Uma visão Caduca sobre a E3 2015

e3-logo

Olá meus caros, como estão?

Cansados de lerem sobre E3 em todos os lugares? É, eu também.

Mas, como não tinha nenhuma expectativa para o evento e acabei gostando de algumas coisas apresentadas, resolvi resumir aqui as minhas opiniões sobre os assuntos que curti e outros que gostaria de comentar. Assim quem sabe não consigo dois posts pra Junho finalmente?

Bem desde já gostaria de dizer que o post não é exatamente informativo, mas opinativo. E existem jogos e franquias que não me interessam em nada, não importa que 90% dos seres humanos achem o máximo o produto. E desses eu prefiro não comentar para não gerar nenhum impacto negativo no post.

E também já digo que a ordem das coisas aqui é completamente aleatória, me perdoem por isso.

Chega de enrolações, aqui vão meus dois caminhões de centavos.

Unravel (EA)

Curto muito mistura entre plataforma e puzzle, este jogo me parece uma ótima combinação dos dois. Creio que o jogo da EA tem boas chances de emplacar, embora já tem gente chamando o jogo de infantil. Sério, galera, parem de achar que só FPS é adulto, já encheu a paciência. Obrigado. De nada.

South Park: The Fractured but Whole (Ubisoft)

Ainda não joguei nem o Stick of Truth (embora pretendo), mas dado que gosto muito do desenho e de RPG, nada mal uma continuação ainda mais com os personagens no modo “super heróis” deles. Com certeza deve surgir algo bem cômico e divertido!

Sempre bom quando aparecem jogos com bom senso de humor, pena que é minoria.

Nintendo World Championships

Bacana a iniciativa da Nintendo em trazer de volta seu campeonato mundial, tomara que isso se torne anual. Infelizmente não acompanhei todo campeonato, mas pelo que li foi bem interessante.

O triste é ver que o campeonato não foi bem “mundial”, mas quem sabe um dia?

Retrocompatibilidade no Xbox One (Microsoft)

Muito bacana também a atitude da Microsoft em conseguir disponibilizar retrocompatibilidade do Xbox One com seu antecessor. A gente sabe que não é algo fácil de ser feito, já que as arquiteturas de hardware dos consoles são bem diferentes, então é de se compreender que a lista inicial tenha poucos jogos.

Espero que cumpram a promessa de que toda biblioteca será disponibilizada no futuro e que não tenha muitos problemas na hora de emular ou seja lá qual for a técnica que estão usando para tornar isso possível.

Onde estão suas remasterizações agora, PS4? Pior que já falaram que não colocarão retrocompatibilidade no console. Melhor a Sony tomar alguma providência a respeito, nem que seja aumentar o catálogo de cross buy com originais e remasterizações ou qualquer coisa do gênero.

Rare Replay (Rare/Microsoft)

Numa época em que muita coisa está sendo revivida, por que não reviver alguns dos grandes clássicos da Rare? Ponto pra Microsoft! Quero ver a garotada mais nova sentindo na pele o que é encarar um Turbo Tunnel e que isso faça com que tomem gosto pela coisa, quem sabe Battletoads acaba não voltando com força total?

HoloLens (Microsoft)

Tecnologicamente falando, achei uma baita evolução o que demonstraram na E3, mesmo não sendo fã de Minecraft e não vendo grandes utilidades além dessa que já foi mostrada no evento.

Quem sabe no futuro isso não adicione (e não substitua) muito em nossas experiências gamísticas?

Elite Controller (Microsoft)

Controle modular que você pode customizar conforme seu gosto? Caramba, Microsoft, vocês conseguiram me agradar este ano! Pena que é caro pra diacho, e isso considerando o preço gringo. Imagina na Copa aqui no HUE BR Brasil?

Xbox Game Preview (Microsoft)

Disponibilizar função de Early Access pra consoles também foi outra boa sacada da empresa americana. Acaba sendo bom para todos, consumidores e desenvolvedores.

Sim, eu me importo com este tipo de coisa, não só com jogos e mais jogos.

Super Mario Maker (Nintendo)

Já não era nenhuma surpresa para ninguém, mas os detalhes a mais que apresentaram nesta E3 foram bem empolgantes ao meu ver. Especialmente as fases difíceis que virão com o jogo.

Nada mal um Mario desafiador tanto por parte da Nintendo quanto da própria comunidade. Vai atiçar bastante a criatividade da galera e vai nos trazer muita diversão.

Pena que ainda há quem não esteja gostando da ideia.

Earthbound Beginnings (Nintendo)

Primeiro Mother traduzido oficialmente e lançado? Pra mim é uma grande oportunidade de conhecer um ótimo jogo que faz alguns anos que tenho curiosidade pra conhecer. O Mother 2 / Earthbound acabei pegando para Wii U nesse fim de Club Nintendo. E pretendo jogá-lo, claro!

Aliás, cadê o programa de fidelidade novo, Nintendo? Achei que seria anunciado algo na E3.

The Last Guardian (Sony)

Antes tarde Duke Nukem do que nunca! Povo chorou tanto por este jogo que dava pra resolver a crise de falta d’água em São Paulo por anos. E parece que está ficando bom, espero que não seja uma enganação.

Só que ele me pareceu mais Ico do que Shadow of the Colossus. E isso me desanimou um pouco. Desconsiderem, é apenas meu gosto pessoal falando mais alto. Espero muito que eu esteja enganado com este desânimo. Aliás, “esperar” é o melhor termo para o jogo, não?

Doom (Bethesda)

Esse aqui foi uma baita de uma surpresa para mim. Eu que não gosto de FPS, mas adoro os dois primeiros jogos da franquia, fiquei bastante empolgado com o que vi. Inimigos clássicos, armas clássicas, tema e plot clássicos.

Ainda mais com o esquema de matar alguns demônios com as próprias mãos (e pés). Fora que o jogo tá rápido pra caramba, isso parece muito bom. Não vejo a hora de experimentar.

Ai minha Motion Sickness

Final Fantasy VII Remake (Square-Enix / Sony, por enquanto)

Se entendi bem, a Square Enix quer comemorar os 20 anos do jogo original com um remake. Ou será que ela só está aproveitando a modinha dos remakes da geração atual? De qualquer forma, agora os fãs vão poder finalmente parar de chorar.

Bem, eu gostei da notícia, mas tenho dois pontos pra comentar. Primeiro que a empresa dizia nos últimos anos que só faria este remake se conseguissem fazer um jogo da franquia que tivesse o mesmo sucesso que o jogo do Cláudio Cloud e companhia. O que não aconteceu e acho bem difícil de acontecer, o jogo com certeza foi o mais popular da série toda (embora na minha opinião não seja o melhor, prefiro o VI, mas o VII vem logo na cola). Beleza, aceito que vocês colocaram o rabo entre as pernas e decidiram fazer e lançar o remake.

O segundo ponto é, por favor, não estraguem o jogo. Tem que ter mecânica clássica ou no mínimo a opção de deixar clássica, não vão transformar o jogo num Action RPG. Mesmo que eu goste também deste estilo, entendo que muito vai se perder se a mudança acontecer…

Eu sei que estão lendo isso, executivos da Square Enix!

