Maratona Sonic: Sonic the Hedgehog 2 (Mega Drive)

logo

Olá caros leitores, estão todos bem?

Eu estou bem… bem ansioso! Finalmente chegou o dia de falar do meu Sonic favorito, o Sonic 2 do Mega Drive. Sabe quando você tem tanta coisa em mente que nem sabe por onde começar? Então, estou assim. Mas vamos ver o que sai desse terceiro post da Maratona Sonic. Espero que gostem.

O jogo

Desenvolvido nos Estados Unidos pelo Sonic Team, sob a liderança/supervisão do criador do mascote, Yuji Naka e do game designer Hirokazu Yasuhara, que também havia participado da produção e programação do primeiro jogo da série. O game foi lançado em 24 de Novembro de 1992, numa terça-feira. A data ficou conhecida como “Sonic Twosday” (trocadilho com Two e Tuesday, caso alguém não tenha sacado).

Sou novo por aqui, mas prometo ser marcante na vida de muitos retrogamers.

Sou novo por aqui, mas prometo ser marcante na vida de muitos retrogamers.

Neste novo jogo, Sonic ganha um encosto novo companheiro, o hoje tão conhecido Miles “Tails” Prower, uma raposinha de duas caudas que sempre sofreu com piadas em sua terra natal, Westside Island, por conta desta característica. Entretanto, ele passou a utilizar isso como vantagem para voar e para atingir alta velocidade. E isso fez com que Sonic permitisse que o stalker Tails o acompanhasse como ajudante. A-JU-DAN-TE! E futuramente os dois acabaram se tornando namorados ótimos amigos. O que é ótimo para o ouriço, já que Tails é um ser bastante inteligente, respeitado até pelo Dr. Robotnik. É claro que todas as piadinhas infames que fiz no texto e risquei são palhaçadas minhas, o Tails é o meu Sidekick favorito de todos os jogos e o único personagem jogável de toda franquia além do Sonic que eu gosto de utilizar no jogo. Que me desculpem os outros. Sim, Knuckles, isso inclui você também!

ajudante

A história se inicia justamente na terra natal de Tails, Westside Island, onde Sonic acaba tendo que pousar seu avião, o Tornado, e acaba conhecendo a raposa. Mais uma vez Dr. Robotnik entra em cena tentando obter as Esmeraldas do Caos para seus planos pessoais. Dessa vez o vilão pretende utilizar o poder delas para lançar sua base Death Egg em pleno espaço sideral. Os dois heróis decidem recuperar as Esmeraldas antes do cientista e botar um fim em seus planos.

Em relação ao primeiro jogo, pouco mudou em relação à jogabilidade. Um novo movimento foi adicionado, o Spin Dash, a famosa “bolinha” que faz com que os personagens fiquem girando sem sair do lugar até que o jogador solte o direcional pra baixo.

Sonic e Tails arrepiando no Spin Dash. Cuidem-se, Badnicks!

Sonic e Tails arrepiando no Spin Dash. Cuidem-se, Badnicks!

Uma mudança notável é que os estágios do jogo agora possuem dois atos, ao invés de três como acontece em seu antecessor. Apenas a Metropolis Zone, oitava fase do jogo, possui três atos. As três últimas fases possui um ato só. Mas isso não diminuiu a quantidade de fases em relação ao primeiro, pelo contrário, aumentou. São vinte atos no total, contra dezenove do primeiro.

Outra mudança é a forma como os Bonus Stages são acessados. Não há mais a argola gigante no final da fase, agora os estágios de bônus são acessados através dos postes de checkpoint, sendo necessário ter pelo menos 50 argolas para que isto seja possível.

Olha a entrada pro Bonus Stage aí. Se fosse um jogo de luta, alguém gritaria que não vale pegar tonto.

Olha a entrada pro Bonus Stage aí. Se fosse um jogo de luta, alguém gritaria que não vale pegar tonto.

Os próprios Bonus Stages também são diferentes e, de certa forma, mais desafiadores. Eu gosto bastante deles, até mais do que os do primeiro jogo. Acredito que a maioria das pessoas pensem o contrário, já que para muitos é irritante a presença do Tails nessas fases de bônus por ele perder argolas o tempo todo. Pra mim é mimimi, quem sabe jogar as fases com o Tails acaba se beneficiando com a presença dele. Além disso tudo, vale mencionar também que são sete Bonus Stages no total, um a mais que o primeiro jogo que possui seis.

Os Bonus Stages... CUIDADO COM A BOMBA, TAILS!!!!!!!

Os Bonus Stages… CUIDADO COM A BOMBA, TAILS!!!!!!!

As músicas do jogo também foram compostas por Masato Nakamura e mantiveram a qualidade do primeiro jogo, embora particularmente eu seja mais fã da trilha sonora do jogo de estréia do ouriço. Os efeitos sonoros foram mantidos e alguns outros foram adicionados.

Graficamente falando, Sonic 2 supera o primeiro jogo da franquia, mas por conta de poucos detalhes. O próprio personagem teve leves mudanças no seu visual, o que pode ser visto na figura abaixo:

Comparativo entre várias versões do Sonic no Master e no Mega (não vou repetir a imagem nos posts futuros, prometo).

Comparativo entre várias versões do Sonic no Master e no Mega (não vou repetir a imagem nos posts futuros, prometo).

Outras novidades de Sonic 2 é poder jogar o jogo em duas pessoas. No próprio modo campanha um personagem pode assumir o controle do Tails, embora a tela se movimente sempre acompanhando Sonic. Também há o modo multiplayer versus, onde a tela é dividida no meio e os personagens devem apostar corrida em algumas das fases do jogo ou disputar quem pega mais argolas nos Bonus Stages.

Era meio difícil de enxergar, mas era bastante divertido jogar isso na época.

Era meio difícil de enxergar, mas era bastante divertido jogar isso na época.

O jogo também marca a primeira aparição do Super Sonic, mas falarei disso mais pra frente.

