Desafio Mega Man II – Parte 1

01-Megaman-2_-_Title-Screen

Vejam só o que está de volta: o Desafio Mega Man! Prometi, esqueci, enrolei, tentei e não entreguei. Com um atraso enorme volto com mais um episódio do desafio, desta vez encarando aquele que é considerado por muitos o melhor título da franquia: Mega Man II.

Eu tinha prometido a mim mesmo que terminaria um jogo por ano, mas sabem quando foi a última vez que eu postei alguma coisa da seção? Começo de Setembro de 2013. Pois é, praticamente dois anos e meio sem publicar nada.

Mas eu tenho que confessar uma coisa: esta não foi a primeira vez que eu joguei Mega Man II. Primeiro eu tinha jogado na casa do meu amigo que me desafiou, junto com algumas pessoas. Sabem o que eu lembro desse dia? Quase nada! Porque foi mais ou menos na época em que postei o último texto (sobre Mega Man IV).

Depois acabei pegando a versão de PSOne do jogo e instalado tanto no PS3 quanto no PS Vita, passei um tempo jogando no portátil lá pelo segundo semestre do ano passado e consegui derrotar dois ou três robôs, sempre repetindo a ordem por não saber salvar naquele monte de menu em japonês e por sempre ter preguiça de procurar como fazia isso. A repetição me fez aprender algumas coisas, vou destrinchando ao longo dos posts.

Para os que não conhecem ou não se lembram da seção, o Desafio Mega Man não é um review, mas sim uma espécie de diário de bordo de como foi encarar o jogo de cabo a rabo, inclusive mencionando as patetadas que faço ao longo da jogatina.

Vale mencionar também que as imagens destes posts (pelo menos deste Mega Man II) são fotos que fui tirando ao longo da jogatina, com meu celular com dead pixels. Então não estranhem a qualidade, faz parte do show.

Resolvi voltar ao padrão do primeiro jogo do Desafio, ou seja, vou postar o desafio quebrando em partes.

Nesta primeira parte vem toda esta introdução, mais alguns detalhes que quero colocar antes de escrever sobre cada fase e chefe e praticamente o que consegui fazer no primeiro dia de jogatina oficial.

O primeiro dos pontos que quero mencionar antes de começar é a infame escolha de dificuldade na tela de título. No dia em que encarei o jogo em galera, me explicaram qual a diferença entre Normal e Hard. Para quem não conhece, Hard é basicamente a dificuldade padrão de qualquer Mega Man, onde o tiro com a Buster não dá tanto dano nos robôs inimigos. Enquanto o Normal tira bastante vida. Obviamente que escolhi o Hard, já me considero um jogador acima do médio para a franquia e gosto de um bom desafio.

Bom dizer que eu joguei a versão do NES mesmo em um emulador de Wii. Usando o Wiimote “deitado”. Isso também deu uma certa diferença, só que pra melhor. Nada contra o DualShock 2 que usava antes, eu só acho que o Wiimote para jogos de NES funciona muito bem.

Por falar em controles, outro ponto que quero mencionar é a jogabilidade deste jogo. Depois de encarar o III e o IV, senti um bocado a diferença ao voltar para este ponto da série. Neles, a física recebeu um tratamento bacana para que o personagem não dê uma leve escorregada ao largarmos o direcional, sem falar que foram incluídos o escorregão e o tiro carregado. A ausência de tudo isso muda um bocado as coisas, mas em pouco tempo eu já me senti adaptado. Até porque eu já tinha sido alertado dessas diferenças todas, então não perdi tempo resmungando e fui pra cima do jogo.

Os treinos também ajudaram a pegar o jeito. Só que é engraçado como em mais de meio ano sem encarar o título me fez esquecer tudo que já tinha jogado. Logo na tela de seleção de fases eu só me lembrava de um que havia vencido, o Crash Man. Então por que não começar por ele?

Caso queiram acompanhar as outras partes do Desafio Mega Man II, seguem os links:

Parte 1 (você está aqui)
Parte 2
Parte 3
Parte 4

Prontos ou não, lá vou eu para as fases e chefes!

Crash Man Stage

Já me lembrava de tudo que havia passado durante os treinos no Vita. Consigo passar a fase sem morrer, mas não consigo passar sem tomar dano. Sério, eu não sei como fazer para passar pelas escadas sem tomar dano.

Eu até desceria pra pegar o "E", mas não posso usar e já levei muito dano aqui. Que vergonhoso...

