Desafio Mega Man II – Parte 2

01-Megaman-2_-_Title-Screen

Olá meus caros!

Vamos voltar à aventura do simpático robozinho azul da Capcom controlado pelo velho Caduco no segundo jogo da franquia? Eu imagino que disseram sim, então vou pular qualquer tipo de introdução e recomeçar de onde parei.

Ficam os links para as outras partes do Desafio Mega Man II pra vocês acessarem.

Parte 1
Parte 2 (você está aqui)
Parte 3
Parte 4

Wood Man Stage

Não sei dizer a razão, mas quando iniciei meus treinos no Vita, escolhi este para ser o primeiro estágio. Acabei memorizando algumas coisas, ou seja, já sabia mais ou menos o que viria pela frente. E eu me apeguei muito à música desta fase, até o fim desta parte ela é a minha favorita do jogo. Pode mudar até o fim da jornada, eu aviso vocês.

Depois de algum treino a gente consegue passar pelas dificuldades sem levar muito dano.

Depois de algum treino a gente consegue passar pelas dificuldades sem levar muito dano.

De cara passar pelos morcegos é tranquilo, os coelhos é que sempre me davam dano. O engraçado são coelhos atirando cenouras, mas tudo bem, a gente releva este tipo de coisa pela diversão pura e simples. Depois vem aqueles cachorros azuis gigantes, espécie de mini boss que aparece em três telas seguidas, com diferença apenas no cenário em si.

O primeiro é fácil, e mesmo assim consegui tomar dano nele. O segundo é relativamente tranquilo, mesmo assim tomei mais dano. O terceiro tem que ter um pouco mais de atenção, só que eu estava jogando no melhor estilo vaca louca e acabei morrendo. Detalhe que era a última vida que eu tinha da jogatina passada, mal comecei o dia e já vi a tela do Game Over. O dia promete…

O primeiro é fácil, vejam por onde passa o ataque dele.

O primeiro é fácil, vejam por onde passa o ataque dele.

Logo no continue seguinte passei toda primeira parte sem levar dano, sensacional. Peguei o jeito dos coelhos, tive cuidado com morcegos e cheguei nos cães. Adivinhem? Morri no terceiro de novo. Beleza, na próxima vida eu jurei que seria mais cuidadoso. E fui. Passei de novo toda fase sem dano, primeiro cão sem dano, segundo cão com um dano mínimo e o terceiro eu venci com metade da vida. Porque fui afobado de novo, dá pra passar os três sem dano se fizer um leve esforço.

Falei que o treino ajuda, olha a energia cheia (e a foto horrível, pra variar).

Falei que o treino ajuda, olha a energia cheia (e a foto horrível, pra variar).

A parte seguinte vem mais morcegos, facilmente derrotados. E aí a parte que eu lembrava que era complexa, a dos macacos e passarinhos. Aqueles malditos passarinhos que jogam os ovos que quebram e saem inúmeros inimigos minúsculos que mencionei na primeira parte. Nos treinos eu morri algumas vezes nesta parte, não conseguia pegar o jeito de passar pelos macacos.

No jogo pra valer fui um pouco melhor e entendi o que tinha que fazer. Percebi que o correto é afastar um pouco, esperar ele subir na plataforma e sentar o dedo no botão de tiro. Show! Mas e os passarinhos? Nesse meio tempo o jeito é tentar detonar o ovo antes dele tocar o solo. Na primeira passada eu não fui tão bem sucedido e deixei alguns quebrarem. Engraçado que o mesmo tanto que perdi de vida, recuperei com um item de recuperação grande que um dos micro inimigos deixou. Sorte.

Depois me colocam dois daqueles malditos coelhos em degraus (cada um em uma tela diferente). Que sacanagem, especialmente o de degraus pequenos! Isso vai contra a estratégia que eu tinha. Pulei ambos e segui em frente, só que tomei dano dos dois. Burro! Essa energia perdida faria falta.