Muitos já devem saber também que diversas revistas da época publicaram diversas imagens de fases que não fizeram parte da versão final do jogo, que ficaram numa versão Beta. Existem até ROMs que podem ser baixadas que possuem estas fases jogáveis, embora incompletas. Mas não vou me estender muito sobre, pretendo falar disso em um outro post. Achei que valia a pena mencionar, entretanto.

Minha história com o jogo

Lembro perfeitamente de abrir a edição 16 da Supergame em Novembro de 1992 e dar de cara com a notícia que dizia “BOMBA!”, ao se referir ao lançamento de Sonic the Hedgehog 2 para o Mega Drive. Eu, com meus onze anos de idade pirei na hora! Eu queria porque queria o jogo, não via a hora de jogar um novo jogo do “porco-espinho” e “sua amiga” raposa de duas caldas. Claro que hoje sei que Sonic é um ouriço e que o Tails é do gênero masculino, mas na época não sabia e fiquei muito ouriçado pra ter o jogo, com o perdão do trocadilho.

BOMBA! Mais rápido e mais emocionante. E agora, Nintendo?

BOMBA! Mais rápido e mais emocionante. E agora, Nintendo?

E um dia eu acabei ganhando! Uma das tradições da minha família é sortear Amigo Secreto todo ano e fazer a entrega no Natal, e naquele ano minha mãe me tirou e deu o jogo de presente. Versão “alternativa”, claro, a original era cara demais, muitos de vocês sabem disso.

Aliás, essa história rendeu uma bela confusão, pois eu sabia que ganharia o jogo, mas achava que era de Natal, mas era de amigo secreto. Minha mãe ficou meio irritada não lembro bem o porque, acho que foi por eu ficar perguntando sem parar se ela tinha me tirado, até ela admitir. Na entrega do presente mandou um “meu amigo secreto sabe quem eu tirei, então toma”… e me deu o presente! Foi meio na inocência que eu fiquei a perturbando, depois que ela disse isso eu me senti um pouco mal. Mas logo passou, bastou eu chegar em casa e colocar o cartucho no videogame.

Lembram dessa propaganda? Imagino que muita criança da época ficou maluca quando viu nas revistas.

Lembram dessa propaganda? Imagino que muita criança da época ficou maluca quando viu nas revistas.

Passei muito tempo jogando este jogo, lembro que a primeira grande surpresa que tive foi com os Bonus Stages sendo acessados dos checkpoints. E lembro também que foi um baita sufoco pra vencer o jogo pela primeira vez. Fiquei tão bravo a primeira vez que cheguei no tal do “Sonic Robô” e tomei um Game Over na cara, vocês não fazem idéia. Eu achava que aquele era o último chefe, mas depois descobri que não, e que o seguinte era ainda mais difícil. Pra época, claro. Com o tempo o jogo começou a ficar mais fácil, inclusive estes dois chefes, já que eu passei a conhecer todos os caminhos e muitos macetes para derrotar os inimigos. Única fase que sempre me trouxe dificuldade foi a confusa Metropolis Zone, até hoje eu apanho dela. Mas nada que renda um Game Over ou qualquer coisa assim.

Olhem aí o tal do "Sonic Robô" que me deu dor de cabeça. E o maldito do Robotnik ali só de olho. Depois ele mostra que é o ser mais rápido do universo (do jogo)  fugindo numa boa do ouriço super veloz.

Olhem aí o tal do “Sonic Robô” que me deu dor de cabeça. E o maldito do Robotnik ali só de olho. Depois ele mostra que é o ser mais rápido do universo (do jogo) fugindo numa boa do ouriço super veloz.

E em muitas das vezes em que terminei, fiz isso sem pegar as Chaos Emeralds. Por mais que eu gostasse dos Bonus Stages, eu não conseguia passar alguns deles, achava difícil demais, especialmente os três últimos. Tudo isso porque eu não me empenhava muito pra localizar os postes que dão acesso à eles, eu queria era sempre estar passando as fases o mais depressa possível. Estou controlando um bicho que corre que nem louco, para quê ficar explorando a fase? Ainda bem que este pensamento mudou com o tempo. Um pouco, já que as vezes eu tenho esses surtos.

Um belo dia eu abri uma revista (que eu realmente não consigo lembrar qual é) e vi que era possível se transformar no Super Sonic se você coletasse todas as Esmeraldas. Aí minha mente explodiu, aquilo era minha mais nova obrigação: me tornar invencível com o “porco-espinho” amarelo. A primeira vez que consegui todas Esmeraldas eu comemorei muito, muito mesmo. E quando ele fez a transformação pela primeira vez eu achei a coisa mais incrível do mundo! Ninguém poderia me parar (depois descobri buracos e bugs, mas vamos ignorar isso por enquanto, OK?).

Ouriço + Água Oxigenada = Super Sonic

Ouriço + Água Oxigenada = Super Sonic

O mais engraçado disso é que eu não assistia Dragon Ball Z, e todo mundo sabe que a referência do Super Sonic é para o Super Saiya-jin, já que o Yuji Naka sempre foi muito fã da série. Mas um dia passei a assistir e achei incrível quando o Goku (!) se transformou pela primeira vez no Super Sonic (!!!). Totalmente o contrário, mas eu não sabia da referência, a ficha foi cair naquele dia.

Mais pra frente soube do código para fazer a transformação, então quando queria jogar mais casualmente e colocar o Super Sonic pra quebrar eu usava ele. Mas não consegui fazer isso muitas vezes, já que o meu cartucho se perdia com os áudios e ficava tocando a música da Oil Ocean Zone sem parar, sem reproduzir os outros sons do jogo também. O que me fez pegar bronca da música na época, o que não acontece mais hoje em dia.

Amigos são para essas coisas mesmo, tipo trollar.

Amigos são para essas coisas mesmo, tipo trollar.

Outra coisa muito marcante desse jogo pra mim foi que eu joguei muitas vezes a campanha principal (não o modo versus) em dupla, curiosamente a maior parte das vezes eu controlando o Sonic. E por opção da pessoa mesmo em escolher “a” Tails, eu não a forçava fazer a isso nem nada. Curioso, mas gente se divertia a beça, ou pelo menos eu me divertia!