Eu até desceria pra pegar o “E”, mas não posso usar e já levei muito dano aqui. Que vergonhoso…

Para os que não conhecem, neste ponto, a cada tela passada em subida constante, passa um diacho de um passarinho robótico chato que solta um ovo próximo do personagem. Quando o ovo toca a superfície, ele quebra e inúmeros pequenos inimigos saem voando aleatoriamente.

Em todos os momentos eu levei dano disso. Mas antes de chegar nessa parte, tinha conseguido passar pelas primeiras telas sem levar dano. Aliás, como é chato ter que ficar esperando em cima de uma plataforma móvel até ela chegar próximo o suficiente da escada. A fase é fácil, mas exige paciência. Se tentar jogar destrambelhado, vai acabar se lascando.

Cheguei no chefe com vida suficiente para encará-lo. E sabia como derrotá-lo. Fui lá todo pimpão e adivinhem o que aconteceu? Morri uma vez. Por burrice, claro.

Na segunda tentativa tudo sob controle. Anda na direção do Crash Bandicoot Man, pula e atira, veja ele pulando no momento do seu tiro e sendo atingido em pleno ar, continua andando em direção contrária enquanto o tiro dele explode no chão, vira de volta enquanto ele faz o mesmo e repete isso até acabar a vida do oponente. Está aí a receita do sucesso.

Arma especial? Ainda não tinha nenhuma, então foi na Buster mesmo. No fim consegui a Crash Bomber.

Cadê o Crash Man que tava aqui?

Cadê o Crash Man que tava aqui?

Suave! Próxima fase? Que tal o Quick Man? Vamos nessa fazer do leite uma alegria!

Quick Man Stage

Mal começou a fase e já me lembrei que eu não gosto dela. Isso porque em diversos pontos surge uma linha amarela meio grossa atravessando a tela de ponta a ponta na horizontal e só de encostar no protagonista te tira uma vida.

É meio óbvio que tomei Game Over na tela. Relembrei todas as vezes que tentei e falhei durante os treinos. Sempre morro na mesma parte. Fiquei irritado e decidi tentar outro estágio. Bubble Man parecia uma ideia boa.

O fracasso foi tão grande que nem a foto que tirei da fase ficou boa.

O fracasso foi tão grande que nem a foto que tirei da fase ficou boa.

Bubble Man Stage

Eu não havia conseguido chegar no chefe desta fase na época dos treinos rápidos no portátil da Sony. Comecei a sentir um certo arrependimento de tê-la escolhido, estava com pouco tempo pra jogar e queria vencer o maios número de fases possível. Besteira da minha cabeça, mal sabia eu que o resultado seria positivo.

De cara eu acabei perdendo uma vida pisando no chocolate que cai. Na boa, a plataforma parece uma barra de chocolate, se vocês pensam diferente de mim, vocês estão errados sinto dizer, mas vou continuar chamando de chocolate. Enfim, apertei o botão de pulo meio atrasado e fui pro buraco.

Na segunda tentativa cheguei na parte da água. Impossível não lembrar de Alex Kidd in Miracle World aqui, faltou só mudar a música depois do mergulho. Mas felizmente não mudou, a trilha sonora aqui é ótima, nada contra a trilha do meu querido personagem da SEGA.

Mega Man soltou pum na água?

Mega Man soltou pum na água?

Mal entrei na água e fui cercado por aqueles bichos marinhos robóticos chatos que ficam meio que te perseguindo, que são fabricados por aquele peixe gigante que vem na sequência. Consegui passar, sobrando um dedo de vida.

Aí vem a parte dos espinhos no teto. Que tenso ter que apertar o botão com a pressão correta pra não explodir nos espinhos. Passei de primeira, beleza, segui em frente e fui aniquilado pelos bichos chatos e o peixe gigante. Game Over na cara.

Ao invés de ficar com ódio e trocar de fase, decidi tentar novamente. Aqueles bichos me deram duas vidas extras, comecei a sentir que a sorte estava mudando de lado. Daí me empolguei com isso o suficiente pra fazer uma anotação no computador. E quando soltei a pausa, apertei pra frente antes da hora e explodi nos espinhos. Burro!

Muitos palavrões depois, vi que havia passado pelo checkpoint e recomeçaria na água. Surpreendente foi ver que o primeiro peixe grande, que eu já havia derrotado, não reapareceu. Se é bug ou feature eu não sei, só sei que foi assim.

