chata do jogo e vc começa a rir do seu amigo que morreu pq errou botão em Quick Time Event ou fez alguma outra bobagem, ri de si mesmo pq cometeu algum erro também, e continua jogando até chegar na meta daquele dia. Vai tentar passar essa parte sozinho… na terceira vez que vc morre, vc fecha o jogo e vai fazer qualquer outra coisa, ainda resmungando! Pelo menos comigo é assim… kkkkkkkkkkkk

      Cara, o lance da Quantic Dreams é um preconceito bobo de quem é mais resistente à mudanças, algo que eu não consigo entender. Sério, não entra na minha cabeça. Como falei no texto, as vezes prefiro isso do que um filme. Prefiro ficar numa história bacana por muitas e muitas horas e participar dela, mesmo que não atinja o melhor final, do que ficar por 2 horas vendo um filme com conteúdo mais ou menos. Quem gosta de enredo se diverte, não sei que neura é essa pra dizer que videogame é apenas jogos baseados em habilidade com controle e/ou estratégias. O Beyond preciso jogar, apenas vi a demo. Já o Fahrenheit eu escutei falar muito bem quando nem sabia o que era a Quantic Dreams, não dei bola. Depois de jogar Heavy Rain fiquei com vontade de conhecer, e irei. Agradeço muito a dica, me lembrou de colocar na minha lista de prioridades aqui! hehehehe. Que ruim esperar até a proximidade de 2016 e pior ainda saber que provavelmente terei de pegar um PS4 pra jogar a próxima jóia dos produtores da empresa. Não pretendo adquirir tão cedo o console da Sony. Vc pretende?

      Se vc comprar o Wii U e Mario Kart 8, não esquece de me adicionar lá pra partidas online. Espero em 2015 ter o tempo que quero pra jogar em rede com a galera, coisa que em 2014 infelizmente não tive. E considere sim o NES Remix se partir pra plataforma, é uma coletânea bem divertida de desafios rápidos, não tem como não gostar!

      E cadê seu texto que não saiu ainda, hein? Lista grande é? huahuahua!

      Valeu Marvox!

      • Marvox disse:

        Cara essa semana que teve o Natal e foi uma doideira, é aquela coisa de sair e visitar parente por parente, já que a maioria mora aqui na mesma cidade em bairros próximos, não tem como tentar fugir e fora os amigos e parentes que eu recebi em casa na véspera. Tive que escrever o texto em doses homeopáticas. Mas no final deu tudo certo minha parte está pronta e mais tarde conseguirei postar como despedida do ano.

        Carinha, a forma como eu escolho um novo console toma rumos diversos, meu gamerplace mesmo é o PC mas sempre gostei de ter consoles em casa para petiscar, foi assim em 2008 com o Wii e 2013 com o Xbox 360 então é bem provável que seja mesmo o Wii U, talvez eu me dê de aniversário, ou de dia das crianças no ano que vem, vamos ver se serei bonzinho o suficiente Huhahuauha.

        E esse lance do Battlefield é real, dependendo do jogo sozinho não encaro porque não é minha praia, não curto, mas se juntar uma galera legal com vontade de jogar, ou zerar se for uma partida cooperativa, conversa vai e conversa vem é muito divertido, esse ano aproveitei bastante o ambiente online do que eu consegui jogar. Se o jogo tá ruim, chama a galera pra melhorar, toma uma breja entre um tiro e outro, ou uma missão e outra, fala bobagem e o lance é esse aê mesmo.

        Valeu Cadu!