Primeira galinha que passa correndo alucinada na tela seguinte e eu perdi mais uma vida. Tentei atirar, correr dela, até que fui pressionado contra a parede e não tive o que fazer senão esperar a explosão do Blue Bomber. E descobri que o checkpoint fica mais longe do que esperava, ali na tela seguinte à do último cachorro. Beleza, lá vamos nós de novo!

Um dos macacos derrotados largou uma vida, fiquei empolgado pacas e levei dano do seguinte por descuido. Mané! Pelo menos consegui pular os coelhos de boa. Resolvi aplicar a mesma tática nas galinhas loucas. Pulei duas, outras duas me atingiram. Finalmente chego na entrada da tela anterior à do chefe!

Primeiro ataque que o Wood Man dispara e eu já fiquei afobado e em pânico. Resultado: derrota. Entrei na sala do chefe de novo e a cena se repetiu quase igualmente, pois estava focado em tentar matar ele na força bruta. Resultado? Game Over. Lá vou eu encarar a fase inteira de novo.

Terei de enfrentar os três novamente, mas agora acho que passo sem problemas.

Terei de enfrentar os três novamente, mas agora acho que passo sem problemas.

Passei a fase toda detonando tudo e todos, tomando pouco dano e me achando o rei da cocada azul. Passei até a parte dos macacos e passarinhos sem levar nada de dano. Pulei os coelhos de boa, pulei quase todas as galinhas loucas (vacilei justamente na última), resmunguei e entrei na tela do boss para a minha revanche.

Estou ficando bom nisso!

Estou ficando bom nisso!

Primeira tentativa falhei de novo, fiquei tão afobado pra derrotar ele logo que desconcentrei dos ataques e morri. Faltava tão pouco pra ele morrer. Na segunda tentativa sucesso, consegui pular os ataques dele com precisão, desviar das folhas que caem e só acabei levando dano mesmo no fim da vida dele, onde eu estava no modo berserk atirando alucinadamente e gritando palavras pouco bonitas. Ainda bem que a esposa não estava em casa, eu levaria bronca.

Lógico que na primeira eu falhei, vejam só o tanto de vida que eu cheguei lá.

Lógico que na primeira eu falhei, vejam só o tanto de vida que eu cheguei lá.

Quando o derrotei, percebi que estava com as mãos tremulas. Fazia tempo que não sentia isso, a última vez que fiquei desse jeito foi quando eu estava tentando o troféu de platina do Rogue Legacy. Tenho que confessar que estou gostando mesmo deste jogo.

O Ministério da Fotografia adverte: tremer e tirar fotos pode fazer mal para a vista dos leitores.

O Ministério da Fotografia adverte: tremer e tirar fotos pode fazer mal para a vista dos leitores.

Enfim, Leaf Shield obtida, vamos para a próxima fase. Estou pensando em uma revanche, já explico o porquê.

Matei o pau e mostrei a folha! Não, pera...

Matei o pau e mostrei a folha! Não, pera…

Quick Man Stage

Lembram que eu tentei passar esta fase no primeiro dia e não consegui? Pois é, vou tentar novamente. Mas, antes de contar a experiência, deixem contar-lhes uma curta historinha.
Comentei com o desafiador que havia retomado o desafio, deste então eu sempre fico infernizando ele com relatórios da minha jogatina. Pelo menos poupo ele de ler esses textos enormes. Falei que havia derrotado os quatro primeiros que derrotei no primeiro dia e que havia falhado na fase do Quick Man.

Ele me contou que esta fase é bastante conhecida pelos fãs de Mega Man e que é considerada uma fase que, segundo palavras dele, “separa homens dos bebezinhos”. Logo lembrei da Turbo Tunnel, do Battletoads, que também tem essa fama e que eu nunca venci na vida. Nem preciso dizer que fui tomado por aquele sentimento maluco de quem está sendo desafiado. Quem aqui é bebezinho? Vou passar esta fase e provar de uma vez por todas que não sou.

Sem comentários...