Uma coisa que reparei é que dentro d’água ocorre um leve slowdown constante no emulador do Wii. Não me recordo como foi na versão de PSOne no Vita, não sei dizer também se é assim no NES. Se alguém souber e puder informar nos comentários, agradeço!

Enfim, consegui chegar no chefe. Primeira vez que encaro ele, mas lembrava de ter visto quando joguei em turma. Pelo menos a parte dos espinhos no teto. E nem isso foi suficiente pra me livrar da primeira morte, pra variar foi besta, espetado no teto.

Na segunda tentativa acabei vencendo o Bubble Man, mesmo sem ter entendido totalmente o padrão dele. Contei mais com habilidade para desviar das bolhas e dos ataques dele e segui pulando e atirando nos momentos que julguei certo. Funcionou, mesmo que eu tenha passado com menos da metade da vida.

Mais um derrotado apenas usando a Buster. Que legal passar um boss de Mega Man que eu nunca tinha enfrentado na segunda tentativa. Sinto que melhorei bastante desde a primeira vez em que entrei na fase do Top Man, lá no Desafio Mega Man III.

Babem na minha mais nova arma.

Babem na minha mais nova arma.

Bubble Lead obtido, hora de escolher o próximo adversário. Pensei em seriado japonês e gritei: Flash Man, eu escolho você!

Flash Man Stage

Agora sim escolhi um estágio que havia treinado e sabia que passaria tranquilamente. Boa, senhor Caduco!

Essa parte é fácil, mas as vidas sempre aparecem nos lugares mais xaropes que você pode imaginar, não?

Essa parte é fácil, mas as vidas sempre aparecem nos lugares mais xaropes que você pode imaginar, não?

Eu sabia que precisava fazer um caminho que tornasse o final do estágio mais tranquilo, sem ter que passar pelos inimigos grandões na última tela. Tem um deles no meio do caminho e ele me tirou bastante vida por um descuido meu.

Sucesso, consegui chegar no caminho certo. Com pouca vida por causa do grandão.

That's the way... uh huh uh huh... I like it... uh huh uh huh...

That’s the way… uh huh uh huh… I like it… uh huh uh huh…

Esse tal caminho certo também exige um pouco de habilidade, pois fica no alto e você tem que tomar cuidado pra não cair e correr o risco de morrer e ter que repetir tudo. No Vita eu sempre caía. Sempre mesmo. Agora no jogo pra valer eu acabei passando de primeira, até que avistei um E, que eu não posso usar por decisões contratuais do Desafio Mega Man.

Ó o E aí!

Ó o E aí!

Mesmo assim peguei o item e cheguei no chocolate. Como passar pelo raio do chocolate que não quebra com a Buster?

Com chocolate...

Com chocolate…

Tentei a arma do Bubble Man que era a primeira disponível na lista e nada. Mudei pra arma do Robô da Creche Crash Man e sucesso!

Sem chocolate...

Sem chocolate…

Cheguei no chefe, com pouca vida, mas quem liga? Esse chefe é fácil pelo que me lembro. Morri.

Para manter o padrão, passei de segunda. Com mais da metade da vida. Se eu não fosse descuidado na primeira tentativa, talvez tivesse passado. Mas fui displicente.

Eu confesso que não entendi muito bem o padrão dele. Ele fica andando de lado pro outro igual maluco, pula quando leva tiro (o que me faz imaginar ele dando um gritinho de dor) e depois de algum tempo definido andando ele te congela e começa a metralhar pra cima e pra baixo.

Na primeira metralhada eu levei tiros, nas outras duas parece que soube antecipar o congelamento e fiquei em posição que ele não conseguiu me acertar. Foi moleza!

Aí eu consegui o… Item-3? Que raio de nome de arma é esse? Será que peguei ROM que não está completa ou algo assim?

Não tinha um nome melhor pra esta tranqueira?

Não tinha um nome melhor pra esta tranqueira?

Não, li na Internet no dia seguinte que é isso mesmo, que existe um Item-3 que é liberado ao derrotar o chefe. Eu hein? Que diacho será que faz isso? Depois eu testo.

Enfim, voltando ao jogo, hora de escolher um novo vilão. Mas meu tempo estava realmente curto e precisava que fosse uma fase que já tinha passado. Senti que precisava de um ar para tomar esta decisão corretamente.

Três robozinhos foram pas-se-ar...