        • Gamer Caduco disse:

          Putz, sei bem como são essas semanas! Acho que a maioria das pessoas sabe! huahuahuahua
          Bom, vou torcer pra que vc seja bonzinho esse ano, o Wii U na minha humilde opinião tá valendo bastante a pena!
          Valeu

  7. Pingback: MeMe Gamer: O Que Você Jogou em 2014? | Blog MarvoxBrasil

  8. Pingback: Jogos Indies que jogamos em 2014 - Baú Nerd

  9. Adinan disse:

    Rapaz gostei muito da sua lista, jogou muita coisa boa apesar da falta de tempo. E falae é bom demais o 3DS, tem sido meu companheiro fiel e agora que ganhei Zelda Ocarina of time 3D de natal não largo mais ele. Pra mim é mais negócio investir nos portáteis, embora sempre tenha um tempinho pro Wii U também 🙂

    Agora tenho medo de comprar o Paper Mario do 3DS, vi muita gente reclamando que não é mais RPG e etc, vou ler o seu post sobre o jogo.

    Abraços

    • Gamer Caduco disse:

      Olha, eu “escutei” (na verdade li) alguns mimimis sobre o Paper Mario do 3DS depois que joguei, me deixaram com a pulga atrás da orelha… pq não era possível eu ter gostado tanto do jogo e o pessoal no geral ter odiado. Depois entendi que o jogo se diferencia de outros da série, como eu não joguei nenhum, então nem me abati. E outra, ele é meio que uma mistura de plataforma e RPG, como são dois dos meus gêneros favoritos, eu acabei curtindo demais! Povo as vezes reclama demais ou já começa a jogar o jogo com todo preconceito do mundo ao invés de tentar curtir como ele foi feito sem nenhum pré-julgamento. Eu daria uma chance e jogaria a demo dele, de repente vc vai acabar curtindo também.

      Pra mim tem sido assim também quanto aos portáteis, tanto é que consegui jogar todos os cartuchos de 3DS e quase todos de DS que tenho, diferentemente do que acontece com PS3 e Wii U que já tem coisa acumulada. Nesse ritmo louco que temos no dia-a-dia, melhor coisa é jogar em trânsito mesmo! Não dá tempo no resto do dia mesmo… dá até saudades da infância que chegava a dar tédio de tanto tempo disponível! kkkkk

      Valeu Adinan!
      Abraço!

  10. Fala Cadu, blz?
    Cara, não joguei NENHUM dos jogos que você listou, mas vamos lá! kkk
    – [Sonic]: O último Sonic que joguei foi o primeiro Sonic de Mega Drive, ou seja, joguei a maioria dos de Master (1, 2, Sonic Chaos e o Blast) e o primeiro de Mega. Sendo assim, perdi muita coisa da série, né? hehe.. Sonic 2 de Mega é um dos meus pecados gamísticos mais graves! E tirando a série clássica, o que me deixou curioso foi o Generations. Mas enfim, quero ter a oportunidade de jogar todos eles, inclusive esse Rush que você recomenda para quem gosta da série clássica.
    – [Os Cavaleiros do Zodíaco]: Tenho muita curiosidade em jogar os dois! Pois sou fã do desenho.
    – [Jogos WiiU]: Eu tenho muita vontade de ter um WiiU, às vezes, até maior que um PS4 que no momento ainda não tem um GT7 ou um Uncharted 4..hehe.. Mas além de não ter dinheiro para comprá-lo, tenho medo que acontecer como meu Wii que ainda tenho MUITO o que explorar, como os Super Mario Galaxy, Zelda, DKC Returns… Mas esses Mario’s do WiiU parecem ser muito lindos! Quem sabe um dia? 😉
    – [Injustice]: Não sou muito fã de jogos de luta, talvez porque eu sou péssimo!
    – [Resident Evil 6]: Ainda não joguei nem o quinto, mas pretendo fazer como você, jogar em co-op! Deve ser muito mais divertido! Meu único problema é em arrumar parceiro, pois eu não tenho uma rotina para jogar.. 😦
    – [Jogos de Android]: Eu tento, mas é difícil de achar um jogo bom, ou melhor, um jogo que eu goste. Só puzzles mesmo, talvez eu goste desse 2048, vou experimentar! O outro eu passo! 🙂
    – [Castlevania]: Confesso que tenho que dar outra chance para o Lords of Shadow de PS3, abandonei prematuramente. E quanto a esse que você citou, ainda não tenho um 3DS! 😦
    – [Heavy Rain]: Esse você já sabe, é um dos meus pecados gamísticos da 7ª geração! ahsuhsausa
    – [Jogos de PSVita]: Quem sabe um dia, quando eu tiver um PSVita! ahsuhsaus..
    – [Demon’s Souls]: Você quase me convenceu, mas passo! rsrs

    Bem legal sua lista, apesar de ter apenas 3 Sonic’s na lista, me deixou com vontade a série! Sério!