Lembro também de mais uma coisa que me marcou: o final. Quando pela primeira vez vi o Sonic caindo da Death Egg em pleno ar girando sem esperança, lembrando o que aconteceu com o Tornado que era pilotado pelo Tails, aquela música meio triste tocando, eu não acreditava. Não podia ser, o herói não podia ter o destino trágico de se espatifar no chão depois de salvar o dia. Felizmente aquilo foi só um susto, de repente a música tem uma mudança drástica e fica em um tom mais “feliz”, o avião surge com a raposinha pronta para o resgate. Eu soltei um grito de comemoração. Hoje em dia penso que eu poderia ter reparado melhor nas cutscenes que mostram o Tornado levantando vôo e poderia ter evitado a preocupação. Mas tudo bem, o ouriço está salvo, o que rende mais posts pra Maratona.

Quantas vezes eu preciso dizer que ouriços não voam, Sonic?

Quantas vezes eu preciso dizer que ouriços não voam, Sonic?

Tenho muitas lembranças desse jogo, muitas mesmo. Se fosse fazer uma série de posts só falando deles, talvez ficaria do tamanho do Desafio Mega Man 3, sem sacanagem. Joguei demais. Uma pena que depois de algum tempo o cartucho acabou queimando, mas aí eu já estava na fase do primeiro Playstation e acabei não ligando muito. Mas hoje eu ligo. Então RIP cartucho e obrigado por me fazer tão feliz por tantos anos. Fico arrependido de ter jogado fora. Faz parte.

E, para os que não se lembram ou nunca viram, um comercial do jogo:


.

Conclusão

Vão me desculpar pelos palavrões, mas Sonic 2 de Mega é FODA PRA CARALHO! Na boa, não existe termo que vá descrever melhor o que eu penso sobre o jogo e tudo que ele me proporcionou. Ele foi grande responsável por eu ter essa paixão maluca pela série e me fazer encarar até os jogos odiados pela grande maioria das pessoas. Então se essa Maratona Sonic existe, muito se deve a ele. OBRIGADO, SONIC TEAM!

Se você ainda não terminou Sonic 2 e/ou não obteve todas as Chaos Emeralds para habilitar o Super Sonic e ver o final modificado, pare AGORA o que estiver jogando e coloque como prioridade absoluta da sua vida gamística. Se você nem jogou o jogo ainda, espero que tenha uma ótima desculpa por não ter feito isso, pois é uma sacanagem não só comigo, mas com você mesmo(a).

E se você jogou e fez tudo isso, aposto que o jogo ficou gravado na sua memória e no seu coração, e assim será pra sempre! É um dos maiores jogos de todos os tempos e talvez o melhor do console, pelo menos na minha humilde opinião é. Garanto que trouxe e sempre vai trazer diversão pra quem estiver no comando do ouriço mais rápido da história dos games.

Agora chega! Preciso parar de escrever e jogar Sonic 2 de novo, ou eu vou ter um treco aqui! Deixo vocês com um vídeo cômico sobre a imortalidade do Tails, vale a pena assistir pra quem nunca viu.


.

Obrigado a todos pela leitura e até o próximo post!

Grande abraço.

Anúncios

Sobre Gamer Caduco

Menino novo, com mais de 30 anos de idade, fanático por games de todas as gerações.
Esse post foi publicado em Jogos, Maratona Sonic, Mega Drive, Sega, Sonic e marcado , , , , , . Guardar link permanente.

23 respostas para Maratona Sonic: Sonic the Hedgehog 2 (Mega Drive)

  1. Post fantástico! Parabéns!
    Sonic 2 de Mega Drive é um dos meus pecados gamísticos dos mais graves! Na época, eu tinha o Super Nintendo e meu primo o Mega Drive, e lembro que todas as vezes que eu ia na casa dele e jogávamos, nunca dava tempo de terminar o jogo (mesma coisa com o Sonic 1). Agora, depois de velho, estou pagando meus pecados, e terminei o Sonic 1 recentemente! E depois de ler este post, o Sonic 2 entrará como prioridade na minha lista! =)

    • Gamer Caduco disse:

      OMG, esse pecado gamístico seu é gravíssimo! Mas tudo bem, acho que é da mesma gravidade que o meu com Donkey Kong Country e pelo mesmo motivo: eu tive o console rival. É dureza pagar esses pecados depois de velho, quando a gente tem bem menos tempo pra investir nos jogos. Mas a gente sempre dá um jeito, né?
      Jogue Sonic 2 sim, tenho certeza que vc não vai se arrepender, é um jogo muito acima da média. Aliás, é imperdível.
      Valeu!
      Abraço

  2. João Roberto disse:

    SEEEEEEEEEEEEEEEEGGGGGGGGGGAAAAAAAAAAAAAAAAAAA!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    Fala, Caduco!!

    Clássico, clássico!!! Não dá pra dizer menos. Simplesmente o melhor jogo da Sega de todos os tempos!!

    Você não poderia escolher tema melhor para o teu post. Justamente um jogo que me traz (também, muitas lembranças). A mais marcantes nem era eu jogando. Eu já mencionei,mas quando era criança, eu pirava vendo a mãe de um amigo meu jogando esse game. E eu ficava lá, parado, só olhando. E babando. Por caus daquilo eu sonhava em ter um Mega só pra jogar Sonic.

    Eu acho que Sonic 2 é o jogo favorito de 9 entre 10 fãs do “porco-espinho”. Tem gente que fala do Sonic CD, mas acho que é porque jogaram o CD antes do 2. Não sei, pra mim o 2 é o melhor, além disso, acho o CD muito confuso…

    Puxa vida, poder controlar Sonic naquela velocidade era sensacional(Genesis does what Nintendon´t…). Eu não tinha o MD, mas a molecada levava o aparelho em casa (quando meus pais saíam) ou eu ficava até tarde nas casas deles para jogar. E era sempre Sonic 2. E quando vi o Super Sonic pela primeira vez? cara, é como você escreveu no início: São antas lembranças, tantos coisas para escrever que eu acabei me perdendo…

    Muito bom. Muito bom.