Sem comentários…

Eu sou um bebezinho! Logo na primeira tentativa, levei um Game Over no meio da fuça pra ficar esperto. Aqueles raios amarelos são chatos demais. Já vi que a fase exige um pouco de decoreba, bastante atenção e agilidade. Reflexos rápidos ajudam. Pensando em tudo isso, respirei fundo e selecionei Continue.

Fui tão concentrado e empenhado que na primeira vida passei tudo, até as partes que nunca havia sequer chegado. Aí vieram os robôs com mechas gigantes, eu passei sem querer saber de nada, eles pulavam e eu tentava passar por baixo. Tomei um pouco de dano, evidentemente, mas cheguei no ponto onde gostaria: a entrada para a luta contra o chefe. Cheguei, caçamba! Quem é o bebezinho?

Abre a porta, Mariquick!

Abre a porta, Mariquick!

Eu sou o bebezinho! Não durei nada com o Quick Man. Não chamam ele assim a toa, o bicho é rápido mesmo e não faz do leite uma alegria. Apesar que eu é que morri rapidinho. Também, me colocam uma tela com degraus. Cara, como eu odeio fases com degraus. Ou será que gosto? Desafios são tão legais. Mas dão ódio! AI QUI ÓDIU!

O Quick Man é chato. Muito chato. Ele fica em cima, ele atira a queima roupa se você estiver desligado. Ele não sai de cima de você. Ele é rápido. Ele fica perto. Já falei que ele é chato e que fica em cima? Então, pois é. Nas duas próximas vidas eu consegui deixa-lo com menos da metade da vida, mas falhei e levei Game Over. Se eu for um bebezinho, não vou conseguir chegar nele de novo.

Vou ter que chegar aqui de novo, ou meu nome não é Bebez... digo... Caduco!

Vou ter que chegar aqui de novo, ou meu nome não é Bebez… digo… Caduco!

Comecei pegando a vida que aparece no começo da fase, só de sacanagem. Finalmente testei um daqueles itens numerados. Eu nem lembro mais qual. Mas serviu para pegar a vida.

Peguei mesmo...

Peguei mesmo…

A bronca com o raio amarelo é tão grande que até esqueci de mencionar os robôs flamejantes que iluminam a tela enquanto estão vivos. Mas, convenhamos, eles são desprezíveis mesmo, não dão trabalho algum.

Primeira vida do Continue e adivinhem só o que aconteceu? Morri! Na droga do raio amarelo de uma das telas. Logo na segunda vida cheguei no chefe, mas cheguei bem ruim de energia disponível.

Não demorou muito pro rapidinho me triturar. Só que foi um bom treino para a segunda vida, onde eu consegui ser ágil o suficiente para desviar do chato e seus tiros, enquanto o detonava com a Buster. Sucesso!

Não sou um bebezinho, estou mais para um velho trêmulo mesmo!

Não sou um bebezinho, estou mais para um velho trêmulo mesmo!

Dei um baita de um berro: “aqui ó, chupa”! E mostrei aquele dedo que a gente mostra pra televisão em momentos como este. Cheguei a esfregar o dedo na tela. Sim, tudo isso era necessário, afinal de contas, quem que é o bebezinho? Não eu! Agora deixa eu salvar aqui na tela do password pra não ter que jogar nunca mais.

Sério!

Sério!

Neste ponto reparei numa coisa: todos os chefes foram derrotados só com a Buster até agora. Talvez o que haviam me dito era verdade e Mega Man II não seja tão difícil quanto o III e o IV. E eu achando que era eu que estava melhorando.

Que seja, agora que tenho o Bumerangue Rapidinho, hora de escolher uma fase que eu estava apreensivo de jogar. A coisa vai esquentar!

Já fiz a piada no parágrafo, não vou repetir aqui.

Já fiz a piada no parágrafo, não vou repetir aqui.

Heat Man Stage

Prometi a mim mesmo que deixaria a fase do Metal Man por último. Por quê? Porque sim, Zequinha! eu sempre escutei/li que a arma dele era a mais apelona de todas, não queria cair na tentação de usá-la. Talvez tenha sido bobeira, já que até agora só usei a arma do Crash Man para quebrar chocolates e não lembro mais que Item pra pegar uma vida.