    Abraço.

    • Gamer Caduco disse:

      Cacildis, nenhum? Bom, tem um monte de dica aí, se são valiosas ou não eu não sei! huahuahuahuahua
      Respondendo alguns:
      – [Sonic] Eu sou ultra suspeito pra falar de Sonic, mas o 2 é indispensável pra qualquer gamer novo ou velho! hehehe… e o Rush eu recomendo sim, mantém muito da mecânica dos jogos clássicos. Ainda bem que os de Master vc jogou, os 3 primeiros que vc citou eu gosto muito!
      – [Cavaleiros] Jogue sim os jogos, são feitos pra fãs! Coisa pra se empolgar mesmo! hahaha… mas lembre-se que um deles é jogo de luta, hein? Vale mencionar que também sou péssimo no gênero, mas sempre tento jogar! huahuauh
      – [CO-OP] Eu sempre tive o problema de falta de rotina, até combinar com um amigo que toda quinta-feira das X as Y horas nós iríamos jogar o jogo. No fim várias foram puladas, mas conseguimos terminar. Talvez seja o caso de vc tentar fazer isso, reservar dia e hora com alguém pra jogar, nem que seja 1x por mês, semana sim e semana não, etc. Não tem jeito, hj em dia falta tempo pra todo mundo!
      – [Castelo da Vânia] Olha, eu acho que vale a pena encarar o jogo até o fim, tem muita coisa bacana que acontece nele, em especial toda história. O Mirror of Fate tem em HD pra PS3/X360, saiu depois da versão do 3DS e parece ter ficado bem bacana. De repente é uma opção melhor do que comprar o portátil, embora eu ache que valha muito a pena investir em um (ou esperar o tal do New 3DS)…
      – [Wii e Wii U] Acho que o Wii U tá valendo muito a pena, muita coisa divertida! O PS4 acho que ainda tá engatinhando, mas não duvido que eu me empolgue pra ter um daqui uns 2 ou 3 anos. Duro é essa biblioteca de Wii gigante pra encarar, sofro do mesmo mal. Aliás, foi um dos motivadores a eu ter um Wii U, já que tem retrocompatibilidade.
      – [Vita] Lembre-se que os jogos independentes rodam em outras plataformas, hein? XD
      – [Heavy Rain] JOGUE! JOGUE JOGUE JOGUE! MIL VEZES JOGUE!
      Putz, respondi meio fora de ordem, mas tá fácil de entender as respostas! hahaha
      Valeu maninho!
      Abraço

  11. kanonclint disse:

    Saudações Caduco, é um ótimo 2015 para você e seu pares.( Atrasado ..kkk )

    Bem mesmo com pouco tempo voce conseguiu jogar tudo isso, posso dizer que fiquei até com inveja disso. XD
    O meu 2014 foi bem minguado em termos de quantidade, terminei apenas 5 jogos do PS3 no ano todo acredite.
    É verdade que perdi um tempão terminado e platinando jogos que eu já havia terminado no Xbox360 como Vanquish e Dead Space 2. Aliás, a busca pelas platinas nestes jogos foram os grandes momentos pra mim no ano. Os troféus “Hard to the Core” do Dead Space 2 , e “Tactical Challenger” do Vanquish me fizeram comemorar uma vitoria como a muuuuiito tempo eu não fazia. E definitivamente colocam por terra, o argumento de alguns que dizem que os desafias de troféus e conquistas são futeis, e SÓ exigem paciencia e tempo.