Próximo passo, galera: chorar até eles anunciarem um remake de Chrono Trigger!

Shenmue III (Yu Suzuki?)

OK, orgasmos cósmicos de zilhões de pessoas, sendo que a esmagadora maior nem deve ter encostado nos dois primeiros jogos e mal sabe do que se trata. Ou então o Dreamcast teria sido um sucesso. Exagero meu? Acho que não. Muita gente só curte o jogo pelo fato dele ser cult. Curte cult, culte curt. Afe, melhor parar com essas piadas.

Eu nunca joguei nenhum Shenmue e gostaria de conhecer a franquia, mas estou esperando a SEGA abrir os olhos e aproveitar o bonde para relançar em HD os que saíram para Dreamcast. Vai, SEGA, entra na moda e lança logo, vai ter muita gente querendo jogar antes de pegar o III. Eu tô nesse time aí!

Torço que o projeto não seja um fracasso. Já que na época que o jogo foi lançado, ele era algo bem revolucionário. Nos dias atuais já vemos coisas parecidas em outras franquias, isso pode decepcionar alguns jogadores. Todo cuidado é pouco, Suzuki-san!

Nessa fase de projetos Kickstarter fazendo sucesso por aí, pelo menos este não é só mais um “sucessor espiritual“, mas sim um sucessor legítimo.

Ah, e lancem para o Vita também, tá? O tio Caduco agradece!

Vita? (Sony? Alguém? Socorro!)

Aliás, a Sony REALMENTE abandonou o Vita, não? Uma pena, um baita hardware com uma tela espetacular e tanto potencial descartado e desprezado.

Eu nunca vou entender isso.

E sim, o vídeo não tem nada a ver com a E3, mas…

Mario & Luigi: Paper Jam (Nintendo)

Acreditem se quiser, este foi o jogo/notícia/whatever que eu mais curti nessa E3. Sério!

Depois de jogar  Mario & Luigi (Dream Team) e Paper Mario (Sticker Star) no 3DS, e curtir muito ambos, não esperava que fosse sair algo de alguma das séries pro portátil novamente. Detalhe que não só surgiu algo como é a mistura dos dois! Genial, Nintendo!

Pelo que vi no trailer, tem tudo pra dar certo! Bateu a ansiedade aqui! Em vocês não?

Yoshi’s Wooly World (Nintendo)

Se este jogo tiver a pegada do Yoshi’s Island, e parece que realmente tem, será um jogaço! Pena que vai ter gente desprezando o jogo por ele ter este visual “fofinho” de lã. Pena também que tem gente associando à LittleBigPlanet, sendo que uma coisa não tem absolutamente nada a ver com a outra.

A Nintendo continua provando que sabe fazer jogos de plataforma 2D criativos como ninguém. Foi muito bom ver na E3 mais um pouco do que será o jogo.

Fire Emblem: Fates (Nintendo)

Quem acompanha aqui sabe que sou fã de jogos de RPG Tático / Estratégico. Ainda não joguei o primeiro Fire Emblem lançado pra 3DS, mas já estou interessado em jogar os dois. Alguém aí me dá de presente? Obrigado!

Fire Emblem Shin Megami Tensei (Nintendo / Atlus)

E a mistura de Fire Emblem com Shin Megami Tensei? Apesar de só conhecer a “sub-série” Persona de Megami Tensei, já fiquei bastante empolgado, pois parece que a mistura dos dois universos ficará bem interessante.

Se bem entendi, será um J-RPG nos moldes do Megami Tensei mesmo. Já fica uma porta de entrada pra eu conhecer a franquia como um todo. Recomendam algum outro jogo da série?

Persona 5 (Atlus)

Não é novidade para ninguém o lançamento do P5, mas eu já estou ansioso pelo jogo faz tempo e este novo trailer que surgiu na época da E3 só me deixou com mais expectativa ainda. Não viram? Vejam.

Deu saudades do Persona 4.

Xenoblade Chronicles X (Nintendo / Monolith)

E por falar em RPG, este aqui me parece um prato cheio. Aprendi a gostar de RPG com batalha mais voltada para ação do que turno quando joguei Tales of Graces F. Este novo jogo da Monolith parece ser ainda melhor no quesito combate. E em outros pontos também, é claro.

Infelizmente não pude jogar o Xenoblade do Wii até agora (também aceito este de presente) e espero que isso não seja um problema pra jogar o futuro jogo do Wii U.

Cadê o antecessor na eShop, Nintendo? Sacanagem forçar a galera a comprar o New 3DS pra jogá-lo.

Chibi-Robo! Zip Lash (Nintendo)

Não conhecia nada de Chibi-Robo! até esta E3, quando vi o trailer do jogo que será lançado para 3DS e logo me interessei, pelo mesmo motivo do Unravel: plataforma com puzzle. E bem criativo pelo que pude observar.

Daqui a pouco aparece alguém dizendo que é jogo pra criança, estou prevendo isso…

Horizon Zero Dawn (Sony)

Nos primeiros dias vi o anúncio de que a empresa que faz Killzone lançaria um novo jogo. Fechei a aba e segui em frente. Até que li que na verdade o jogo será uma mistura de RPG de Ação com exploração e não um FPS. Aí vi o trailer… pronto! Agora quero jogar este também.

Pena que vai demorar pra eu ter um PS4, mas já começo a olhar o console com outros olhos também, da mesma forma que o Xone. Só não sei de onde vai sair o dinheiro para tudo isso. Não respondam.

Star Ocean 5: Integrity and Faithlessness (Square-Enix)

Cansados de ler sobre RPG? Desculpem, eu realmente gosto do gênero. E este é mais um com batalha mais voltada pra ação que pareceu muito bom! Até hoje só joguei um pouco de um dos jogos da franquia e nem sei dizer qual foi, sei que foi no PSP. Parecia bem legal, pena que eu não dei continuidade.

Nier: New Project (Square-Enix)

Preciso jogar o Nier da geração anterior e aproveitar pra conhecer este novo também, no futuro. Apesar de não ter mostrado quase nada, só de ver que está sendo desenvolvido pela Platinum, já me deixou um tanto quanto interessado.

Tomara que não demorem muito para anunciar mais sobre ele.

Cuphead (Microsoft)

Esse tinha passado desapercebido por mim, mas mandaram a referência e de cara já achei incrível. Entrou de última hora na lista e está entre os cinco anúncios que mais gostei de ver na E3 deste ano.

É este tipo de criatividade que falta na indústria de games nos dias atuais, bom ver que ainda tem aqueles que se arriscam. Todo sucesso do mundo para que incentive a surgir mais jogos como este!

Outros

O tal do For Honor parece interessante, mas também não deram tantas informações. Ficarei de olho, quero conhecer melhor.

Agora tô com a pulga atrás da orelha com o No Man’s Sky. Vocês não? Prometeram uma porrada de coisa e ainda não explicaram direito o que é o jogo, como vai funcionar e etc. Tudo parece abstrato e superficial até o momento. E eu tô curioso mesmo assim. Desde a E3 de 2014. Será que vai virar outra lenda, que nem The Last Guard… err… digo… Remake de Final Fantasy VII? Ahhh, deixa pra lá…

Estou ansioso também pelo Street Fighter V. Parece que terá bastante inovação interessante para a franquia e para o gênero. Sempre legal ver a franquia se reinventando. E essa exclusividade com a Sony (para consoles) ainda vai dar o que falar.