    Parabéns pelo texto.

    T+

    • Gamer Caduco disse:

      Eu sabia que vc iria surtar com esse post, tinha certeza absoluta disso! hehehe
      Não sei se é o melhor jogo da SEGA de todos os tempos na minha opinião, teria que pensar com calma, mas pelo menos entre os 3 melhores está, com certeza absoluta.
      Também acho que a maioria esmagadora prefere o Sonic 2, o Sonic CD é realmente confuso demais e tem outros detalhes pequenos que me incomodam, mas eu ainda falarei sobre o jogo aqui na Maratona. Vale dizer que joguei depois de velho e isso pode ter influenciado.
      Cara, são lembranças demais da minha parte também, acho que esse jogo ficou marcado no coração de muita gente, é muita responsabilidade falar dele, eu fiquei ansioso e preocupado… kkkkkkkkkkkkk… espero que nenhum fã se invoque! hahaha
      Valeu doutor!
      Abraço

      • João Roberto disse:

        Surtar é pouco!! kkkkkkkkkkkkkkkk

        Ah, para não colocar Sonic 2 como o melhor jogo sega de todos nós teríamos que analisar características mil para, no fim, ainda achar Sonic 2 demais… E, querendo ou não, este jogo marcou, também, pelo fato que o jogo acompanhou o Mega por muito tempo, tanto que eu nem cheguei a ver qualquer Mega acompanhado pelo Altered Beast. O único jogo que tiraria o título do Sonic seria Shenmue, mas como não tem fim…

        Sobre Sonic CD, eu não gosto da fase bônus, aí já viu…

        Escreva logo a próxima parte da maratona, rsrs.

        • Gamer Caduco disse:

          Pois é, vc falou uma grande verdade… teríamos que avaliar muitas características e mesmo assim Sonic 2 ficaria muito bem Rankeado entre os melhores títulos da empresa.
          Pô, jogos sem fim também são grandes jogos, não ache isso ruim no Shenmue! hahaha! Vc falando isso até me desanima de tentar jogar, tô tentando fugir de jogos sem fim… muito embora esteja jogando um hj em dia (Disgaea 3).
          Eu também detestei a Bonus Stage do Sonic CD. Eu vou falar sobre isso no post sobre o jogo, vai ter muita gente me xingando! huahuahuahua.
          Ainda bem que alguém vai concordar com alguns pontos.
          Valeu João! Em breve sai mais capítulos, preciso rejogar o próximo pra relembrar de todo ele, vai levar um tempinho.
          Abraço

  3. Carlos Henrique Ribeiro disse:

    Muito bom o post. Este também é o melhor jogo do mega drive na minha opinião. Infelizmente eu sou uma das pessoas que não conseguia pegar as esmeraldas junto com o tails.

    Depois de ler o post deu até vontade de jogar ele de novo hehe.

    • Gamer Caduco disse:

      Pô, cara, tá aí uma grande desculpa pra vc jogar o Sonic 2: pegar todas as esmeraldas COM O TAILS!
      Duro é arranjar tempo pra tarefa, tem que treinar um pouco pra pegar o tempo certo de pulo. E Persona 4 ainda é prioridade! huahuahua… mesmo que esse seja o melhor jogo do Megão na sua e na minha opinião também.
      Valeu mano!
      Abraço

  4. Aew, o Caduco volto mesmo 😀

    Cara, eu lembro muito das propagandas na época, e como sempre ficava babando por não ter nenhum console. Aliás, esse é o grande motivo de até hoje eu conhecer muito pouco a fase clássica do ouriço.

    Agora aqui, o Spin Dash já rolava no primeiro… joguei ele esses dias e tenho quase certeza que sim, mas acho que só dava uma velocidade maior, enquanto no segundo ele é mais “poderoso”.

    Sempre achei Tails um personagem muito subutilizado, até no primeiro Sonic Adventure, que eu acho bem mais ou menos, ele passa o tempo todo sendo uma sombra de Sonic, mas a última fase dele é uma das melhores do jogo e mostra que o bichinho tem potencial. No SA2 avacalharam com ele de vez, naquele Mecha estranho, só pra ser a contraparte do Robotnik.

    Eu lembro do povo usando os códigos pra usar o Sonic Goku e eu com aquela cara de “má que porra é essa?!?”, rzs.

    Esse treco de não atentar a alguns detalhes é bem típico mesmo, hoje quando eu pego um jogo mais velho as vezes parece novo, de tanta coisa que passava batido.

    E sobre esse vídeo da imortalidade do Tails, sensacional, hwa hwa hwa.

    Abraço!

    PS: direto estou com problemas na hora de comentar aqui, dá a mensagem “Sorry, this comment could not be posted.” e eu só não perco o que escrevi graças ao Firebug :S

    • Gamer Caduco disse:

      Eu falei que estaria de volta. Em breve vai sair o próximo! Não quero mais deixar isso parado nem que me custe as madrugadas! hehehe

      Então, o Spin Dash entrou apenas no segundo jogo. Se vc jogou a versão que saiu pra iOS e Android, nela realmente colocaram o Spin Dash como um dos diferenciais do jogo. Se vc pegar a versão original não vai ver o movimento. Se apertar pra baixo e botão, ele vai pular! Te garanto! hehehe. O jogo que tem o Spin Dash ‘menos poderoso’ é o Sonic CD, talvez vc esteja confundindo os dois jogos.

      O Tails é subutilizado se vc não jogar de dois ao mesmo tempo e usar ele pra matar tudo na tela, enquanto o Sonic só passeia! huahuauhahuahua… zueira, no primeiro SA as fases dele são bacanas, apostando corrida com o ouriço e pegando rotas alternativas voando pra compensar a super velocidade do Sonic. Já no SA2 as fases dele são meio chatinhas, pelo menos eu acho. É justamente o que vc falou, contraparte do Robotnik.