    Mas o grande sabotador mesmo foi Dark Souls 2, Dragon’s Dogma que o diga. Foi em DS2 que passei a maior parte do ano. Primeiro na busca por termina-lo, depois ajudando outros jogadores em suas jornadas, seguindo então para óbvia busca pela platina. E quando tudo parecia concluido,é lançado a primeira de 3 DLCs programadas pela From Software ai já viu né.

    No fim os 5 jogos inéditos que joguei foram: Dark Souls 2, Shadows of the Damned, Army of Two Devil’s Cartel e Batman Arkham Origins e Lords of Shadow 2 ( A maior decepção do ano ).

    2015 já começou bem com a aquisição do PS4 , e ainda tenho mais de 60 jogos entre mídia física e digital no PS3 pra jogar.
    Tenho conseguido mais tempo ultimamente, acho que será um bom ano .

    • Gamer Caduco disse:

      Ah, vc tá se queixando dos poucos jogos, mas aproveitou eles ao máximo né? Não foram todos os jogos aí da minha lista que eu fiz 100%, estou no modo correria pra tentar esvaziar a lista de jogos o mais depressa que conseguir.
      Aliás, por falar em troféus, eu parei de correr atrás deles muito por conta disso, eu comecei a achar que pra mim (veja bem, PRA MIM) acabava sendo um pouco perda de tempo, até pq muitos troféus são bestas e poucos são de fato desafiadores. Mas conquistar um troféu desafiador realmente é muito bom, eu sei bem como é isso! XD
      Nem liga pro argumento das pessoas, cada um se diverte da forma que quer e ponto final. Muita gente usa isso como desculpa pq só quer passear pelos jogos (que é o que acontece com muitos jogos atuais com checkpoint a cada 42 segundos e sem grandes desafios ou que vc precisa superar uma vez só e já era).
      Depois verei o que são os troféus que vc mencionou, ainda não joguei nada de Dead Space 2 (joguei pouco da série na verdade) e nem da Vanquish. Ambos me interessam, mas a fila tá enorme… enooooorme! kkkk

      Curtiu o Dark Souls 2? Ainda preciso encarar o 1, depois da aventura no Demon’s Souls eu fiquei empolgado, mas antes preciso encarar uns jogos diferentes pra não me cansar facilmente.

      Putz, eu ainda vou jogar o LoS2, por mais que esteja dividindo tanto as opiniões. Controverso ou não, ainda tô ansioso. Do jeito que sou maluco, provavelmente vou ficar entre os que curtiram! rs

      Legal que já tá com PS4, tá jogando o que de bom? Legal é que logo menos Bloodbourne tá aí. E o pouco que vi desse jogo na BGS me empolguei, viu? Vc que curte o “gênero” (acho que podemos chamar “Souls” de gênero já, não?) vai se divertir com toda certeza!
      O meu só vem daqui uns 2 anos, por enquanto vou destrinchar o Wii U que tem bastante coisa bacana (pro meu gosto pelo menos) e tentar dar uma limpada grande na lista de PS3, isso fora os portáteis que eu não consigo largar. Não tem nada que tenha saido pra nova geração que eu esteja desesperado pra jogar (até sair Bloodbourne! kkk).

      Valeu Kanon!
      Ótimo 2015 pra vc, na parte gamer e no geral também! Que seja um ano de 20 jogos platinados no mínimo! \o/

      • kanonclint disse:

        Cara, o DS2 foi pra mim o melhor jogo do ano passado. Mesmo com aquele downgrade feroz que o game sofreu na parte gráfica. Nunca fã de DLCs, mas no caso de DS2 posso dizer que valeu cada centavo os tres episodios.
        DS1 é pra mim o melhor de toda serie Souls, e recomendo. Mas você tá certo, tem que passar por uma desentoxicação depois do Demon’s Souls.

        Agora falando do Los 2, bem……. É curioso, o jogo tecnicamente é muito bom, principalmente os gráficos, mas a história ……………ai ai ai . Você vai ver.