Três robozinhos foram pas-se-ar…

Air Man Stage

Eu sou uma besta, escolhi uma fase que eu não conseguia passar da segunda parte nos treinos. O pior é que eu acabei morrendo na primeira plataforma que apareceu, por calcular mal o tempo pra pular nela e dar de cara no negócio que parece uma furadeira. Pelo visto era hora de jogar um pouco pra treinar e tentar novamente no próximo dia. Não foi o que aconteceu.

Na segunda tentativa eu saquei o funcionamento destas plataformas com furadeiras que soltam robôs inimigos, algo que não tinha feito nos treinos. Passei tudo sem tomar dano.

Por alguma razão mística dei uma sorte danada nas plataformas móveis. Essa parte é um pé bem dado no meio dos “países baixos masculinos”, mas eu passei com certa facilidade até. Sabe quando você pensa em esperar o momento certo para pular, atacar e trocar de plataforma? Eu fiz com maestria. Nos treinos só tinha feito patetada. Que será que aconteceu comigo?

NUVEEEM VOADORAAAAAAAA!!!

NUVEEEM VOADORAAAAAAAA!!!

Depois vem aqueles passarinhos chatos e seus ovos ainda mais chatos. Um deles me deu sorte e soltou um item de recuperar vida grande. Encheu minha barra. A sorte ainda estava ao meu lado, continuei seguindo em frente esperançoso que pelo menos no chefe chegaria, enquanto apreciava a excelente música da fase.

Aí mais um momento de sorte: matei um dos robôs gordinhos que ventilam, ele soltou uma vida e deu alguma coisa no jogo que o passarinho que vinha com o ovo pronto pra me ferrar simplesmente desapareceu. Peguei a vida e cheguei na porta do chefe.

Oi vizinho! Pode me arrumar um pouco de óleo?

Oi vizinho! Pode me arrumar um pouco de óleo?

O Air Man logo me derrubou. Fiquei meio em pânico sem saber o que fazer e esse tipo de coisa em Mega Man é morte certa. Respirei um ar e fui pro segundo confronto, mais calmo e ciente pelo menos de como desviar dos ataques do oponente.

Só que eu resolvi adotar uma estratégia kamikaze pra ver qual seria o resultado. Parti pra cima dele tomando dano e ficando o mais próximo pra descarregar a Buster nele. Deu certo! Não foi nada bonito, mas foi funcional. Mantive o padrão, passei de segunda.

Peguei o tal Item-2, salvei o progresso e desliguei o videogame. Já havia passado do tempo de jogar, era hora de deixar para o próximo dia.

O Item-2 é que nem o Item-3, só que faz o que o Item-2 tem que fazer, diferentemente do Item-3 que faz aquilo que o Item-3 deve fazer. Por isso eles são diferentes. Vocês sabem bem o que fazem estes dois itens, não sabem? Nem eu. E melhor eu parar de entupir esta imagem de texto porque senão vai ficar bastante estranho, ainda mais depois de um texto enorme como este do post em si. Aliás, como vai a família de vocês? Espero que estejam vem. E as namoradinhas? Ah, então tá bom, vamos marcar aquele churrasco. Valeu!

O Item-2 é que nem o Item-3, só que faz o que o Item-2 tem que fazer, diferentemente do Item-3 que faz aquilo que o Item-3 deve fazer. Por isso eles são diferentes. Vocês sabem bem o que fazem estes dois itens, não sabem? Nem eu. E melhor eu parar de entupir esta imagem de texto porque senão vai ficar bastante estranho, ainda mais depois de um texto enorme como este do post em si. Aliás, como vai a família de vocês? Espero que estejam vem. E as namoradinhas? Ah, então tá bom, vamos marcar aquele churrasco. Valeu!

Terminei satisfeito. Com cinco fases jogadas, quatro passadas e quatro chefes derrotados de segunda com a Buster, eu não tenho do que reclamar. E para evitar que vocês também reclamem, encerro por aqui esta primeira parte do Desafio Mega Man II.

Espero que tenham curtido, logo posto a próxima parte! Lembrando que eu ainda preciso jogar!

Grande abraço a todos e obrigado por acompanhar este humilde blog.