      Eu também tenho disso de parecer que tô jogando um novo jogo as vezes, fico até impressionado, é bom saber que não sou o único! hahahahaha

      Cara, vou ver o que tá rolando no lance de comentários, deve ser algum bug do WordPress, já que eu uso o sistema nativo deles de comentários. Tô pensando em trocar pra um Disquis da vida, mas vamos ver. É duro perder todos os comentários anteriores.

      Valeu Tchulanguero!
      Abraço

  5. aki é rock disse:

    Belo post Caduco olha cara esta ai um jogo que só joguei modo vs viu nunca cheguei a jogar modo single player da série eu zerei a versão de Dreamcast o Sonic Adventure mas tenho a coletânea para ps2 o Sonic Gems que pretendo jogar um dia desses viu rsrsrsrs.

    • Gamer Caduco disse:

      Demorou, Rock! Manda ver no Sonic 2 algum dia, eu tenho certeza absoluta de que vc não vai se arrepender nem um pouco de investir tempo jogando. Dá pra zerar o jogo em menos de uma hora tranquilamente, caso não queira pegar todas as Esmeraldas. Apesar que eu acho que vale muito a pena pelo Super Sonic.
      Mas é a primeira vez que vejo alguém dizendo que jogou mais o versus do que o Single Player, muito interessante! hehe
      Valeu Rock!
      Abraço

  6. Ulisses Dactar disse:

    Caramba,ótimo post Cadu!
    Não sei qual Sonic eu gosto mais,o primeiro ou o segundo,embora tenha jogado mais o primeiro.Sonic 2 é um clássico absurdo do Genesis,sem dúvida.O lance com DBZ foi bizarro,he he he,ficou uma associação invertida ou misturada.Mas que saudade da Supergame,putz,valeu por citá-la Cadu.

    • Gamer Caduco disse:

      Pois é, vai vendo o que a cabeça de uma pessoa proporciona quando ela pega a lógica invertida! hahahaha!
      Sonic 2 sim é um clássico absurdo do Genesis e da história dos games também, sim, eu sou exagerado quando falo desse jogo! kkkk
      Vc também acompanhava a Supergame? Lado azul da força presente na veia da revista. Pena que rolou a fusão com a Game Power, traidores… opa, peraí… eu sou a favor da fusão da Nintendo com a SEGA nos dias atuais. Será? hehehehe
      E sobre ter dúvida sobre preferir o 1 ou o 2, é justíssimo. São dois clássicos, como vc mesmo disse, absurdos! Eu prefiro o 2 por achar que eles pegaram algo muito bom e conseguiram melhorar, pra depois darem uma derrapada de leve no 3. Mas isso fica pra um próximo post da Maratona… hehehe.
      Valeu Dactar.
      Abraço

      • Ulisses Dactar disse:

        Eu tenho dificuldade em “rankear” os melhores games que joguei,é foda fazer isso.O que consigo fazer é por num grupo geral os games mais marcantes para mim.Claro,se vc me perguntar quais são os 10 melhores jogos de todos os tempos,com certeza Sonic.River Raid e Mario Bros 3 estarão por lá,mas mesmo assim é sempre uma escolha difícil.Por isso que Sonic e Sonic 2 dividem por igual minha atenção.E revistas de videogame é um tema à parte na vida de qualquer jogador da era 2D,com certeza.