        Estou gostando muito do PS4, jogando Shadow of Mordor, game excelente.
        Pra mi foi o “Timing” perfeito. O console já tem mais de um ano, e os games programados para 2015 parecem promissores,mesmo com a decepção que foi The Order 1886, de olho em Bloodbourne,The Witcher 3, e Batman Arkham Knight.
        Mas pra você que já tem PS3 e Wiiu, acho que um terceiro console de mesa acaba dispersando demais, ai você não aproveita nem um nem outro mais a fundo.
        Esse ano vai ser a dobradinha PS3 e PS4. Quem sabe a gente não chega nessa meta ai de 20 platinas.

        Abraço

        • Gamer Caduco disse:

          Esse ano se tudo der certo compro o Dark Souls e jogo! Pode ter certeza! E eu vi sim o downgrade na parte gráfica, incomoda, mas não estraga tudo. Pelo menos é o que eu penso sobre né. De repente pra vc vale a pena rejogar no PS4 agora!

          Pô, galera mete o pau no primeiro LoS e eu já fico perplexo pq acho um puta jogo com uma história bem foda. Preciso ver que raio que há na história do segundo pra saber se as reclamações dessa vez procedem! hehehehe

          Bom, manda ver aí nas platinas que se vc chegar a 20 vai ser uma marca histórica. Nada de jogar jogo do Bob Esponja e da Barbie, hein? ahuhauhuahua
          Calma, sei que vc não é disso, mas não podia deixar a oportunidade passar.

          Valeu Kanon!
          Abraço

  12. Tudo bem, estou atrasado eu sei… mas antes tarde Duke Nukem, não é? Hwa hwa hwa.

    Na verdade eu até li o seu texto na época da publicação, mas não havia tirado tempo para responder, então lá vai… aliás, antes… bonita essa imagem do início do texto 😛

    Sonic Rush (DS): Sou mais Sonic Boom.

    Os Cavaleiros do Zodíaco: Bravos Soldados (PS3): Não gosto desse jogo, me trás más lembranças…

    Super Mario 3D World (Wii U): Ainda não comprei nem joguei, por incrível que pareça. Eu sempre tenho essa preguiça inicial com os jogos do Mario, mas inevitavelmente acabo jogando-os.

    Injustice: Gods Among Us (PS3): Já joguei muito na casa de amigos, é um bom jogo de luta mesmo, acho melhor que MK9 inclusive. Mas não chega nem perto da SFIV.

    NES Remix e NES Remix 2 (Wii U): Comecei a jogar faz pouco tempo, sempre em doses homeopáticas… mas alguém delete isso do meu Wii U, por favor!!!

    Os Cavaleiros do Zodíaco: A Batalha do Santuário (PS3): Talvez eu me vingue nele em outubro, hwa hwa hwa.

    Resident Evil 6 (PS3): Passo.

    Paper Mario: Sticker Star (3DS): Eu acho incrível essa série paralela do Mario em forma de RPG, Paper Mario do 64 é demais. Mas não tenho um 3DS e nem pretendo ter no momento, então fica para depois.

    2048 (Android): ok, só não faço a mínima do que é, rzs.

    Sector Strike (Android): Hum… não. Já falei, depois do Kindle se o GBA já ficou pro canto, celular então nem se fala.

    Mario Kart 8 (Wii U): tá, mas quando é que vamos jogar o online? Pode chamar quem você quiser pra te ajudar, eu deixo, hwa hwa hwa.

    Castlevania: Lords of Shadow: Mirrors of Fate (3DS): sempre achei que Castlevania foi uma série que se adaptou muito melhor nos portáteis.

    Sonic Lost World (3DS): Sou mais Sonic Boom para 3DS.

    Heavy Rain (PS3): um dia quando tiver um PS3 eu jogo. Pelo que já li/ouvi, parece ser uma experiência bem interessante mesmo.