Anúncios

Sobre Gamer Caduco

Menino novo, com mais de 30 anos de idade, fanático por games de todas as gerações.
Esse post foi publicado em Desafio Mega Man, Desafios, Jogos, Mega Man 2, NES e marcado , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

13 respostas para Desafio Mega Man II – Parte 1

  1. Pingback: Desafio Mega Man | Gamer Caduco

  2. Doc Cocamonga disse:

    As partes mais chatonas do jogo são o estágio do Heat Man e a penúltima fase do Wily, em que exige a arma do Crash Man pra detonar os canhões. De resto ele é bem tranquilo, isso se for comparar a outros jogos mais desafiadores tipo Contra ou Ninja Gaiden por exemplo.

  3. Ulisses 8Bit disse:

    Cadu, a última legenda inaugura o novo estilo de texto de blog´s, a legenda/post.

    Tela crt da Sharp, isso sim é retrô, saudades dessas marcas. Acho que não é da sua época, você chegou a ver uma Telefunken de perto? Eu tinha uma dessas na sala quando criança.
    Essas faixas do Quickman me dão aflição até hoje de ver algum gameplay, como eu detesto essas coisa de fechar a gente e ter apenas centésimos parar tomar uma decisão.
    Ótimo seriado o Flashman bem lembrado kkkkkkk sensacional vou cantar um pedacinho da intro olha só…
    …, …., ………, ok é melhor não. 🙂 Kkkkkkk
    Os passarinhos chatos na nuvem voadora parecem mais com abelhas na verdade de tão insistentes.
    Estou aqui acompanhando sua jornada Cadu, abração!

    • Gamer Caduco disse:

      Opa Ulisses, blz?
      Rapaz, desculpe a demora na resposta, eu meio que comecei os posts quando estava quase acabando o jogo, evitei escrever spoilers! kkkkkk
      Antes de responder: que aconteceu com seu blog? Faz um tempo que tentei acessar (hoje tentei de novo) e aparece mensagem que ele foi excluído. Vc mudou de novo? Desistiu? Fez promessa? Virou Youtuber?
      Agora respondendo…
      SIM, CRT da Sharp é o bicho! hehehe! Eu não troco esta TV por nada! Não vi a Telefunken de perto, mas gostaria, é o ápice do vídeo retrô! rs
      Também tenho uns trecos com essas fases de tomada de decisão rápida, mas pior que eu gosto! huahuahua
      Prefiro não cantar também, só lembro da parte do FLÉXI, FLÉXI, FLÉXI, FLÉXI…. rs
      Ah, e melhor encerrar a legenda/post por aqui, poucos devem ter tido coragem de ler aquele treco até o fim! kkkkk
      Valeu Ulisses!
      Abraço

      • Ulisses 8Bit disse:

        KKKkkkkk não Cadu eu não virei Youtuber não. A questão é que eu não achei um modelo de escrita que me satisfaça (review, história, jogos com dicas, tutoriais…) daí eu vou tentando e experimentando formatos, mas no momento estou sem blog mesmo. Não desisti e prometo que quando tiver um formato definido eu vou colocar no ar e te aviso.
        Ah! e pode deletar meu blog da sua lista quando você fizer uma faxina, sem problemas, o endereço não será mais válido mesmo.
        Sobre as TV, eu tinha uma na sala de casa que era uma das primeiras com controle remoto, muito legal, inclusive o controle tinha botões físicos enormes que afundavam ao apertar e a saída dos “raios” do controle tinha uma gradinha de metal, tipo um escoador de frituras bem pequeno muito doido! Kkkkkkkkkkkkk

  4. É isso aí, Cadu!

    Gostaria de jogar contigo pessoalmente…

    Acompanhando sua saga…

    E que venha a parte 2!

  5. aki é rock disse:

    Esse jogo é muito foda cara tanto na sua jogabilidade quanto em sua trilha sonora que é demais zerei ele na coletânea de ps2 .

    • Gamer Caduco disse:

      Zerou na Anniversary Collection? Eu zerei o 3 e o 4 nela, mas meu PS2 morreu! Acabei migrando pro Wii e emulador, funciona bem jogar no Wiimote!
      A trilha sonora é uma das melhores, com toda certeza!
      Valeu Rock!

  6. Pingback: Pecados Gamísticos | Gamer Caduco

  7. Pingback: Meme – O Que Você Jogou em 2016? #oqvj2016 | Gamer Caduco

  8. Pingback: Pecados Gamísticos: Nintendinho | Gamer Caduco

  9. Pingback: Desafio Mega Man (1) | Gamer Caduco

Deixe seu comentário sobre este post!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s