  7. Cherry Pie disse:

    Aaaaaaaaaaaaiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii!!!!!
    Por favor, não me bata, por favooorrr, não me bata!!!
    Sei que já estou com 3 comentários pendentes, maaas eu precisava vir aqui! Eu tinha que vir aqui! Não aguento mais!!! A minha mão já estava coçando de vontade de comentar aquiiiiiii!!!!!!!
    Sonic 2 é meu jogo de plataforma favorito do Mega Drive! Passava tardes e tardes mergulhada naquelas fases maravilhosas!!!
    Ué, só uma perguntinha??? Qual o problema com Westside Island?? É um lugar bonito! Se a CVC fizesse pacotes para lá, eu iria com certeza nas próximas férias! Hahahaha
    Annnhhh… Não fale assim do Rabos! Ele é um cara legal! E se bem me lembro do primeiro manual do Sonic, lá dizia que: O “Sonic, o “porco-espinho” super legal, com seus “cabelos” eriçados e…TÊNIS MÁGICOS!!!!” Ou seja: o que dá a velocidade ao Sonic são meramente os tênis! Pode conferir o manual! Está lá! Preto no branco! Huahahahaha (zueira, zueira!!! O Sonic é o cara! DE CORAÇÃO!!!)
    Ao contrario, o Tails consegue se mover relativamente rápido e de uma maneira mais orgânica, graças aos seus dois rabos. (Opa, mas perae…Ai meu Deus!!! Será que o Tails tem dois rabos porque no fundo ele foi proveniente de uma gestação de gêmeos, que possivelmente nasceriam siameses, e o Tails liquidou o irmão dele no próprio útero da mãe e ainda por cima teria roubado o rabo dele??? Mutação genética??? A mãe dele teria ingerido alimentos transgênicos durante a gestação???) ai… Isso não está muito bom também…
    Cof, cof… er, anhh, bem… Mudando de assunto, depois que você joga Sonic 2 na sua vida, fica muito difícil (e solitário, eu diria), jogar um jogo do ouriço sem o Tails. Tudo bem, o Batman sobrevive sem o Robin. Mas o Robin faz falta… (SIDEKICKS SÃO IMPORTANTES SIM!!! : ()
    Outro parêntesis… (É ISSO AÍ KNUCLES! PERDEU PLAYBOY! VAI ACHANDO QUE É O PÁ! ATÉ O TAILS TE DEIXA NO CHINELO, ENTÃO FICA DE BOA!)
    Outra obs: Meu, ainda bem que o Sonic resolveu aceitar o Tails como parceiro. Imagina só se não??? O garoto ia ficar complexado! Poderia até acabar virando o arqui-inimigo dele no futuro, sendo uma ameaça, e chegando até ao ponto de envolver a futura Sra. Sonic e a prolezinha de ouriços na parada!!! Fala sério! Seria um enrosco! (hummm… onde será que eu já vi essa história??? Não, com certeza não foi de um certo filme da Disney/Pixar. Isso eu tenho certeza!!!) só sei de uma coisa: daria trabalho!!
    Tá, vou falar sério agora.
    O Spin Dash foi uma revolução! Por mais simples que possa parecer, você acostuma MUITO com ele. Tanto que quando eu ia jogar o Sonic 1 de novo, eu ficava brava porque ele não fazia aquele movimento. É automático! Começou a fase, a primeira coisa que você quer é sair “cantando os espinhos”.
    Ahhh, a Metropolis Zone… Aquele pesadelo de parafusos e espetos, porcas, chaves e espirais. Mas a música era muito lokaaa! Acho que pior que ela, só a Oil Ocean Zone com aquelas labaredas de fogo… Era tenso.
    Apanhei também para descobrir como entrar nos bônus. A primeira vez que joguei, eu fui seca até o final da fase. Fiquei a ver navios! Acho até que eu acabei descobrindo por acidente. Tomei um susto quando começou a tocar aquela musiquinha de corrida e veio a primeira tarefa: “Get 40 Rings!” Mas esse ainda é o bônus mais divertido na minha opinião. Mais simples do que o labirinto e beeeeem mais fácil do que aquele maldito bônus do Sonic 3. Meu, eu leio aquele “Get Blue Spheres” e entro em desespero!!!
    O lance do Tails é você pegar o ‘timing’ dele. Ele vai fazer exatamente o que o Sonic fizer! A única diferença é que não é ao mesmo tempo. Tendo isso em mente, o Tails não é problema e sim solução. Até nas fases dá para se beneficiar desse artifício, ainda mais tendo um parceiro ‘imortal’. Pra que gastar as energias à toa??? Na dúvida, taca o Tails! Maas, para quem ainda cismar com a presença dele, basta ir nas opções e selecionar jogar só com o Sonic! Ainda tem essa! A SEGA e o Sonic Team pensaram em tudo minha gente!!! Acordem! Vocês estão reclamando de barriga cheia!
    Ai ai… O lance da tela acompanhar o Sonic… Eu me divertia demais em fazer o coitado do Tails de bobo e deixar ele pra trás, só para ouvir o barulhinho dele morrendo! (Nossa! Que maldade a minha!) Especialmente naqueles tubos da Chemical Plant Zone. Sim, ele de fato é muuuuito fofinho, tenho um carinho especial por ele… maaas… sinto muito Tails Jacob! Posso até te amar, só que eu amo mais o Sonic Edward! (tá, eu sei! Não me xinga! O exemplo é péssimo, totalmente paradoxo ao que mencionei acima, mas na boa: não há uma maneira melhor de expressar a situação! Infelizmente, esse é o exemplo mais cabível para ilustrar meu sentimento…)
    O versus era muito legal de jogar! Agora, uma coisa que dava raiva: quando você estava lá, quase ganhando do seu adversário, a um passinho de cruzar a linha de chegada, você quebrava uma caixa de item e era teletransporte! Você trocava de lugar com o outro cara e perdia a corrida! Aiiiii, eu ficava puta com isso!!!!! Ô zica!!! Kkkkk
    Nooossa, o Sonic de metal!!! Só de ouvir aquele barulhinho mecânico, os batimentos cardíacos já aceleravam na hora! O controle chegava a ficar úmido de tanto que minhas mãos suavam! Véi, na boa: eu não sei jogar videogame sem emoção! Chegar tão longe para tomar um “Game Over” sem dúvida! É muito triste! Death Egg então??? Sem palavras! Nem suava mais. Tremia que nem vara verde! Ia só contando as porradas, torcendo cada vez mais para que aquela fosse a última!
    Vou confessar: nunca consegui pegar todas as esmeraldas. Me transformava em Super Saiya-jin, ops, digo, em “Super Sonic” graças ao código secreto nas opções, mas mesmo assim, era muito fods! Muita gente não sabe, mas Dragon Ball é dos anos 80 assim como eu e muitas outras coisas boas! Hehe! (vamos combinar, né? Essa maldita mania das emissoras brasileiras trazerem as ‘novidades’ só dez anos depois lasca tudo! É um lapso temporal terrível!!!Igual quando passaram o filme dos CDZ, o ‘Prólogo de Céu’ antes da saga de Hades! Meu, ficou muuuito sem sentido na época!).
    No meu caso, eu vi primeiro a transformação do Goku, e depois a do Sonic, mas não importa! A ordem dos tratores não altera o viaduto!
    Seja com o Sonic ou com o Tails, o jogo é muuuito divertido! Absurdamente reconmendadíssimo!!!
    Ah, o final! Você acredita se eu contar que até hoje, eu, a dois meses de completar 26 anos, ainda choro com o final??? Repito! Não sei jogar sem emoção!!!
    Sonic 2 esteve, está e sempre estará tatuado em meu coração gamístico 4 ever!!!
    Parabéns pelo texto!!!

    • Gamer Caduco disse:

      Sonic 2 é o seu jogo de plataforma favorito do Mega? Bacana! O meu também, mas na verdade ele é o meu favorito entre todos os jogos do console. E eu não estou mentindo.
      Sem problemas com Westside Island, será que lá vende jogos baratos?
      Os tênis mágicos eu lembro, na minha infância eu fiquei cismado com isso. Até hj eu chamo o tênis que vc pega nos monitores pra aumentar a velocidade de “super bota”. Não me pergunte pq.
      Olha, difícil explicar a segunda tail do Rabos, eu espero que não seja algo tão trágico assim! hahaha
      Eu não peguei a referência ao filme da Pixar, não me xingue por isso, eu não sou muito apegado à animações! hehe… mas o Sonic dificilmente terá uma Sra. Sonic fugindo do jeito que ele foge de fêmeas, vide Amy Rose! hahuauhaa
      Vc mencionou o Spin Dash e a falta dele no Sonic 1, há algum tempo lançaram para Smartphones o Sonic 1 em HD com Spin Dash e tudo mais, não sei se vc chegou a jogar. Mas o movimento realmente faz uma diferença gritante, é bem legal jogar o jogo com esse lance a mais!
      Eu DETESTO o Bonus Stage do Sonic 3… sério, eu devo ser o pior jogador de Bonus Stage do jogo em todo o universo. Vou contar isso melhor quando chegar a vez dele de ser mencionado aqui no blog mixuruca! hehehehehe
      Ah, as pessoas normalmente tiram o Tails do jogo do jeito que vc falou, mas eu acho que tira a graça jogar sem ele. Mesmo assim, povo gosta de reclamar. Fazer o que?
      Vou deixar o Crepúsculo de lado (sorry) e dizer que vc é bem sádica com o Tails, coitado. Ficar fazendo ele morrer o tempo todo, só pq ele é “imorrível”? Sacanagem! Só não vou te contar que eu já fiz isso muito também… opa, peraí, já falei! Sou sádico também? ahuauhahuahuahua
      Esse lance de pegar um teletransporte no finalzinho da corrida era um lance bem engraçado, embora dava raiva. É igual levar casco azul na linha de chegada do Mario Kart, deixa muito P***, mas é bem engraçado depois que vc acalma! E dá pra fazer de sacanagem pra ganhar também, parar em cima de um monitor e esperar que venha isso quando arrebentá-lo. As vezes dá certo! hehehe
      Adorei a sua frase: “eu não sei jogar videogame sem emoção”. Eu também não, certeza! É difícil explicar pras pessoas que quanto mais eu xingo o videogame, mais eu tô me divertindo. Mãos suadas no Sonic robô? Já passei por isso também! Hoje é mais tranquilo enfrentá-lo. Mas não deixa de ser legal!
      Sim sim, hj eu sei da data do Dragon Ball e tudo mais, mas na época o único anime que eu conhecia era o… adivinha? Isso mesmo, Zillion! E eu nem sabia que aquilo era um anime, pra mim era um desenho do Japão. Que é um anime… vc entendeu o que eu quis dizer! hahahaha
      Mas vc tem razão, as coisas no Brasil eram atrasadas demais antigamente, ainda bem que a Internet agora ajuda a não deixar a gente tão atrasado em relação aos outros países.
      Preciso confessar, a última vez que vi o final desse jogo (dias antes de postar o texto), eu acabei me emocionando. E eu não sou muito disso, nada de querer ser machão ou coisa do gênero, é questão de personalidade mesmo. Mas aquela música é fantástica, mexeu comigo, eu me vi novamente com 11 anos de idade terminando o jogo pela primeira vez, fiquei maluco!
      Sonic 2 deveria estar tatuado no coração de TODOS os gamers do universo, mas sempre tem umas ovelhas negras espalhadas por aí. Fazer o que?
      Obrigado mais uma vez por mais um mega comentário bacana, desculpe pela demora, faltou tempo nos últimos dias. E obrigado tb pelos parabéns! 😀

  8. Cherry Pie disse:

    Nooossa! Super bota??? Curti!! Iiiiiiiihaaaaaa!!!!!! Segura peão!!! Kkkkkk
    Então, eu tava falando do filme “Os Incríveis”. Bem, eu sou muuito suspeita para falar, uma vez que animação é meu gênero favorito de filmes.
    Ainda mais hoje em dia, que os filmes estão cada vez mais elaborados. Eu gosto bastante, porque este gênero consegue abordar bastantes assuntos (até bem adultos, eu diria) de uma maneira bem light, mas nem por isso menos emocionante (ao menos em minha opinião).
    Tipo, soltando um spoilerzinho leve, tem uma cena que a Senhora Incrível suspeita que seu amado marido esteja lhe presenteando com um chapelão de viking. (No final não estava. GRAAAAAAÇAS A DEUS!!! Tudo não tinha passado de um tremendo mal-entendido) Mas mesmo assim… Meu, isso não é nada infantil! Os caras conseguem pegar um assunto polêmico e abordar sem deixar pesado, nem com dramas extremos ou thrillers psicológicos! É, Animação não é Mc Donald’s. Mas eu amo muito tudo isso!!!
    Opa, opa, perae… Cá entre nós: Concordo que a Srta. Amy Wine Rose é um pé no saco! E se tem uma coisa que eu sei (pelo menos acho que sei) é que os rapazes tendem a fugir de “minas chiclete”. Mas pra falar por aí que nosso ‘raio azul’ não dá uns ‘peguinhas’ de vez em quando??? O Sonic é ligeiro!!! Mineirinho… Come quieto… Sacomé… Faz o dele sem ficar contando vantagem… Por acaso o Sr. não estaria se esquecendo de Vossa Alteza Real, a Srta. Sally Accorn?? O nosso querido ouriço roubava beijos dela a rodo!!!! Só é pena que ela não faça parte dos jogos (o único que eu tenho conhecimento de que ela teve uma participação especial foi no ‘Sonic Spinball’), porque esse par romântico… Eu sempre torci pra que fosse pra frente!
    Hehehehehe… Smart o que??? Desculpa, é que vc num faz ideia do celular que eu tenho…
    Mas como eu e outras coisas mais, posso dizer com propriedade que é velho, mas é bom! Afinal de contas, já dizia Sérgio Reis: “Panela velha é que faz comida boa!!!”
    Outro aí que tem o coração peludo… Criador do bônus do Sonic 3… Cara, essa lista está aumentando!!!
    Hahahahaha sabia que eu não era a única!!! Aquele que nunca tirou uma onda com o Tails que atire a primeira pedra!!
    Adoro tacar cascos azuis nessa hora!!! (AIII, COMO EU SOU BANDIDA!!! KKK)
    É isso aí!!! A gente grita, xinga, esperneia, abusa de algumas palavras de baixo calão… (Nota: já reparou como cada gamer possui seu palavrão preferido??? Particularmente eu uso muito o “Corno Roxo”. Interessante, não??) quer tacar a televisão longe, chama o produtor de “filho de uma… boa mãe” mas no fundo, a gente está se divertindo pakas!!! Bom saber que não estou sozinha nessa!
    Ah meu… Já falei e vou repetir de novo e muuuitas vezes mais: “ZILLION NÃO TEM PRA NINGUÉM! ZILLION É O CARA!”
    Se eu encontrasse na rua o cara que fez o anime, eu corria lá e dava um beijo na testa!!! E gritaria “Domo Arigatou” aos quatro ventos!!!
    É… Eu também falava do mesmo jeito. Até o dia em que uma colega japa que estudou comigo me deu um tapa na oreia e me ensinou a palavra correta. Agradeço-a até hoje!!
    Gente, é incrível, não é mesmo?? A sensação é de que vc entrou numa máquina do tempo e voltou a ter aquela idade!!! Show de bola!!
    Bem, então é isso aí!!! Pelo menos por enquanto.
    Kisses kisses e at+
    😉