    Mutant Mudds Deluxe (PS Vita): não tenho 3DS e muito menos vita, então sem chance por hora.

    Fez (PS Vita): outro que me deixa muito curioso pelo que li/ouvi. Tem versão para quais plataformas?

    Mario & Luigi: Dream Team (3DS): Repete o que eu falei lá em cima do outro RPG do Mario, rzs.

    Demon’s Souls (PS3): eu tenho minhas reservas em relação a esse jogo. Mesmo com você justificando a dificuldade dele, isso sempre me parece uma muleta em jogos. Um dia eu vejo dikolé.

    Binding of Isaac parece ser algo completamente bizarro, pena que a única versão que eu poderia jogar seja a do PC.

    E pronto, acho que paguei minha promessa com você agora, rzs. Foi malz aê se pareço desanimado, mas é segunda, estou no fim do expediente esperando dar a hora de bater o ponto… estou cansado, hwa hwa hwa. Abraço!

    • Gamer Caduco disse:

      Eu já nem lembrava o que joguei em 2014, mas vamos lá! huahuahuauha

      Demorou pra jogar Mario 3D World, pra treinar Cavaleiros Bravos, e se acabar nos NES Remiquis (não vou deletá-los do seu Wii U, JOGUEEEE MAAAIISSS! MWAHAHAHA;

      Não me lembro se o Cavaleiros antigo tem versus (acho que só cooperativo), Repasso RE6 e concordo plenamente que SSFIV é melhor que MK e Injustiça;

      Paper Mario é um tanto quanto diferente do lançado pra 64 pelo que li por aí (não joguei o pioneiro), muita gente desprezou o jogo por isso. Só tenho uma coisa a dizer a estas pessoas: MIMIMIMIMIMIMIMIMI! Se um dia vc tiver um 3DS (ou uma forma de jogar seus jogos), considere este! Mas jogue antes o Dream Team que é muito bom, mesmo!

      2048 é algo viciante, fique longe disso! Mantenha seu vicio no Kindle que vc ganha mais.

      MK8 nós podemos jogar dia 31/02 agora, que tal? ahuahuahuahuahuauha
      Zueira, é que vc nunca pode de dia de semana e eu nunca posso de fim de semana, ou seja, nunca jogaremos nessas condições!
      Mas quero fazer isso em breve, rede contra rede (agora eu tenho uma também! \o/).

      Sobre Castlevania, desde que virou Metroidvania, eu concordo contigo! Mas os jogos clássicos são muito bons também! Sem falar no SotN que é de console, mas funciona bem no PSP e Vita! huahua

      Sonic Boom eu nem comento, embora compará-lo com o Lost World tenha sido praticamente comparar o lixo com a porcaria.

      Heavy Rain é bacana, jogue assim que terminar de treinar Cavaleiros.

      Mutant Mudds Deluxe não existe só pra portáteis, se não me engano. Tem pra PS3 e se bobear pra Wii U também. Mas eu investiria grana em outros títulos do Wii U. Inclusive o mesmo se aplica ao Fez. Este último tem pra uma cacetada de plataforma: PC, PS3, PS Vita, X360, Atari, Telejogo, Zeebo, VãoFezar!, etc…
      Mas entre os 3 mesmo, jogaria Binding of Isaac. Ainda mais vc que gosta de Zelda! huahua

      Não, pode ter certeza que Demon’s Souls o desafio não é muleta, é algo que te prende mesmo. Daqueles desafios de antes que vc é derrotado por algo e fica puto e quer tentar de novo até chegar uma hora que ou vc desliga o videogame puto, ou vc vai até vencer. Mas não do jeito xarope.

      Minha resposta não foi das melhores pq é sexta e eu tô quebrado, ferrado e mal pago!
      Se necessário eu tomo umas cervejas no fds e “re-respondo”! huahuauha

      Valeu Tchula!
      Abraço

  13. Pingback: Meme – O Que Você Jogou em 2015? #oqvj2015 | Gamer Caduco

Deixe seu comentário sobre este post!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s