Bem, chega de tagarelar.

E vocês, o que acharam da E3 de 2015?

Gostaram de algo que não está na lista? Odiaram algo que eu gostei? Gostaram do mesmo jogos que eu? Achou que faltou anunciar um Sonic 2D decente novo? Deixem suas impressões nos comentários, o velho Caduco aqui quer saber as opiniões de vocês!

Obrigado a todos pela leitura!

Ah sim, antes que me esqueça: aos que se manifestaram, obrigado pela força no post anterior. Já adianto pra vocês que tem alguns textos em processo de edição e logo aparecem por aqui. Ou seja, o blog continuará firme e forte. Os comentários, e-mails e outras formas de contato de vocês foram sensacionais, tudo isso me animou a não abandonar o navio. Então obrigado mesmo, de coração!

Agora sim, grande abraço e até o próximo post!

Anúncios

Sobre Gamer Caduco

Menino novo, com mais de 30 anos de idade, fanático por games de todas as gerações.
Esse post foi publicado em Assuntos Aleatórios, Eventos e marcado , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

26 respostas para Uma visão Caduca sobre a E3 2015

  1. dcnautamarvete disse:

    Grande Caduco!
    Cara, que mega cobertura da E3, hein? Fantástica.
    Eu nunca tinha acompanhado nenhuma E3. Nesta, pelo menos assisti a conferência da Sony ao vivo. Foi legal porque tinha tradução simultânea (eu sei, devia tomar vergonha na cara e entender inglês, mas…).
    Acabei comprando um Xone nesta geração. Nunca tive 360, então achei ótima a notícia da retrocompatibilidade. Só não entendi a função Early Access, mesmo vendo o vídeo 😛
    Gosto muito da Nintendo. Cada vez que vejo o Wii U, considero uma obra prima, mas essa onda de amiboo não é pra mim. Sempre fico naquela “compro ou não compro”? Ainda não me decidi por dois motivos: 1º New 3ds (ou, pelo menos, o 3dsxl); 2º A Sony vai lançar o PS4 brasileiro e eu sempre tenho a tendência de prestigiar quem investe aqui.
    Apesar dessa dúvida toda, no final das contas, quem eu quero enganar? Nem sobra tempo para jogar os videogames que já tenho. 😦
    Sobre o Vita, acho que a venda dele só vai bombar no Brasil se alguém conseguir desbloqueá-lo e botar emulador de tudo quanto é plataforma.
    Os games da E3 mais esperados e amados de todos parecem ser os remakes ou continuações. Difícil aparecer um “The Last of Us” de novo.
    Gostei muito da aparência desse Xenoblade. Foi o game que mais me impressionou até agora (falta terminar de ver a conferência da Nintendo).
    Jogos como FFVII, Shenmue e até The Last Guardian são meio estranhos para mim, pois seu antecessores espirituais, Ico e Shadow of the Colossus, estão aguardando na fila desde o início de 2012, enquanto os outros dois eu nunca joguei nada das franquias, apesar de reconhecer a importância.
    Minha esperança é que o amigo continue postando, com a maior frequência possível. Acredite, seus artigos são de grande qualidade, pois divertem e informam ao mesmo tempo.
    Valeu, Caduco!

    • Gamer Caduco disse:

      Fala DcnautaMarvete! Tudo na paz?
      Ainda bem que vc disse “Mega cobertura” e não “Super cobertura”, ainda sou fã da SEGA, apesar de tudo! OK, essa foi horrível! kkk
      Sei como se sente em relação a comprar o XOne e vibrar com a retrocompatibilidade com o X360, meu caso do Wii U com o Wii.
      O Game Preview do Xbox será algo similar ao Early Access do Steam. A grosso modo é um serviço onde vc pode comprar um game antes do término do desenvolvimento dele e jogar prévias conforme os desenvolvedores vão liberando, pode fazer algumas sugestões e qualquer outro tipo de feedback para que eles finalizem o jogo. Pra quem tem tempo, é um prato cheio! Não? hehe
      Sobre o Wii U, bem, sou suspeito a falar dele… tenho planejado um post sobre, faz tempo que não escrevo sobre consoles, mas ele tem uma biblioteca hj que é bem bacana pra quem curte jogos na “pegada” do que a Nintendo desenvolve. O que para muitos é um ótimo segundo console, como era o Wii na geração PS3/360/Wii. Mas vc tem que pensar mesmo no que vc pretende jogar, não adianta vc pensar algo tipo “caraca, Mario Kart 8 é fenomenal” e ao mesmo tempo não se imaginar jogando pelo menos um tempo por semana ou algo assim, por estar interessado em outros tipos de jogos que o Wii U não possui ou que não vale a pena jogar nele, mas sim nos rivais. Daí vc tem que pensar bastante. Se pretende ter um New 3DS pra ser o “segundo console” e o “Nintendo em casa”, se é que me entende, as vezes vale mais a pena, viu? Isso, claro, pra quem curte portáteis. Enfim, tudo depende mesmo é do perfil do jogador, mas gosto do seu pensamento de dar prioridade a quem pensa no mercado nacional. Saiba que comprar coisas da Nintendo aqui no Brasil tá um tanto quanto difícil e salgado ultimamente.
      O Vita tá difícil de bombar no mundo todo, essa é a grande verdade. E é um portátil muito bom. Se rodasse emuladores, seria perfeito! rs
      Xenoblade tá fantástico, se curtir o jogo já vai pensando no seu Wii U de Natal, já que só vem lá pra Dezembro!
      Sobre os antecessores do Last Guardian, eu recomendo muito que jogue. Mesmo que eu não seja fã de Ico, eu sei reconhecer a importância dele. E Shadow of the Colossus é algo fora de série, pode jogar sem medo. Acho que após concluir os dois jogos, bem capaz que vc fique no “hype” pro sucessor espiritual dele fácil fácil.
      Shenmue também não conheço e FF7, bem, eu ainda tenho receio de que façam alguma besteira com ele. Mas, se mantiverem a qualidade do original, será um título obrigatório para qualquer fã de jRPG.
      Ufa, desculpe a resposta gigante! haha
      Valeu pelo comentário e pela força, pode deixar que o blog aqui segue firme e forte!
      Obrigado também pelos elogios!
      Abraço

      • dcnautamarvete disse:

        Kkkkkk… Falei “mega” sem qualquer intenção. Gostei da piada.
        Muito boa a resposta gigante. Mais um grande diferencial do Gamer Caduco.
        Como falei, o negócio é jogar o que tenho. É imoral. Tenho uns 20 jogos na fila só de ps3 e Xone, sem falar os do Wii e os inúmeros do ps2. E tempo que é bom, nada.
        Grande abraço, Caduco!