    • Gamer Caduco disse:

      Pô, tá aí pq não peguei a referência, nunca vi Os Incríveis. Mas agora entendi.
      Nem sabia que a Sally aparece no Sonic Spinball, só aumenta minha decepção com o jogo! hahaha! Eu devo ser o único fã de Sonic que detesta o desenho que ela aparece, acho aquele desenho totalmente sem nexo. E eu ainda acho que o negócio do Sonic é com o Tails mesmo! kkkkk
      O Bonus Stage do Sonic 3 deve ter sido feito por um coração peludo. O que me impressiona é que ele é o bônus que a maioria gosta, pelo menos entre as pessoas que conheço. Vai entender.
      Não sei qual meu xingamento favorito, acho que não tenho um… depende muito do jogo, eu normalmente xingo dependendo do inimigo mesmo.
      Esse negócio de entrar na máquina do tempo e voltar pra época: isso sim é que é um sonho e tanto.
      Bom, é isso! hehe

  9. Cherry Pie disse:

    É isso aí!!! É dele mesmo que eu estava falando. Deu para sacar a ideia?? Vc chegou a ver o filme todo? Ou só em partes? Ou só pegou o spoiler? Enfim, só curiosidade… Aí está o motivo pelo qual não devemos subjulgar os sidekicks… Afinal, um sidekick com sentimentos e orgulho feridos é seeempre um problema…
    Nooooossssaaaaaa!!!!! Tomei um cruzado servido no meio do queixo agora!!!
    Vim falando maior feliz e contente do desenho sem nem perguntar primeiro se vc curtia!
    Que brecha minha! É nisso que dá ser estabanada e sair falando das coisas desembestadamente! Que isso me sirva de lição! Don’t hate me for this, please!!!
    É que eu tenho que confessar… EU AMO A SALLY ACORN!!! Está bem. Pode me bater agora!
    Dê-me o golpe de misericórdia!!! 😦
    É, acho que vamos ter que comprar um PhiliShaver para dar um jeito no coração dessa galera, pq olha…..tá difícil!!!!!
    Enfim, como alguém muito sábio disse uma vez, “Gosto não se discute. Se lamenta!” kkkkk
    Fazer o que, né??
    Então, eu estava me referindo a jogar jogos antigos e parecer que a gente voltou no tempo, porque afinal já dizia o poeta: “Recordar é viver!!!”
    E eu quero continuar vivendo estas muitas outras emoções ainda, até quando Deus quiser!!!
    So, this is it!
    Beijos e At+
    🙂

    • Gamer Caduco disse:

      kkkk… desculpa, não quis ser rude, as vezes eu falo/escrevo as coisas meio sem pensar, mas eu não consigo ser fã do desenho por alguma razão mística. Não leve a mal, mas também não curto muito o Spinball… ele vai aparecer na Maratona, mas tenho medo do que escreverei a respeito… kkkk
      Sim, verdade, essa frase é uma das minhas favoritas. Eu vivo lamentando o gosto de muita gente, agora vc pode lamentar o meu por não gostar nem do desenho e nem do Spinball… kkkkkkkkkkkk… não me odeie por isso!
      Ah, e eu entendi a metáfora, acabei viajando um pouco… poderia ter sido no tempo essa minha viagem, mas foi mental mesmo… hehehe.
      Bjs

  10. Ganon,o destruidor disse:

    E ai cadu blz cara?
    Putz confesso que senti bastante inveja sua agora ,por vc ter jogado ele no megao e ainda no lancamento ,eu joguei ele em uma coletanea de sonics pra saturn(eu joguei em um emulador de saturn entao como essa coletanea ja e uma “emulacao” eu meio q emulei em um emulador )mais enfim eu so fui ter um mega agora (comprei um a pouco tempo ),eu tinha um snes e enfim todos sabemos q o snes e melhor pq : nintendo faz o q genesis n kkkkkkkkkkkkk
    Ps: serio q vc n gosta do knuckles e curte o tails pra jogar eu acho o contrario ..

    • Gamer Caduco disse:

      kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk… esses Nintendistas, viu? Vou falar nada sobre sua comparação do SNES com o Mega, Ganon… essa discussão é eterna! huahuahuahua
      Cara, vc emulou um emulador, que épico! Vou ver se faço isso algum dia! hahaha! Mas jogar no Mega mesmo foi muito bacana na época, é que vc partiu pro lado vermelho da força e acabou jogando muita coisa legal no SNES que eu acabei pegando só em emuladores também. Infelizmente eram poucos que podiam ter os dois consoles, né?
      Sobre o Knuckles, eu na verdade não gosto muito do personagem, sei lá, ele bate no Sonic no começo do 3, depois fica trollando o jogo inteiro… isso me deixou meio puto até os dias atuais! uhahuahuahuauha… jogar com ele é legal pq aumenta um pouco a dificuldade, especialmente no 2. Notou que o pulo dele é mais baixo que o do Sonic, né? Isso me rendeu algumas vidas perdidas quando encarei o Sonic 2 com ele, fora contra o último boss. O 3 ainda não joguei com ele, não sei o que dificulta no jogo. Mas vou chegar nesse assunto durante a Maratona, pode ter certeza! hehe
      Valeu Ganon!!

Deixe seu comentário sobre este post!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s