Só sobraram estes dois, o resto é sucata!

Só sobraram estes dois, o resto é sucata!

Enfim, quero cumprir com a promessa e, como só sobraram duas fases, o jeito é encarar a fase do Heat Man.

Tam taram taaaam, tam taram taaaammm, taramtam, taramtam, tam tam tarararaaaammmm.

Tam taram taaaam, tam taram taaaammm, taramtam, taramtam, tam tam tarararaaaammmm.

Tem um motivo para ela ter virado a penúltima. Quando joguei em galera, lembro de uma pessoa extremamente paciente jogando ela e resmungando de algumas partes. Lembrava que tinha a ver com plataformas fum-fum (eu não sei o nome certo, para variar um pouco), aquelas que somem e reaparecem. Sei o quão irritantes elas podem ser, então adiei o máximo que pude pra não desistir do desafio antes da hora. Bem, hora de encarar o calor.

De cara já percebi que seria uma fase tensa, a música sugere isso. A tensão foi tamanha que eu passei a primeira parte sem levar dano, estava bastante concentrado e fui bastante cauteloso.

I'm on fire!!!

I’m on fire!!!

Aí surge a primeira parte das plataformas tchu-tchu. Aqui é bem tranquilo, é bem aquela parte da fase pra te mostrar o que vem pela frente e esfregar na sua cara que você terá problemas com este tipo de armadilha. Eu gosto disso!

Aqui ainda é suave, mais pra frente o bicho vai pegar!

Aqui ainda é suave, mais pra frente o bicho vai pegar!

Na primeira vida deu ruim. Fui tentar pular um chocolate e a plataforma ju-ju acabou me empurrando direto pro buraco, surgiu no espaço que estava ocupando. Na segunda vida deu ruim também, encostei em um daqueles bichos azuis e fui direto pro buraco. Ódio se acumulando. Ainda mais que deu Game Over e a música da tela deu alguma coisa estranha e tocou meio desafinada. Parecia que tava tirando uma com a minha cara. Bom, vamos de novo.

Aqui é que começa o drama, tem que ter agilidade, reflexo e fazer tudo com calma.

Aqui é que começa o drama, tem que ter agilidade, reflexo e fazer tudo com calma.

Agora levei dano leve na primeira parte, passei a primeira tela com plataformas zu-zu, cheguei a parte dos chocolates irritado e saí explodindo tudo com a arma do Crash Man. Sem dó. Aí eu cheguei na parte que parecia que ia me trazer problemas: plataformas vu-vu com buraco e lava embaixo. Antes a fase dá a oportunidade de treino, o começo destas plataformas ainda tem um chão pra pisar. Provavelmente fizeram isso pra gente pegar o tempo certo e mostrar que em alguns momentos a plataforma vai aparecer em algum lugar que não será nada amigável se você não reagir na hora certa.

Não adiantou muito o treino. Essa parte com chão já foi frustrante ter que voltar e recomeçar, imaginem a que a gente cai e morre? Lógico que eu morri na parte que a plataforma aparece acima do Mega Man e que não dá tempo nem de pensar em pular nela se você não souber onde aparece. Paciência! Paciência que some quando você entra já meio irritado e perde outra vida de bobeira no primeiro buraco pós checkpoint. Ódio!

Na terceira e última vida, comecei a matar os inimigos que ficam aparecendo pra recuperar a arma do Crash Man. Não precisava, os chocolates permanecem destruídos enquanto estamos no mesmo Continue. Bom, estranho, mas sem problemas, só mais um caso pra me irritar, perdi tempo a toa mas sigo em frente.

Completa com Crash pra mim, faz favor?

Completa com Crash pra mim, faz favor?

Fico ainda mais incomodado com a sacanagem suprema dos programadores de colocarem uma vida no meio do trajeto das plataformas bu-bu só pra deixar o jogador tentado. E adivinhem só onde eu morri? No mesmo lugar de antes, maldita plataforma acima da cabeça! Game Over.