        • Gamer Caduco disse:

          Cara… infelizmente esta é a realidade dos gamers.
          Eu tenho uma lista enorme de diversos consoles que quero encarar e até tenho disponível aqui pra jogar, a lista inclui: Master, Mega, SNES, PSOne, PS2, PS3, Wii e Wii U. É muito jogo, sendo que alguns possuem MUITAS horas de jogatina. E tempo pra jogar tudo isso? Pior é estar na pilha pra comprar console novo. Sim, é imoral. Diria até consumismo. Mas… cara… como não querer com tanta propaganda por aí? kkkkkkk
          Valeu dcnautamarvete!
          Abraço

  2. Luís Fajardo disse:

    Bom review da E3, resumiu de forma divertida a nata do que foi anunciado… Quanto ao FF VII, anos atrás a Square tinha dito a possibilidade de “algo especial” no 20° aniversário do game, mas assim como você, também estava na espera primeiramente de um remake do VI, conheci esta obra há 03 anos atrás, adorei a história e também tendo em vista que os anteriores estavam sendo reeditados em ordem. Shenmue é um game que consegui emular de forma decente em meu PC, mas não curti os controles. Na espera de uma versão com controles atualizados, li a ótima notícia de que sairá uma versão HD dos dois primeiros títulos para Wii U!! Valeu o texto e até a próxima, Caduco!!

    • Gamer Caduco disse:

      Fala Luís, tudo beleza?
      Cara, já começo agradecendo pelos elogios!
      Confesso que estava por fora dessa notícia da Square-Enix ter dito sobre possibilidade de algo especial no 20° aniversário de FF7. Interessante, por isso algumas pessoas já estavam esperando por isso. Bacana saber!
      Uma pena mesmo que esquecem o tempo todo do VI. Já existe remake bacana do III, do IV, fora versões melhores e antigas de quase todos os jogos que saíram ao longo dos anos. Mas… cadê o remake mega blaster plus do VI? Queremos Kefka em 3D! \o/
      Sério que vão lançar os dois primeiros Shenmue pra Wii U? Aí sim! Que ótima notícia, tomara que se concretize mesmo! E que não venha por preços exorbitantes e tenham controles melhorados, sei bem como é se frustrar com isso. Tive esse problema de controles com um jogo bem clássico e adorado por muitos, o Resident Evil 4. Tentei jogar e não consegui justamente por conta dos controles. Difícil explicar. Enfim…
      Valeu também pelas informações extras e pelo comentário!
      Abraço

  3. Felps disse:

    Caraca Cadu, que post gigante! huahuahuahauuh.

    Faz mili anos que não comento aqui, então vou falar um pouco sobre o que me interessou, seguindo a ordem que vc foi postando:

    1. Unravel – Bonito, mas não tenho mais paciência pra jogos assim. Não com a fila de jogos que tenho que jogar.

    2. Retrocompatibilidade – MS mandou bem. Seria legal se a sony fizesse o esquema de cross buy.

    3. Rare Replay – show de bola.

    4. Elite controller – Muito bacana, mas firulento demais pra mim, não sou tão hardocre assim, kkkk

    5. Early access – se é o que eu entendi, eu não acho muito legal pq não sou de ficar repetindo jogos, jogar um game antes dele sair, pra jogar depois quando ele estiver completo é algo que eu não faria (por falta de tempo).

    6. DOOM – parece muito bacana e bem rápido, deu vontade de jogar.

    7. For Honor – puta merdaaaaaa, eu um gameplay e parece ser animal. O esquema dos controles, das batalhas. Sem falar que o jogo é mto bonito.

    8. SFV – Eu gosto mesmo é do bá….hein? !!! Mortal KomBAT …….ok, péssima piada =(

    Cadu, vc esqueceu de falar do seus favoritos, os Tom Clancy… kkkkk! Acho que The Division vai ser muito bom! Achei o trailer muito badass!
    Sem falar no Assassino Cleber, que eu joguei somente o 1 e o 2(2.1, 2.2. e 2.3) e perdi a avontade de jogar o resto, mas esse novo parece que foi um pouco melhorado com os controles e movimentações em um estilo mais atual.

    • Gamer Caduco disse:

      Pô, Felps, como assim gigante? Vc sabe que eu não sei escrever pouco! Foi suave esse texto! uhauhahua
      Caso a caso:
      1. Que é isso, esse tipo de jogo é bom pra relaxar. Imagina se ficar de graça na Plus? Duvido que não jogue! hehe
      2. Tomara que a Sony faça, mas… eu duvido viu?
      3. Sim! \o/
      4. Nem eu… eu acho!
      5. Sim, exato! Meu problema também. Mas pra quem tem tempo disponível e gosta de ficar resmungando, é um puta negócio! uhauha
      6. Não vejo a hora de sair!
      7. Totalmente! Só não sei o quão divertido vai ser ficar se batendo contra outros jogadores, mas vamos ver.
      8. Tá aprendendo bem as minhas piadas ÓTEMAS!
      Bonus: Tom Clancy? Afe….
      Bonus 2: AC vai precisar fazer um esforço pra me convencer de voltar a jogar, infelizmente. Pelo menos vc jogou os melhores! hehehe
      Valeu mano!

  4. Carlos Henrique ribeiro disse:

    Ótimo post Cadu. Muito louco esse trailer do Persona 5. Gostei muito dos RPGs anunciados também, e agora estou quase convencido a comprar um 3ds. Maldita hora que optei pelo Vita :(.
    Jogue Fire Emblem, é muito bom.

    • Gamer Caduco disse:

      Fala Carlão!
      Que é isso, mano! Não fala assim do Vita, se não fosse por ele vc não teria jogado Persona 4… e eu também não, consequentemente! Bendita hora que vc optou por ele e maldita hora que vc colocou na sua cabeça que por ter o Vita vc não precisaria do 3DS, isso sim! hehe
      Com certeza tem saído bastante coisa legal do gênero pro consolinho da Nintendo. Eu inclusive recomendo bastante o Mario & Luigi e o Paper Mario, que mesmo tendo menos profundidade, são divertidos a beça. Bem, vc sabe, conheceu alguma coisa no DS, não?
      Cacildis, que saia logo P5!
      Preciso é jogar o 3 também! haha
      Valeu Carlão!

  5. Tchulanguero disse:

    Unravel (EA)

    Achei bem legal também, e fiquei surpreso de um jogo desse ter aparecido justamente na coletiva da EA.

    Super Mario Maker (Nintendo)

    Pode comprar Caduco, no dia do lançamento vai surgir um novo estúdio revolucionário especializado em criar fases de Super Mario Maker no mercado: o Vão Criar! 😛

    The Last Guardian (Sony)

    Você é um chato por não gostar de ICO!

    Final Fantasy VII Remake (Square-Enix / Sony, por enquanto)

    Só empolgo com esse jogo se resolverem o maior dos problemas dele: o quão chato ele é para ficar subindo de nível. Já falei né, larguei ele por duas vezes com um save no Sephiroth por que não tinha mais saco de ficar subindo de nível para conseguir matar ele. E não, nunca tive saco para fazer Chocobo Dourado e afins.

    Shenmue III (Yu Suzuki?)

    Cara, eu joguei Shenmue I e II no meu Dreamcast, amo os dois jogos, mas tem uma coisa que eu sempre digo: o que é Shenmue III nos dias de hoje? Eu falo, mecanicamente? Porque ele introduziu um monte de conceitos na época que hoje já são normais e muito mais bem feitos, e alguns até mesmo odiados, como os QTEs. Então fica naquela, precisa mudar bastante para não ser velho, mas se mudar demais, os fãs das antigas não vão gostar. Fora que… porra, que Kickstarter mais sem noção hein? Não precisava disso. No mais, tenho interesse mais para saber o que acontece após aquele final fdp de Shenmue II.

    Yoshi’s Wooly World (Nintendo)

    Eu queria resitir e não comprar esse jogo… mas é o Yoshi de lã cara, não tem como resistir a um Yoshi de lã.

    Fire Emblem Shin Megami Tensei (Nintendo / Atlus)

    Também não manjo nada das duas séries, ele tem uma pegada extremamente anime, com músicas grudentas, minas de peitos balançantes… mas eu curti bastante a estética do jogo, e ele parece ser um JRPG bem da hora.

    Xenoblade Chronicles X (Nintendo / Monolith)

    Não empolguei com ele na E3 só porque eu já cheguei naquele ponto em que eu vi o que tinha que ver, agora só quer é jogar! E cara, se ele for tudo o que prometeram mesmo, melhor nem começar a jogar o do Wii, vai ser jogo para meses! Hwa hwa hwa

    Horizon Zero Dawn (Sony)

    Esse jogo parece ter ficado muito foda, eu curti pra kct!

    Cuphead (Microsoft)

    Outra surpresa que não esperava ter aparecido na conferência da Microsoft.

    No Man’s Sky

    Cara, perdi muito o tesão com esse jogo lá. Sei lá, quando lançarem eu vejo dikolé.

    Street Fighter V

    É SF nova, então eu vou gostar, ainda mais do que já ouvi das mudanças na jogabilidade que parecem ter deixado ele bem da hora.

    E como assim, não falou de Star Fox Zero e Zelda Triforce Heroes? Que raio de Nintendista é você? To vendo que vai ser tão fajuto quanto quando era Seguista. Lembra, quando você ainda gostava de Sonic? 😛

    Aliás, é oficial: Fallout 4 me fez decidir que ano que vem compro um PS4.

    Há, queria um comentário e ganhou outro resumo da E3, hwa hwa hwa… abraço!

    • Gamer Caduco disse:

      Tchulanguero “caducando” no Gamer Caduco… OK, já fiz o meu cococococombo breaker e devolvi o combo quintuplicado lá no VJ! O que me faz recomendar algo: Vão Ler! hauuhauhahua
      Vamos lá, por partes (Vão Particionar!):
      – Super Vão Criar!: demorou, quero fases cabeludas… e quando digo isso, pare de pensar em estágios em forma de genitálias, seu impuro! Quero desafios pra te xingar enquanto tento passar! huahuahua! Vão Passar!
      – The Last Ico: não dá, não consico gostar de Igo… foi mal. Não se pode gostar de tudo! Vão Gostar!
      – FF7: cara… Chocobo dourado não vai rolar… mesmo… Vão Mudar!
      – Shenmue III: então, aí que tá, esse é meu medo. Ele foi inovador pra época, mas hj em dia está cheio de coisa que progrediu mecanicamente e, se lançarem igual a estes jogos, vai ser só mais um igual a muitos outros e Vão Criticar! dizendo que o jogo não é nada de mais. Ele vai ter que ser foda em enredo ou qualquer coisa assim ou vai ficar esse maldito estigma. Será que devo fugir dos dois primeiros pra não ficar neurótico com o final? Não dê spoilers! Não Vão Spoilar!
      – Yoshi de lã: “… é o Yoshi de lã cara, não tem como resistir a um Yoshi de lã.”. Nada mais a acrescentar. Vão Jogar!… quando sair!
      – Xenoblade + X: putz eu tô lascado mesmo, mas ainda desejo profundamente que saia a versão digital do jogo de Wii no eShop. E antes de Agosto, ou não vai dar tempo de terminar antes do X. Vão Lançar! (espero)
      – Star Fox: putz eu sempre detestei a franquia, sério. Vão Xingar!-me! ahuhuahua
      – Zelda: calma, eu ainda Vou Jogar! o WWHD esse ano, sério! E antes de Agosto. Ahhh maldita fila interminável.
      – PS4 / Fallout: Vão Comprar? Sério? Vc? PS4? Eita peiga, é o apocalipse! Vão Arrebatar!
      E eu respondi o outro resumo com um resumo do resumo… e errei as três vezes que escrevi resumo (quatro). Vão Errar! huhuahua
      Valeu Tchula!
      Abraço

      • Tchulanguero disse:

        Detesto Combo Breaker, pra mim é o que fode KI, rzs. E nem me fale cara, não li nada ainda, hwa hwa hwa.

        – Super Vão Criar!: uma coisa não impede a outra, hwa hwa hwa 😛
        – The Last Ico: Chato!
        – Shenmue III: Você viu que se alcançarem a meta de 10mi, vão colocar elementos de mundo aberto nele? Pois é, to achando o desenrolar do desenvolvimento desse jogo muito zoado pro meu gosto, estou ficando muito com o pé atrás. E relaxa, não vou contar que no final o Sonic aparece, pedindo ajuda para conseguir as Esmeraldas do Caos 😛
        – Xenoblade + X: eu acho difícil, por conta da versão do 3DS. Mas pelo que vi até agora, os jogos não tem uma ligação, pelo menos não direta, então nada impede de você jogar o do Wii depois 😉
        – Star Fox: Ico, Star Fox… sei não Caduco, essa sua lista tá ficando grande demais…
        – Zelda: Vão Jogar! [merchan barato]
        – PS4 / Fallout: Putz, eu amo Fallout cara, joguei o 3 até dizer chega no PC… repito, no PC! E poxa, nem é tão bizarro assim, só o PS3 que eu não tenho 😛

        • Gamer Caduco disse:

          O que ainda dá pra responder… kkk
          – Combo breaker é um saco, combo ininterrupto também. Combo é um sao e ponto final! uhahua
          – Shenmue 3 esfriou… não vai nem atingir a meta pt-br pelo visto.
          – Sei quanto ao “só o PS3”. Quero ver se vc terá um no futuro! hehehe. Quanto ao Fallout, eu experimentaria, mas tenho fugido de coisas de mundo muito aberto ultimamente, tá faltando tempo até pra fechar o Super Luigi Galaxy!

  6. Giovani disse:

    Faz tempo que E3 não gera mais expectativa em mim,mas confesso que o caso do Shenmue 3 mais os jogos SF V e este Yoshi me deram uma recarga de animação em relação a Next Gen.Coisas assim meio que fora do protocolo (Shenmue) são importantes pra trazer aquele gostinho de videogame que a gente tinha lá em 1999/2000,quando as notícias ainda não estavam tão “contaminadas” pela internet e muita coisa pegava de surpresa.
    Ah! E claro Super Mario Maker promete MUITO!