Continue, vamos de novo! Já estava irritado, morri de burrice no comecinho da fase e fiquei ainda mais irritado. Na vida seguinte caí de bobeira em um buraco na primeira parte e me irritei ainda mais. Adianta tentar passar a fase? Não, né? Então pulei no buraco de propósito xingando toda existência. Game Over.

Continue de novo. Perdi a primeira vida de novo nas plataformas wu-wu. Segunda vida morri no trecho de plataformas porque fui coçar o nariz. Na terceira vida passei a parte maldita. Só que como que eu vou passar de fase sem vidas extras? Certeza que vou morrer na primeira tentativa de enfrentar o chefe.

Oi moço, que calor que faz aqui na sua casa!

Oi moço, que calor que faz aqui na sua casa!

E aconteceu mesmo. O pior é que eu aprendi o padrão do Heat Man parcialmente, mas eu estava tão afobado por saber que não teria outra chance, irritado por todo stress da fase e frustrado porque meu tempo de jogo estava acabando, que bobeei e morri quando o esquentadinho tinha menos da metade da vida.

Era fácil, era só desviar dos tiros e pular na hora que ele resolve se movimentar. Só é ruim quando ele para de alternar entre um e outro. Foi a hora que mudou que eu me embananei e perdi.

Mais um Continue, vamos ver se dá tempo de terminar esta fase hoje. Morri uma vez de sacanagem do jogo, que fez um daqueles inimigos azuis aparecer bem na hora que eu estava passando pelo buraco de onde ele sai. Tudo bem, faz parte. Na segunda vida cheguei no chefe, com apenas um risquinho de dano, vida quase cheia.

Na batalha contra o fervoroso oponente, percebi um detalhe que não havia percebido na primeira tentativa: ele se movimenta quando leva o tiro. Então basta ser rápido, pular ele, atirar e ficar repetindo isso até que ele seja destruído. Foi o que fiz, derrotando ele logo nesta tentativa, apesar de ter tomado um bocado de dano enquanto não tinha entendido o padrão direito.

Enfim, tchau para o Heat Man! Obrigado pelo Item-1. Vejo você na Fortaleza do Dr. Wily. Só que antes preciso enfrentar o último Robot Master, o Metal Man. Isto vai ficar para o próximo dia, meu tempo de jogo acabou. Hora de viver o mundo real!

Só falta o metaleiro com cara de médico de desenho animado!

Só falta o metaleiro com cara de médico de desenho animado!

Obrigado a todos pela leitura e até a próxima parte do Desafio Mega Man II!

Abração!

Anúncios

Sobre Gamer Caduco

Menino novo, com mais de 30 anos de idade, fanático por games de todas as gerações.
Esse post foi publicado em Desafio Mega Man, Desafios, Jogos, Mega Man 2, NES e marcado , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

3 respostas para Desafio Mega Man II – Parte 2

  1. Ulisses 8Bit disse:

    Esses coelhos desconhecem a cenoura kkkkkk são coelhos robotizados
    ai ai ai kkkkkkkkk essa do quick faz do leite uma alegria foi fod@ kkkkkkk eu ri muito com isso Cadu!

    Acho que não existe uma gradação bebezinho em se tratando de mega man, afinal é um jogo que de cara na tela de abertura te dá duas opções normal ou difícil, portanto, mega man não é terra de bebezinhos!
    Falou Cadu, continuo acompanhando sua luta em mega man! 🙂

    • Gamer Caduco disse:

      Pô, não tem como falar Quick e não lembrar do achocol… digo… morangolatado? Sei lá o nome disso! Enfim…
      Definitivamente Mega Man não é pra bebezinhos, mas a tela do Quick Man é a que faz a separação entre os homens e os garotos birrentos, isso eu tenho que concordar! kkkkkkkkkk
      Valeu Ulisses, a luta chegou ao fim… e os comentários voltaram! kkk

  2. Pingback: Desafio Mega Man | Gamer Caduco

Deixe seu comentário sobre este post!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s