    Falando de Hardware é bem simples:
    Hololens pode ser interessante mas não me animei muito com isso ainda.
    O controle novo do XBOX,pelo menos no trailer,ficou lindo e diria tbm poderoso!
    VR e suas tecnologias(ENEM?) com óculos pendurado na cabeça eu acho uma aberração.Nunca vai colar no nível de um controle,e substituí-lo,jamais!No máximo será um bom “Kinect Style”.
    No mais é isso Cadu e continue postando,nada de largar Navio não,quando aparecer algum Iceberg pela frente,é só chamar reforço que a gente passa por cima. 🙂

    • Gamer Caduco disse:

      Fala Giovani, blz?
      Então cara, eu tava nessa também, sabia? Há semanas da E3 já estava trocando ideia com algumas pessoas e eu só resmungava, não via motivo pra me animar pra E3 deste ano. E acabei me surpreendendo, ao contrário de quem tava com fogo na cueca (pra não dizer outra coisa) e acabou se decepcionando com coisas que ao meu ver parece um certo exagero. Enfim…
      Concordo plenamente com o que vc falou sobre o gostinho de surpresa em E3 quanto ao Shenmue, o que me matou esse ano é que duas semanas antes já tinha uma dúzia de notícias com rumores de que seria apresentado ele, FF7 e outras coisas que de fato apareceram. Isso que estraga. Pra bem e pra mal. Gera expectativa e não é cumprida ou se confirma e nego fala “já sabia” com tom de deboche. Essas coisas me entristecem um bocado. Pelo menos tivemos umas que eu pelo menos não sabia, tipo o Mario & Luigi: Paper Jam de 3DS. É bem o tipo de jogo que me agrada e eu definitivamente não tinha ideia que seria lançado. Baita surpresa.
      Super Mario Maker promete muito mesmo, se for bem usado pela comunidade, não tem como dar errado! Não entendo como tem quem não enxergue o potencial deste jogo/ferramenta.
      Hololens não te empolgou? Pq? Não vê grande utilidade também no momento? Pq este é mais ou menos o meu ponto de vista… rs
      Os VR eu sou um pouco cético pelo problema de Motion Sickness/Cinetose, mas eu gostei bastante quando testei na BGS do ano retrasado. Chegou a testar alguma vez? De repente mudaria um pouco a sua impressão. Agora, de fato eu sou “tradicionalista” e prefiro o bom e velho sofá+tv+controle, nunca que realidade virtual vai substituir isso, pelo menos pra mim. É isso que quis dizer com “Kinect Style”, tipo, será somente um complemento que deve decair de uso com o tempo? Pq aí eu concordo plenamente! rs
      Opa, próximo iceberg eu derreto com lança-chamas, mas se precisar de ajuda eu já recorro, pode deixar!
      Valeu Giovani!
      Abraço

      • Giovani disse:

        Sobre a E3 deste ano eu nem tava ligado em informações,ignorei mesmo os canais de notícias e fiquei consumindo mais conteúdo retrô do youtube.De certa forma deu certo porque quando assisti via streaming o evento algumas coisas me surpreenderam,foi legal.
        Putz,eu esqueci do Paper Jam,gostei muito tbm,bem lembrado.

        Pois é eu tenho a mente aberta ao Hololens mas vou esperar mais pra ver no que isso vai dar,pode ser uma boa mesmo,vamos esperar.Já por outro lado o VR eu não testei,mas minha rejeição está apoiada no conceito básico como qualquer pessoa joga videogame,isto é,olhando para uma tela e com um controle nas mãos,e isso funciona a 45 anos de história dos videogames,por isso eu sei que não vai colar porque o VR peca já no seu conceito.Mas acredito que ele pode ter um espaço como um acessório secundário,sem problemas.Acredite Caduco,a sensação de enjoo é o menor dos problemas que o pessoal do VR vai enfrentar.Inclusive parece que já conseguiram melhorar muito neste quesito.

        • Gamer Caduco disse:

          Pois é, eu continuo achando VR uma tecnologia legal e só. Tipo… será legal ver a evolução como tecnologia… mas eu também não vejo isso substituindo tela.
          Pra videogames, fica aquela impressão de moda passageira. Mas pra outras áreas será bem bacana de ver.
          Vamos acompanhar…
          Importante é mantermos nossas tradições vivas sempre!

  7. Cherry Pie disse:

    Aew! Lorde Cadu está de volta e mais vivo do que nunca! Uhuuulll! Cara, vou confessar: não manjo nada dessa E3 aí. Tudo o que sei é que é uma feira de tecnologia… (perae… O termo é esse mesmo? Feira? Bom, é que pra mim, pra ser feira de vdd, tem que rolar um pastel e um caldo de cana no final…kkkkkkk)
    Mas, piadas a parte, eu curti demais muitos dos lançamentos, especialmente os da Nintendo (pois é… Seeempre falta um Sonic novo, não é mesmo? Kk. Enquanto isso, o Mario deita e rola… Mas fazer o que, né?) amei o visu de lã daquele game do yoshi… Me lembra meu não terminado kirby epic yarn (que descanse em paz no meu pobre finado HD 😥 ). Bom, eu nunca joguei “meu pequeno Planetão”, então, não sei opinar quanto a comparações… Mas sempre tem muita gente aí que só vê aparência… Gente, tem muito jogo aí dito infantil… Mas aí eu falo: bota o controle na mão desses muleque xarope de hj… Não passa da primeira fase! Concordo plenamente! Não é só fps que é “jogo foda” não… Concordo que gosto é gosto, mas a meu ver, jogar esses títulos mais “fofinhos” não é nenhum demérito! Ao contrário! Uma mente que não se abre a novos horizontes perece precocemente… E sim, qual é o problema com um game mais “no stress”, não é mesmo? Agora, uma observação… Irmão… Tu curte mesmo os paranauê dos RPG da vida, hein??? Kkk. É título a dar com o pau! Boa sorte nas suas empreitadas gamisticas… Hehe. Bem, quer dizer então que vc tbm aceita alguns títulos aí de presente né? Bem, se vc for um bom menino, se comportar direitinho, fizer a lição de casa, não fizer malcriaçao e comer todas as suas verduras, acho que da pra vc ganhar um presente de Natal… (bom, não sei de que ano… Mas em algum talvez vc ganhe…hahahahaha) desculpe, não resisti…kkk
    Nossa, eu amei tbm o game das xícaras! Adoro esse estilo de “old cartoon”! Sempre gostei… os personagens lembram muito o primeiro traço das animações Disney… E a sereia me recordou a Betty Boop…kkk. Pena que dificilmente terei cacife pra topar comprar um x-one… Bom, quem sabe um dia…
    Mas é isso aí… É assim que eu gosto de ver meu caro! Mais um texto excelente pra coleção! Meus mais sinceros parabéns e, é claro, os mais profundos agradecimentos por não ter deixado o barco afundar… Estou orgulhosa e feliz por isso… E que venham mais e mais textos! Amém! “O que não mata fortalece!!!!” #forçasempre! Aguardo o próximo post!
    Um grande abraço e até lá! 😉

    • Gamer Caduco disse:

      Olha, não há nada melhor que pastel de feira… tá, existem coisas que são, mas poucas. Se deixar o pastel pro fim da feira ele esfria, melhor deixar pro começo!
      Mas enfim, é legal acompanhar a E3 e todas as novidades que as empresas preparam ou mesmo as informações adicionais que são reveladas, mesmo quando poucas. É um dos momentos mais bacanas do ano. Pena que sempre ocorre durante expedientes de pessoas normais e eu não consigo acompanhar bem as conferências. Mas fico de olho nas notícias, sempre bom saber o que teremos pela frente nos próximos anos… pra esperar uns anos a mais pra poder curtir quando não são mais lançamentos! huahuauha
      Essa de botar o controle na mão de moleque e vê-lo falhar no jogo aconteceu esta semana, mas prefiro nem me aprofundar pra não me chamarem de velho chato. Pq eu nem estou tão velho assim. Já chato…
      Sim, eu sou meio fanático por RPGs, especialmente orientais. Pena que alguns estão se ocidentalizando, mas é a vida.
      Eu também não terei cacife pro Xone, mas vou tentar alugar algum amigo que tenha o console pra ver o Cuphead algum dia, parece que será um baita jogo. Bem frenético, do jeito que eu gosto! hehehe
      Obrigado pelos elogios e por mais um excelente comentário, pode ter certeza que o negócio aqui vai no ritmo total agora. 😀

      • Cherry Pie disse:

        hmmmm, não sei não… se já chegar na feira e partir pra barraquinha do pastel, periga da grana que era pra fazer a feira toda ficar só lá… kkk. Daí já viu, né? O pau come em casa…rsrsrsrsrs
        Já curti bem mais RPG… não que eu não curta mais. Ainda é um gênero que eu amo de paixão. O problema é que ando meio preguiçosa de uns tempos pra cá, e infelizmente tenho deixado muitas campanhas inacabadas… (Kingdom Hearts, Phantasy Star II e IV – sorry III, mas infelizmente meu santo não bateu contigo..hehe – e até mesmo Persona 4, que eu tive tanto trabalho pra achar – fala se isso não é um puta pecado gamístico? É, eu sei…:'( )Falta tempo e às vezes saco pra encarar… (bom, tecnicamente eu já não tenho saco desde que nasci, mas isso aí é oooutra história…kkkkkkk) Na verdade, por increça que parível, eu não consigo me manter jogando RPG muito tempo sozinha. Desde que minha amiga foi embora, minhas campanhas ficaram pela metade ou então foi ela que acabou completando os jogos. Sei lá. Acho que ter alguém pra jogar junto me dá um gás pelo fato de eu ter um compromisso com aquela pessoa. É um “quê” a mais pra mim. Não que eu não curta jogar eu comigo mesma de vez em quando. Mas às vezes, levar essa jornada solitária me desmotiva um pouco, ainda mais no inverno, que me dá muito sono. Acho que se eu fosse uma “Amazona do Zodíaco”, eu seria a da constelação da Ursa Maior, porque no inverno eu não durmo… Eu hiberno…kkkkkkk
        Só uma pergunta: RPGs orientais seria com trejeitos orientais (que veste kimono, come sushi e toma saquê) ou com os diálogos escritos em João Ponêis??? E como assim se ocidentalizando? Estão trocando o Oniguiri pelo Big Mac assim como fizeram no Alex Kidd in the Miracle World quando mudaram os sprites do mapa da versão japironga pra estadounidense? Desculpe, mas é que fiquei um pouco confusa com a sua afirmação…rsrsrs
        X-D

        • Gamer Caduco disse:

          Eu tentei encarar o PS III e não me empolguei também, mas a dureza é eu ter deixado passar o IV. O II já falei, vc terá de ter uma paciência inesgotável com o tanto de derrotas que terá em batalhas que pareciam simples… rs
          Esse negócio de vc gostar de jogar com alguém tem a ver com comentar história? Pq o Persona 4 foi assim comigo. Não que eu jogasse com alguém do lado, mas joguei em paralelo com um amigo e eu sempre tava discutindo a história com ele, o que fazia me empolgar ainda mais. No fim até ultrapassei ele! huahuahuauha
          Se for o caso e te ajudar a jogar, vai me mandando mails com suas empolgações de jogatinas e o que quiser discutir sobre a história que eu acho ótimo relembrar, será uma experiência bacana. Mas, de novo, se realmente for o caso né? Agora se a diversão é jogar em companhia de alguém pra que a pessoa termine o jogo, aí cãoplica! hehe
          Quanto à ocidentalização, bem, o lance do Alex Kidd foi bem lembrado e me dá coisas lembrar disso… mas eu queria dizer mais em questão da jogabilidade. Os jRPGs tradicionais costumam ser um pouco mais “lineares”, vc segue a história proposta e pode fazer algumas side quests. Enquanto nos ocidentais, tipo um Skyrim da vida, vc tem liberdade pra fazer o que quiser a hora que quiser do jeito que quiser e etc. Com as devidas limitações. Mas costumam ser jogos com muitas opções de diálogo, coisas que se resolve na porrada ou na conversa, mundo totalmente aberto, essas coisas. Muitas coisas que são bacanas e outras nem tanto ao meu ver. Fora o tipo da história mesmo, os jogos orientais sempre tem aquele jeitão oriental mesmo, sabe? Jeitão que por acaso eu adoro! Mais do que as brucutuzadas americanas. Mas assim, a grosso modo, é mais ou menos isso que quis dizer. Explicar mais que isso tornaria meu comentário no novíssimo testamento da Bíblia… kkkk
          Acho que é isso! Consegui esclarecer ou piorei as coisas? rs

          • Cherry Pie disse:

            Então, na verdade, confesso que é mais pela companhia mesmo… Sinto saudades da “noite do pijama-gamer”, entende? Tinhamos um compromisso e jogávamos juntas toda (ou quase toda) sexta-feira… Eu saía do trampo e ia dormir na casa dela. Lá, vestíamos nossos “uniformes de guerra”, jogávamos e tricotávamos até as tantas da madrugada. Pior é que eu sempre ficava com sono primeiro (que novidade…kkk), o que não é nada bom, já que dormir não ganha XP nem “upa” skill, mas fazer o que né? Infelizmente não posso lutar contra minha natureza…kkkkkkk. Na realidade, eu não curtia muito a ideia dela terminar tudo sozinha, mas nem falo nada a respeito disso. Sei como é ficar empolgado e querer terminar logo… Infelizmente já não conto mais com tanto tempo livre/disposição pra isso. Por isso, sinto que ela sempre acaba estando um passo a minha frente. Percebo isso quando ainda comseguimos um tempo pra jogar juntas… Noto que as habilidades dela andam bem mais desenvolvidas que as minhas, mas faz parte. A paixão continua, mas sem tempo pra jogar e praticar, é natural que a habilidade e a paciência enferrujem um pouco. Sem falar que agora estamos pegando pra fechar o DKC Returns do Wii (sim, eu dei um RUAIS FÓRNO GREIIISSS nele! Depois mando um mail contando os detalhes, tudo bem?), o que nos afastou mais ainda dos RPGs… Mas agradeço a oferta e vou aceitar sim, com certeza! Sem dúvidas já é um incentivo e tanto pra mim! Assim que eu começar a “deitar o cabelo” no Persona, pode deixar que sempre terá um mail aí na caixa!!! 😉
            Ah, antes que me esqueça, obrigada pela explicação! Você disse tudo! Com certeza! Também não curti muito essa nova onda de RPGs de mundo aberto… sei lá… pra mim acaba perdendo um pouco o charme do RPG que é justamente ir explorando o mundo aos poucos… Bem, só digo uma coisa: Se isso é jRPG, então também curto pra caramba!!! É nóis!!!
            Cara, sua resposta me inspirou! Quase fui lá no guarda roupa pegar meu vestido oriental pra poder me arrumar e comentar a caráter (kkk)! Também sou muito fã de coisas orientais, tanto pra jogos quanto pra todo o resto!!! Sempre gostei. Minha mãe vivia dizendo que eu tinha que me casar com um japonês, por gostar tanto dessas coisas. Apesar disso, nunca rolou. No fim, sempre acabei tendo uma veia de “Princesa Isabel” nessa história… Meu ex-noivo, por exemplo, passava das “seis da tarde”, se é que me entende? Hahaha… mas enfim… etnia está além do tom da pele e dos olhinhos puxados! É assim que eu penso… hehe
            Quanto à ocidentalização, realmente é um caso complicado as vezes. Veja pelos próprios japoneses: no Japão, eles fazem carros, computadores, videogames e robôs… daí vem pro Brasil e passam a plantar alface e abrem pastelarias… kkkkk (desculpe, ando meio com desejo de pastel ultimamente…). Apesar de que, confesso que a alface do japonês da feira e o pastel aqui são os melhores! Não tem jeito! Com o jeitinho deles, eles sempre arrumam uma maneira de continuar fazendo tudo bem feito, não importa onde!!!
            Bom, vou ficando por aqui, senão quem vai acabar fazendo a releitura do novo testamento dos RPGs sou eu… kkk
            Um grande abraço e até a próxima!!!
            @-}–

            • Gamer Caduco disse:

              O seu comentário me deu fome… agora quero pastel… droga!
              Ainda bem que fazem pastel aqui no HUE, imagina se fizessem robôs que trabalham no lugar das pessoas nesse país? Ng mais ia fazer nada, ia ser cerveja e churrasco 24/7 (eu me incluo nessa)! huauhahuahuauha
              Mas legal que ressuscitou o Wii, isso sim é uma grande notícia! Agora jogue Super Mario Galaxy! kkkkkkkk
              E dureza lembrar das histórias passadas de uma forma como se sentisse que não voltam mais. Resumindo: a maldita e bendita nostalgia! Mas pelo menos vc pode guardar as memórias com carinho e, vez ou outra, quem sabe repetir a dose da noite do pijama? A vida dificulta, mas nós jogadores sempre damos um jeito de reviver as coisas, né! hehe
              Valeu Cherry!

  8. kanonclint disse:

    Saudações a todos.

    Meu hype em relação a E3 era baixo devo confessar. Mas a vantagem disso é que qualquer coisa boa acaba “superando” em muito as expectativas. E não que eu tenha me decepcionado, muito pelo contrario, foi uma E3 como a muito não se via.

    Não gosto muito da historia de escolher um “vencedor” da E3 , mas se fosse pra escolher, esse podio seria assim:

    1 Microsoft
    2 Sony
    3 Nintendo

    Sem duvidas a Microsoft foi a melhor, o Xone hoje é um console mais equilibrado em termos de exclusivos e Thirds. O PS4 ainda esta devendo um pouco nos exclusivos.
    A Sony fez muitas promessas, A Microsoft trouxe coisas mais breves e concretas. A retrocompatibilidade a meu ver é uma manobra de tentar convencer ainda mais aqueles que ainda não partiram para geração atual a faze-lo, impulsionando assim as vendas do Xone.

    Em relação a Nintendo, tenho muito a agradecer à ela.
    Se tinha uma coisa que eu esperava mesmo nesta E3, eram de novas informações e detalhes acerca do novo “Zelda Skyrim” . Cara voce sabe que eu não morro de amores pela Nintendo, mas a demonstração daquele Zelda ano passado mexeu comigo.Achei aquilo simplismente incrivel, e deste então esse jogo seria o voto de minerva para aquisição do WiiU. Porem, ela não mostrou nada do jogo.
    Sinceramente, a Nintendo já esta em outra. E pra mim ficou muito claro que esse Zelda vai sair mesmo é pro tal Nx, o nominho horrivel. Tão horrivel quanto aquele Metroid, meu Deus.
    Conclusão…mais um console que a Nintendo já ta matando precocemente. já esse filme antes em outra casa, e o fim não foi nada bom. Iria comprar o Wiiu, já sabendo que aqui em casa ele seria meu terceiro console, atrás do PS4, e PS3 ( que ainda tenho uma porrada de jogos ). Mas depois dessa conferencia definitivamente desisti do console.

    Segue os meus games favoritos em ordem de preferência:

    -Horizon Zero Dawn
    -Final Fantasy 7 Remake
    -Doom
    -Dark Souls 3
    -Shenmue 3
    -For Honor
    -Rise of Tom Rider
    -Gears of War 4
    -Scalebound

    • Gamer Caduco disse:

      Fala Kanon, beleza?
      Cara, eu gostei do seu pódio! Eu tenho que concordar que a Microsoft se sobressaiu este ano, mesmo que tenha ocorrido um grande equilíbrio entre ela e a Sony. A Nintendo ficou um pouco pra trás, mas algumas opções que ela mostrou me agradaram, além do fato de estarem muito mais próximas do lançamento do que as apresentadas pelas rivais (especialmente a Sony).
      Sobre o “Zeldyrim”, eles alegaram que tinham vídeo e resolveram não mostrar. A impressão que tenho é que não querem queimar o Super Mario Maker, pq um lançamento de Zelda nas proporções que prometeram ano passado, ofuscaria qualquer outro lançamento da empresa. Convenhamos, né? E vc sabe que eu não morro de amores pela franquia.
      NX é nome provisório, não esquenta a cabeça que ainda pode piorar muito. Afinal, Wii e Wii U são nomes tão ruins quanto ou até piores… kkkkkkk
      Ainda vou fazer um post sobre o Wii U pra ver se ajuda vc a decidir se um dia vai ou não adquirir um, a gente sabe que a realidade aqui no Brasil não é das melhores pra ter uma porrada de consoles em casa.
      Ah sim, a sua lista de preferência dos games é muito boa, a minha estaria mais para Paper Jam, Doom, FF7 Remake, Xenoblade Chronicles X, Horizon, Cuphead, The Last Guardian, Super Mario Maker, South Park e Shenmue. Só que aí eu estaria desprezando algo que esqueci completamente de colocar na lista e vc lembrou bem: Dark Souls 3.
      Saiba que eu só não comecei o primeiro jogo da série pq não achei por um preço camarada! hauhuaahuahua! Mas pretendo encarar ainda em 2015, pra ano que vem jogar o II, depois o Bloodborne e em seguida o III.
      Aliás… o Bloodborne vc chegou a jogar?
      Valeu Kanon!

Deixe seu comentário sobre este post!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s